10 motivos para amar Brasília

Natureza exuberante, arquitetura de primeira, espaços para todos os públicos: a capital federal é muito mais do que a política que abriga

“Estou indo pra Brasília, neste país lugar melhor não há”, cantou Renato Russo em Faroeste Caboclo. Talvez fosse um pouco de bairrismo, talvez ele tivesse razão. Esqueça a discussão política, os escândalos e as investigações sem fim só um pouquinho. Se você não é de Brasília, já parou para pensar que a cidade é muito mais do que os prédios dos três poderes e uma porção de políticos e assessores andando para lá e para cá?

Leia mais: Tudo sobre Brasília

Ela fica no Distrito Federal, bem no centro do país, e foi planejada desde o início para ser a capital do país. Começou a ser construída em 1956, com projeto de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, e quatro anos (e um bilhão de dólares) depois foi inaugurada pelo então Presidente da República, Juscelino Kubitschek.

A data escolhida para o festerê foi 21 de abril, dia de Tiradentes. Ou seja, Brasília comemora seus 57 aninhos neste feriado nacional.

Vem com a gente saber o que a capital brasileira tem a oferecer para fazer com que o resto do país caia de amores por ela.

 

Os ipês que colorem a cidade

Quando chega o friozinho, os ipês de Brasília começam a ficar floridos. SUPERfloridos. E a cidade fica colorida de amarelo, rosa, roxo e branco por todos os lados entre julho e outubro. Lindo de se admirar!

(Reprodução/Pinterest)

(Reprodução/Pinterest)

(Reprodução/Pinterest)

 

A arquitetura de Niemeyer

Algumas das obras arquitetônicas mais importantes do Brasil (e do mundo) foram projetadas por Oscar Niemeyer e estão em Brasília. Não tem como pensar na cidade sem lembrar da Catedral Metropolitana, dos prédios do Congresso Nacional, do Palácio da Alvorada, do Palácio do Planalto… Ao todo, são mais de 50 construções desenhadas por ele.

(Reprodução/Pinterest)

 

Muito verde no caminho

O clima de Brasília é quente e seco, com temperaturas médias altas (em junho e julho, pleno inverno, a média é de 18°C). Para amenizar esse calorão, foram plantadas ou conservadas muitas árvores em toda a capital. Bom para a temperatura e bom para a vista: é muito mais gostoso caminhar ou passar de carro por caminhos verdes.

💚 Excelente feriado #Brasilia e bom descanso. #Brasilia57anos #BrasiliaDF #BSB #DF #Brasiliense

A post shared by Site & Youtuber | 🔺EldoGomes (@eldogomes.com.br) on

 

O céu azul

É obrigatório falar sobre o céu, um dos maiores orgulhos dos brasilienses. Alguns dizem que o céu é “o mar” de Brasília, e é difícil encontrar alguém por lá que não o considere o mais bonito do país. Além da questão geográfica, que dá à região um azul lindo mesmo, o plano piloto foi desenvolvido já pensando em permitir que seus moradores vejam o céu e o pôr do sol de qualquer ponto da cidade.

(Reprodução/Pinterest)

 

A mistura de culturas

Foi necessário atrair muita gente de todos os cantos do país para construir Brasília, e isso resultou em uma mistura riquíssima de culturas. Não há um sotaque ou uma culinária brasiliense, pois em tudo há influências nordestinas, gaúchas, nortistas, paulistas, cariocas, mineiras… É possível encontrar repentistas nordestinos no Centro, um pessoal tomando chimarrão no Parque da Cidade e comida baiana ou paraense na Feira da Torre.

 

O Conic ou Setor de Diversões Sul

É o point do pessoal do teatro, dos fãs de quadrinhos e vinis e de arte contemporânea em geral. Tem grafite bacana e bastante intervenção artística. Uma cidade tão jovem precisa ter um toque contemporâneo, né?

#conic #underground #arteembsb #grafite #sambademarola #amobrasilia

A post shared by Maria Paula Zaitune (@mpzaitune) on

 

As faixas de pedestres

Brasília foi projetada para ter o mínimo possível de semáforos e permitir que as pessoas caminhem, caminhem e caminhem (e caminhem mais um pouco, porque algumas distâncias são beeeem longas). A passagem de um lado para o outro é garantida pelas faixas de pedestres, que são muitas em todas as ruas. E os motoristas efetivamente param para dar passagem a quem está a pé, uma raridade nas cidades grandes brasileiras hoje em dia.

(Divulgação/Divulgação)

 

As vistas do Pontão do Lago Sul e do Lago Paranoá

É possível, em pleno Centro-Oeste, curtir um clima praiano: basta ir até o Pontão do Lago Sul ou ao Lago Paranoá. No Pontão tem centro de lazer, restaurantes de todos os tipos, bares, quiosques, parquinhos para as crianças, programação cultural; no Paranoá, amadores e profissionais praticam esportes náuticos como wakeboard e windsurfe. E é neles que estão as vistas e o pôr do sol mais bonitos de Brasília.

(Reprodução/Reprodução)

 

O espaço incrível do Eixão

Quem curte skate, bike, longboard, patins ou simplesmente ficar de boas em um lugar amplo e arborizado em Brasília já sabe que o destino é o Eixão. Dá uma olhada:

HYPERLAPSE Eixao Brasília. #premire #aftereffects #videomaker #edicaodevideo #brasilia #eixao #hyperlapse

A post shared by BrucyCampagnucci (@brucycampagnucci) on

 

Animais por toda a cidade

Por ter muito verde, Brasília tem também muitos animais. São pássaros de todos os tipos, de bem-te-vi a tico-tico-rei, e até… onças! Elas ficam no Parque Nacional de Brasília e câmeras de segurança já flagraram uma onça caminhando tranquilamente por um estacionamento de um órgão público.

 

Agradecimentos: Barbara Scarambone, Francisco Barbosa, Luciano Branco, Renata Félix e Silvana Dias

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s