Emagreci 30 quilos com a dieta da clara do ovo

Emagreci sem cirurgia ou remédios e ainda fiquei com tudo durinho! Tudo graças à verdadeira dieta da clara

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 18/11/2009 em

Sou+Eu

um conteúdo de

Emagreci 30 quilos com a dieta da clara do ovo
Mariana Gomes

Eu tirava fotos sempre, pra acompanhar 
a evolução do meu corpo.
Foto: Laureano Bittencourt

Minha formatura se aproximava, e as fotos seriam guardadas pra sempre. Mas os retratos da apresentação do meu projeto final da faculdade me assustaram. Eu estava um monstro! Pesava 78 kg, distribuídos em apenas 1,60 m de altura. E eu tinha só dois meses pra dar um jeito naquilo...

Estrias aos 5 anos

Fui uma criança obesa. Aos 5 anos, a pediatra se apavorou com meu peso e minhas estrias! Nessa idade, também parei de comer carne. Eu era apaixonada por animais e minha mãe sabia. Quando perguntei de onde vinha aquele bifinho gostoso, ela inventou que existia ''pé de carne''. Lógico que não demorou pra eu descobrir a verdade. Nunca mais coloquei um pedacinho de carne na boca! Aí, minha mãe ficou preocupada e passou a me dar mais comida.

Nutricionista salvadora

Aos 8 anos, eu já pesava 48 kg. Aí, conheci a doutora Renata, nutricionista do posto lá perto de casa. Ela me acompanhou até os 16 anos, quando comecei a estudar em dois turnos. Aí, acabei parando o tratamento. E o bicho voltou a pegar! Engordei sem parar.

''Ih, é genético. Tem jeito, não'', eu escutava direto. Já tinha desistido de ser magra. No último ano da faculdade, fiquei com os nervos à flor da pele. Cheguei a pesar 78,5 kg e usar manequim 48. Me faltava o ar, as pernas inchavam e doíam demais, espinhas surgiam no meu rosto... E o pior, a formatura se aproximava! Entrei em depressão. Procurei, de novo, a doutora Renata.

Sem papada

Resolvi emagrecer. Meu primeiro incentivo foi uma esteira que ganhei. Eu caminhava duas horas por dia. Passei também a preparar receitinhas light. Mas as introduzi aos pouquinhos, pra não desistir da dieta!

Deu certo! No dia da minha formatura, tinha perdido a papada e 8 kg! Me empolguei. Desenvolvi meu próprio jeito de comer. Consumia, por dia, de 1 000 a 1 200 calorias. Também passei a colocar fibra de trigo em tudo, o que normalizou meu intestino. E, como sou vegetariana, a proteína da soja vai em todos os refogados, porque preciso desse reforço. Ah, descobri na internet o Dia do Lixo que me ajudava a perder ainda mais peso. Eu também tirava fotos sempre, pra acompanhar a evolução do meu corpo.

Colágeno natural

Mas o que me ajudou mesmo foi algo simples, barato e que tem na casa de todo mundo: a clara do ovo. Substituí a margarina por uma omelete de claras. Uma colher de sopa de margarina light tem 32 calorias. Uma clara de ovo tem apenas 15. E, ainda por cima, não tem gordura, é muito gostosa e rica em proteínas. As receitas com clara de ovo me ajudaram a não ficar com pele sobrando. Afinal, foram 30 kg a menos, né?!

Passei a olhar no espelho e ficar satisfeita. Hoje, mantenho os 48 kg e me dou ao luxo de um docinho ou outro de vez em quando. Nunca fui tão saudável! A comida continua um prazer, mas descobri outros, como ser elogiada e feliz. 

Outras fontes de proteína

Produtos de origem animal, como carne, peixe, ovos, leite e derivados são ricos em proteínas, em especial os dois últimos. Há opções vegetais, como cereais, legumes e feijão. O ideal é consumir 2/3 de proteínas animais e 1/3 de vegetais.

Os benefícios da clara

A clara é uma fonte barata e pouco calórica de proteínas. Cada uma tem apenas 15 calorias. ''Por isso, deve ser consumida em abundância'', explica a nutricionista Neli Sabbag. Ela ainda possui 12 minerais diferentes, que agem deixam os músculos mais viçosos. Além disso, é rica em aminoácidos que formam o colágeno - a proteína que evita a flacidez da pele.