Perdi 46 quilos com a dieta da melancia

Para não fazer uma cirurgia de estômago, decidi emagrecer pra valer. E foi de um jeito bem gostoso, saboreando essa fruta que se tornou minha amiga

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 09/04/2009 em

Sou+Eu

um conteúdo de

Perdi 46 quilos com a dieta da melancia
Reportagem: Milena Emilião
Michele Carvalho Martinez Portela, 30 anos, vendedora, Salvador, BA
Perdi 46 quilos com a dieta da melancia

Para não fazer cirurgia de estômago, decidi emagrecer pra valer
Foto: Sou+Eu

Eu tinha 28 anos, 114 quilos, 1,65 metro e me sentia velha. Eu só usava calças sociais e camisas que me cobrissem toda. E o pior é que eu trabalhava em uma loja de shopping, repleta de gente bonita e bem-arrumada.

Meu problema não era comer demais, mas preferir as guloseimas calóricas! Eu nunca trocaria um pão francês com queijo e presunto por pão integral, como faço hoje.

Eu estava prestes a fazer cirurgia de redução do estômago. Porém, em junho de 2007 preferi começar uma dieta, pois eu tinha muito medo de entrar na faca.

Meu irmão fez essa cirurgia

Na minha família, só eu e o meu irmão temos problemas com peso. Ele tem quase 2 metros de altura, mas já estava ultrapassando os 160 quilos! Por isso, decidiu fazer cirurgia de redução do estômago.

Minha mãe perguntou se eu não estava disposta a ser operada também, e o médico chegou a me pedir exames pra me encaminhar à cirurgia. Foi aí que, com medo da operação, decidi emagrecer.

No primeiro ano, perdi logo 34 quilos!

Eu estava decidida! Fui perdendo peso e em um ano eliminei 34 quilos! Fiquei com a autoestima lá em cima! Passei a usar roupas de gente jovem, aprendi a dirigir, pintei o cabelo de loiro - do jeito que o meu marido gosta - e mudei o manequim de 52 para 42.

Bom, é claro que nem sempre dá pra ignorar o estômago. Por isso, a melancia se tornou a minha comida amiga. Eu recorria a ela quando precisava dar uma beliscada fora de hora ou mesmo nos lanches entre as refeições. Eu comprava no mercado em pedaços e sempre levava ao trabalho.

A melancia é ideal pra quem faz regime

Ela é bem docinha e tem pouquíssimas calorias. Como é uma fruta cheia de água, é perfeita para manter o corpo hidratado. Além disso, é diurética - enfim, ideal pra quem está de regime. Melhor atacar uma melancia que os antigos pacotes de biscoito!

Um detalhe importante: aprendi a comer frutas com talheres! Não sei se é psicológico, mas parece que estou fazendo uma refeição de fato: como com calma e aos poucos.

Nunca deixei de ir à churrascaria ou às lanchonetes do shopping. Eu só não exagerava! Na churrascaria, comia uma porçãozinha de arroz com salada e frango. No shopping, comprava pastel de forno integral ou sanduíche natural. Ou seja: não é preciso se isolar do mundo pra emagrecer. Basta ter bom senso e força de vontade!

O mais difícil foi quando comecei a emagrecer

Vivi o período mais difícil da minha dieta logo após perder os primeiros quilos. Nesse período, você se vê linda e quer comer algumas coisas que tinha deixado de lado... Você acha que está podendo, mas, na verdade, não pode! Eu tinha “cabeça de gordo”: queria coisas gordurosas e em grande quantidade. Então, cheguei à conclusão de que teria de mudar meus hábitos pra sempre!