Dieta da linhaça com receitas de liquidificador

"Sequei 20 kg com receitas de liquidificador", conta a empresária Adriana Ribeiro

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 01/12/2010 em

Sou+Eu

um conteúdo de

Dieta da linhaça com receitas de liquidificador
Lígia Bazotti

Adriana passou dos 73 kg para 53 kg
Foto: Ana Teixeira / Arquivo pessoal

Conheça a história de Adriana Ribeiro e aprenda a fazer três receitas de liquidificador à base de linhaça que ajudam a emagrecer, regulam o intestino e diminuem a vontade de comer doces...

"Fazia um mês que eu estava deitada em uma cama de hospital. Meu diagnóstico: dois AVCs (acidentes vasculares cerebrais), trombose e embolia pulmonar. Os médicos diziam que as minhas chances de sobreviver eram mínimas. Meu estado emocional era terrível. Afinal, eu sentia que ia morrer. Então, já que meus dias estavam contados mesmo, por que não me permitir o prazer de comer? Escondida dos médicos, eu pedia para o Vilmar, meu marido, trazer pizzas de mussarela com muito queijo. Mas oito pedaços não eram suficientes para afastar toda aquela angústia...

Sobrevivi por um milagre


A minha guerra contra a balança começou há 15 anos, quando me casei. Eu pesava 49 kg. Nos primeiros anos, nosso lazer era comer. Desde então, sofri com o famoso efeito sanfona. Eu adotava dietas radicais e não conseguia manter o peso por mais de seis meses. Uma vez, segui um cardápio à base de salsicha e macarrão instantâneo por 60 dias. Resultado: os 14 kg que perdi voltaram para o meu corpo em forma de gordura três meses depois.

Para piorar, durante sete anos descontei minha vontade de ser mãe na comida. Isso sem falar nas doses de hormônio que eu tomava no tratamento de fertilização, que também me faziam engordar. Quando finalmente consegui engravidar, minha gestação de gêmeos durou só 20 dias. Imagine a minha frustração...

Para compensar a desilusão e me dar uma injeção de ânimo, decidi colocar silicone nos seios. Fui operada no dia 19 de junho de 2008. Tudo parecia bem, exceto pela forte dor de cabeça que eu sentia. Parecia que um gancho puxava minha cabeça em direção ao chão. Dois dias depois, não aguentei: comecei a delirar e a entortar o corpo, além de não conseguir enxergar. Fui parar em um quarto de hospital desmaiada.

Nunca vou me esquecer do momento em que acordei. Eu não conseguia mexer o corpo. Segundo os médicos, com AVC, trombose e embolia pulmonar, só um milagre me tiraria dali viva. E ele aconteceu: voltei para casa 40 dias depois, com o lado esquerdo do meu corpo paralisado. Eu não fazia nada sem ajuda. Dependia do meu marido para tomar banho, comer, ir ao banheiro... Quando estava sozinha, me apoiava no sofá com os cotovelos para tentar ficar em pé. Mas eu acreditava que voltaria a andar. Graças à minha persistência e à minha fé, dois meses depois, sem ajuda profissional, eu estava andando normalmente.

Mas ainda não estava satisfeita. A combinação de sedentarismo, muita comida e uma infinidade de remédios não poderia ter outro resultado: cheguei aos 73 kg.

Dieta da linhaça com receitas de liquidificador

Adriana deu adeus ao efeito sanfona e revelou o seu segredo à Revista SOUMAISEU!
Foto: Reprodução da Revista SOUMAISEU!

Dá para fazer até doce com linhaça!

 
O espelho me denunciava. Eu precisava emagrecer! Como era comilona e louca por doces, não podia esperar por outro milagre. A reeducação alimentar era a melhor coisa a fazer. Então, fracionei minha alimentação em intervalos de três ou quatro horas e passei a fazer refeições mais saudáveis. Também escolhi a linhaça como aliada nessa nova fase e inventei receitas feitas no liquidificador para deixar os pratos mais saborosos e práticos.

Senti que a semente ainda deixou minha pele mais bonita e meu cabelo e minhas unhas mais fortes. Além disso, meu intestino passou a funcionar direitinho. Quando sentia aquela vontade de comer doces, colocava uma colher de linhaça em cima de uma banana quente com canela. Uma delícia!

Para acelerar o emagrecimento, comecei a caminhar dez minutos por dia. Fui aumentando o tempo e o ritmo gradativamente e hoje caminho durante uma hora, quatro ou cinco vezes por semana. Também já corri em mais de dez provas com percursos de 5 km. Como não dirijo mais, saio para vender meus cosméticos para as clientes a pé. Em um ano, eliminei 20 kg e fiquei com os músculos torneados.

Mais do que recuperar as minhas medidas, os últimos meses me fizeram perceber que a vida é muito curta para não ser vivida intensamente. Por isso, valorizo cada momento e todas as pessoas que estão ao meu lado."