Dieta americana faz perder 3 kg a cada 4 dias

Fácil de seguir, regime que virou sensação nos EUA faz você secar a cada quatro dias - e ainda dá para repeti-lo em seguida e perder ainda mais peso!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 21/10/2009 em

Viva! Mais

um conteúdo de

Dieta americana faz perder 3 kg a cada 4 dias
Lígia Menezes

Este novo método é rápido e, além de emagrecer, traz benefícios para a saúde
Foto: Dreamstime

Prepare-se para conhecer a dieta dos sonhos - e não estamos exagerando! O plano de emagrecimento do médico americano Ian Smith, autor do livro The 4 Day Diet (A Dieta dos 4 Dias, não publicado no Brasil), virou febre nos Estados Unidos. O segredo do sucesso é simples: o método consiste em três cardápios, que devem ser seguidos por quatro dias cada. 

Você pode escolher fazer só um, dois ou os três. O melhor? Você seca até 3 kg a cada 96 horas e, se quiser perder mais peso, pode repetir a sequência dos três menus. Há pacientes do Dr. Ian Smith que emagreceram 45 kg em cinco meses! A seguir, veja todos os benefícios desse inovador plano alimentar.

Conheça o pai da dieta
O criador da Dieta dos 4 Dias é Ian Smith, médico formado pela Universidade de Harvard (EUA). Ele tem quadros sobre reeducação alimentar em dois programas na TV e também é consultor da revista Men’s Health nos EUA. O especialista escreveu quatro livros, dois deles best-sellers: The 4 Day Diet (que inspirou esta reportagem) e The Fat Smash Diet (A Dieta que Acaba com a Gordura), ambos ainda não traduzidos para o português.

Por que este método funciona?

1 - Não é um plano restritivo
A Dieta dos 4 Dias é eficiente porque permite que você coma bastante, ao contrário de planos restritivos. Esses são mais difíceis de seguir porque, quando diminuimos muito a quantidade de comida da dieta, temos uma perda de até 50% da produção do hormônio leptina. E é essa a substância que mantém o metabolismo acelerado, reduz o apetite e aumenta a sensação de saciedade. Quando as taxas de leptina caem, sente-se mais fome, o que gera a vontade de desistir.

2 - Permite algumas guloseimas
Cortar do cardápio nossas comidas favoritas por muito tempo nos deixa com a sensação de privação. E isso coloca toda o estímula para continuar a dieta em risco! Primeiro: não se pode aguentar tanto tempo sem ingerir algo que a faz sentir prazer e, num momento de fraqueza, em vez de comer um pedacinho de bolo, por exemplo, devora metade da sobremesa. Segundo: no final da dieta, quando a pessoa puder voltar a incluir tais alimentos no cardápio, certamente irá exagerar - recuperando os quilos que tanto sofreu para perder.

3 - Objetivo simples e alcançável 
O segredo desse método é propor uma meta que se alcança facilmente: perder até 3 kg em quatro dias. Ao estipular metas modestas, com cardápios variados e de duração curta, nos sentimos motivadas e menos ansiosas. Aí, não corremos o risco da comilança desenfreada. Outra vantagem: quando o cérebro armazena as comidas da dieta, as inclui em nossos hábitos para a vida toda. Mas atenção: após um tempo, o corpo para de emagrecer ao "perceber" que mais perda de peso pode comprometer a saúde