1ª Marcha do Orgulho Crespo celebra diversidade em São Paulo

"Não é mole não, nosso cabelo invadindo a nação!"

O movimento de mulheres negras que “resistem à chapinha e outros tipos de alisamentos” organizou, no último final de semana, a 1ª Marcha do Orgulho Crespo na cidade de São Paulo. O objetivo da caminhada foi celebrar as formas naturais (e também coloridas, trançadas ou amarradas em turbantes) de cabelos crespos e cacheados foram celebradas. 

O evento foi organizado pela ocupação artística Casa Amarela, em parceria com as donas da festa “Hot Pente” e o Blog das Cabeludas, para comemorar, além do orgulho das raízes naturais, também o dia o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, que foi no sábado (25).

Leia também: Assumir os cachos ou crespos: vivemos o início de uma revolução?

O Movimento começou no Vão Livre do Masp, reunindo homens e mulheres para contar suas histórias de superação e experiências com cabelo. Depois, marchou até a Casa Amarela, na Consolação, onde rolaram oficinas, desfiles, exposições, discotecagem e outras atividades culturais. 

Veja algumas fotos da 1ª Marcha do Orgulho Crespo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s