nao

Dieta do shake pronto dá aquela força para eliminar os excessos

Shake no jantar, barrinha no lanche e bom senso nas outras refeições para somar mil calorias no dia. Assim, você reduz 4 quilos em 15 dias.

Atualizado em 11/06/2014

Reportagem: Eliane Contreras - Edição: MdeMulher

Shake

Para emagrecer de um jeito saudável você não vai substituir nenhuma refeição por shake
Foto: Thinkstock

Os shakes em pó não estão sozinhos: vêm acompanhados de barras de cereais, shakes prontos para beber e até suplementos vitamínicos. Algumas marcas foram além: incluíram na composição dos produtos substâncias funcionais e prometem aumentar o pique, acelerar o metabolismo ou combater os radicais livres. Para completar o pacote - e garantir bons resultados -, também estão ensinando tintim por tintim como incluir esses produtos no cardápio. 
 
Mas, desde já, esqueça a ideia de usá-los de manhã à noite na tentativa de emagrecer a jato. "Trocar todas as refeições só pelos shakes faz perder peso mais rapido, mas a maior parte do que é eliminado consiste em água e músculos, não em gordura", explica a nutricionista Juliana Capatto, da Clínica de Endocrinologia Filippo Pedrinola. E como ninguém aguenta ficar por muito tempo sem mastigar no almoço e no jantar, quando voltar a comer normalmente corre o risco de engordar tudo de novo. 
 
"A vantagem desses produtos é que são equilibrados, garantindo os nutrientes essenciais ao organismo, além de permitir um maior controle na ingestão de calorias", diz o nutrólogo Mauro Fisberg. A gente sabe o valor calórico exato do shake ou da barrinha e, ainda, tem uma sensação de saciedade maior, chegando na refeição seguinte sem tanta fome. 
 

Vamos lá?

No início da dieta, a indicação é trocar no máximo duas refeições pelos substitutos - uma pequena (café da manhã ou lanche) e outra grande (almoço ou jantar). Ficou preocupada se vai aguentar ficar sem mastigar nada? Relaxe! Você pode e deve, especialmente nas refeições principais, combinar o shake com frutas, uma salada verde ou uma sopa leve, suprindo a necessidade e o prazer de comer algo sólido, salgado e quentinho. 
 
Na segunda etapa, após queimar os quilinhos extras, os produtos devem substituir apenas uma refeição pequena. Mas, de novo, não é para abusar. O ideal é que, nessa fase, você já tenha aprendido a se alimentar corretamente, nos horários certos e de maneira equilibrada, deixando os substitutos para os dias em que não tem tempo para comer com calma ou precisa sair de casa sem o café da manhã. 
 
"Esses produtos devem funcionar como coadjuvantes na perda de peso e, ao mesmo tempo, como uma ferramenta para criar hábitos alimentares saudáveis", diz a nutricionista Vanderlí Marchiori, colaboradora da Associação Paulista de Nutrição, que elaborou, em parceria com a nutricionista Mônica Cristina Campos, o cardápio da dieta. Ele mostra as refeições ideais para encaixar os shakes e as barrinhas, ajudando você a controlar melhor o apetite, aprender a comer de maneira saudável e perder os quilinhos que estão sobrando.
 
Cardápio inserido
Dieta com shake

Café da manhã

1/2 papaia + 1 col. (sopa) de iogurte natural desnatado + 1 col. (sopa) de granola light + 3 biscoitos integrais + 1 col. (sopa) de geleia diet

Dia 2
1 banana-nanica + 2 col. (sopa) de farelo de aveia + 1/2 copo de iogurte desnatado batido com gelatina diet + 1 fatia de pão integral com requeijão light

Dia 3
1 fatia de melão + 2 torradas integrais + 1 col. (sopa) de ricota com 1 col. (chá) de azeite e manjericão + 1 copo (220 ml) de suco de soja

Dia 4
1 fatia de mamão + 1 fatia de pão integral light + 1 fatia de queijo branco light + Chá de ervas (cidreira, camomila) com adoçante

Dia 5
1 taça de salada de frutas simples + 1 col. (sopa) de farelo de aveia + 1/2 iogurte desnatado

Dia 6
1 copo (220 ml) de suco de morango light + 1 fatia de melão + 1 bisnaguinha com queijo cottage

Dia 7
1 copo (220 ml) de suco de maracujá diet + 1 fatia de melancia + 1 fatia de pão integral light com requeijão light

Lanche (manhã)

Todos os dias
1 barrinha de cereais

Almoço

Dia 1
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de agrião, alface, pepino, 8 tomates- cerejas e 1 col. (sopa) de azeite + 1 xíc. (chá) de vagem e couve-flor no vapor + 4 col. (sopa) de escarola no vapor + 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de frango pequeno grelhado

Dia 2
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de rúcula, escarola crua, 6 col. (sopa) de cenoura com beterraba e 1 col. (sopa) de azeite 4 col. (sopa) de abobrinha e chuchu cozidos + 1/2 xíc. (chá) de brócolis ao alho + 2 col. (sopa) de arroz integral + 2 col. (sopa) de lentilha + 1 ovo pochê

Dia 3
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de alface, rabanete ralado e 1 tomate com 1 col. (sopa) de azeite 2 col. (sopa) de ervilha fresca e 1 palmito acebolados + 2 col. (sopa) de acelga no vapor + 2 col. (sopa) de arroz integral + 2 col. (sopa) de grão-de-bico + 1 filé médio de peixe ensopado

Dia 4
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de couve picada, nabo ralado e cogumelos com 1 col. (sopa) de azeite + 3 col. (sopa) de berinjela refogada com pimentão, cebola e tomate + 1 prato (sobremesa) de repolho roxo e branco no vapor + 2 col. (sopa) de arroz integral + 4 col. (sopa) de feijão-branco com frango desfiado

Dia 5
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de agrião, abobrinha ralada com 1 col. (sopa) de azeite + 1 pires (chá) de espinafre ao alho + 1 panqueca com recheio de carne moída ou proteína de soja refogada + 1 col. (sopa) de arroz integral

Dia 6
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de rúcula e 8 tomates-cereja com 1 col. (sopa) de azeite + 3 col. (sopa) de abóbora refogada + 1 porção pequena de lasanha de berinjela e queijo branco light

Dia 7
Salada tropical: 1 prato (sobremesa) de repolho, cubos de abacaxi e vagem cozida com 1 col. (sopa) de azeite + 2 col. (sopa) de legumes ao vapor + 2 col. (sopa) de arroz à grega + 1 filé de alcatra médio grelhado

Lanche (tarde)

Dia 1
1 iogurte light

Dia 2
1 copo (220 ml) de suco de soja light (tipo Ades ou Del Valle)

Dia 3
1 pera

Dia 4
1 copo (300 ml) de água de coco

Dia 5
1 copo (220 ml) de suco de uva light

Dia 6
4 castanhas-do-pará

Dia 7
1 maçã

Jantar

Dia 1
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de alface, cenoura e rabanete com 1 col. (sopa) de azeite + 1 copo (300 ml) de shake + 2 fatias de abacaxi

Dia 2
Salada bicolor: 1 pires (chá) de repolho branco e roxo, 1 col. (sopa) de uva passa, 1 col. (sopa) de maçã ralada e salsão com molho de iogurte + 1 copo (300 ml) de shake + 1/2 manga

Dia 3
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de alface, beterraba e 2 fatias de tomate seco com azeite + 1 copo (300 ml) de shake + 2 fatias de mamão

Dia 4
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de couve-flor, cenoura e pepino ralados com 1 col. (sopa) de azeite + 1 copo (300 ml) de shake + 2 tangerinas

Dia 5
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de escarola crua, tomate e milho verde com 1 col. (sopa) de azeite 1 copo (300 ml) de shake + 2 fatias de melancias

Dia 6
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de acelga e pepino com 1 col. (sopa) de azeite + 1 copo (300 ml) de shake + 2 laranjas

Dia 7
Salada mista: 1 prato (sobremesa) de brócolis e cenoura no vapor com molho de iogurte + 1 copo (300 ml) de shake + 3 col. (sopa) de abacate com adoçante

(Cód. Conteúdo: 785768)

Comente