(none)

Dieta do pH - equilibra alimentos ácidos e básicos

Dieta promissora, que ensina a equilibrar alimentos ácidos e básicos, fortalece o organismo contra doenças e ainda faz emagrecer até 4 kg em 15 dias

Publicado em 29/04/2010

Catarina Fávero

Conteúdo VIVA!MAIS
Destaque da Matéria

Além de emagrecer ela equilibra a saúde
Foto: Getty Images

O.k. o nome do método está longe de soar apetitoso: Dieta do pH. Mas os resultados prometidos dão água na boca: em apenas duas semanas, até 4 kg menos! Isso sem falar que o organismo tem um belo ganho de energia e se torna mais resistente e saudável. Gostou da idéia? Então, atenção aos detalhes do programa.

Tudo se baseia no nível de acidez dos alimentos, medido por um índice chamado pH. Para compreender como atua no organismo, é preciso entender primeiro o que significa. Sigla para potencial hidrogeniônico, ele classifica as substâncias numa escala de 0 a 14. Elas podem ser ácidas, neutras ou básicas.

Até 7 – Ácida
7 – Neutra (água)
Acima de 7 – Básica

Nível de acidez dos alimentos

O nível de acidez dos alimentos não tem relação alguma com o sabor deles, mas com o efeito que produzem em seu corpo depois de digeridos. "Não temos como classificar as comidas por suas características. O pH gerado se relaciona aos componentes presentes nelas", alerta a nutricionista Patrícia Davidson, do Rio de Janeiro.

O abacaxi, por exemplo. Apesar do gostinho ácido, produz resíduos básicos. E isso é ótimo. "Para trabalhar bem, a célula precisa receber do sangue nutrientes e oxigênio e liberar para ele os resíduos. Porém, essa ‘troca’ só acontece quando o organismo está levemente básico", explica Carolina Paiva de Freitas, nutricionista do Santorini Spa, de São Paulo.

Quanto mais básico, melhor!

Infelizmente, as pessoas consomem cada vez mais comidas ácidas. Mal sabem que aumentam a retenção de líquidos e a resistência do próprio corpo em perder peso. "Ao mudar seu pH para básico, você favorece a eliminação de toxinas, uma das principais causas do excesso de peso, e ainda previne doenças", explica a nutricionista Patrícia.

A atriz Cleo Pires sabe o quanto isso é verdade. Após o susto ao contrair meningite (em dezembro de 2005), ela adotou dieta que segue o mesmo princípio do pH para tornar seu organismo mais resistente a doenças e, de quebra, afinar. Em um mês, abasteceu-se de energia e enxugou 2,5 kg. "Foi a primeira vez que uma dieta me deixou saudável de verdade", disse a atriz. O segredo é balancear o cardápio com 60% de alimentos básicos e 40% de ácidos. A seguir, o programa elaborado pela nutricionista Patrícia Davidson. Seguindo-o por 15 dias, dá para eliminar até 4 kg!

Nesta matéria

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Kátia - O leite tem Ph de quase 7, mas o organismo ele produz o ácido láctico e acidifica o sangue. Por tanto é isso que deve ser observado, o Ph do alimento depois de ser ingerido e não antes. - 10/03/2013 22:24:41

Vivian - Interpretação de texto: está claro que o que interessa não é o ph do alimento e sim o ph do resultado de sua digestão, vide exemplo do abacaxi. Antes de avaliar a dieta como maluca ou absurda, informem-se.Há dois anos fiz uma reeducação alimentar seguindo os princípios desta matéria e além de emagrecer 5kg, ganhei como bônus o fim da renite alérgica.Também é bom observar que os alimentos de resultado ácido não são exterminados do cardápio. A proposta dessa dieta é ajudar a reequilibrar o ph do organismo e não vi nada de radical, maluco ou absurdo nisso. - 14/08/2012 13:25:20

kelly - Eu entendo que n¿o deve haver anula¿¿o dos alimentos ¿cidos todos de uma vez,n¿s n¿o podemos viver sem eles por isso a quest¿o sobre os alimentos listados... - 02/04/2012 08:36:22

Marco Silva - Refaçam essa tabela de PH dos alimentos pois contem erros absurdos. Em destaque maça e ovo, muito errada a informação - 15/03/2012 00:23:28

gabriela - que tipo de nutricionista é esta? o pH do milho é 7,3 o que tem de ácido nisso? Já o da maçã é 3,3!!! Mulherada atenção com essas dietas malucas, com saúde não se brinca!! - 15/02/2012 18:15:56

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.