5 atitudes positivas que vão deixar o seu dia muito melhor

Com pequenos hábitos, dá para ganhar mais equilíbrio e bem-estar para enfrentar a rotina com mais disposição e bom humor. Veja só!

No final do dia, cada pessoa é responsável pelo seu estado de espírito. Embora existam milhões de fatores externos capazes de alterar o nosso humor, é possível manter o equilíbrio fazendo pequenas escolhas, como tomar um café da manhã saboroso e nutritivo, criar um ambiente acolhedor, parar para fazer um lanche… Nada complicado, mas que faz toda diferença na hora de contar os motivos para agradecer. Veja, aqui, cinco atitudes positivas que você pode adotar já e que vão deixar seu dia muito mais tranquilo e gostoso.

De manhã

1. Acorde uma hora mais cedo

Até os mais dorminhocos concordam: ao despertar mais cedo, dá tempo de se organizar melhor e o dia rende mais. Assim, não é preciso correr contra o relógio, como o coelho de Alice no País das Maravilhas, pensando: “É tarde, é tarde!” O nível de ansiedade diminui e a tendência é que o dia termine em paz. Uma pesquisa da Universidade de Toronto, no Canadá, comprova que a rotina de acordar cedo deixa as pessoas mais tranquilas. Isso porque o hábito, consequentemente, faz com que se durma mais cedo, criando um relógio biológico propício ao relaxamento.

2. Capriche no café da manhã

Por quê? Entre o intervalo da última refeição e a primeira do dia seguinte há um longo período de jejum. Mas, durante a noite, o corpo continua consumindo energia para manter as funções do organismo, como circulação e respiração. O café da manhã, portanto, tem a função essencial de repor essa energia gasta durante o sono. Diversos estudos indicam que essa refeição bem-feita ajuda no controle da fome ao longo do dia. No menu, é essencial incluir frutas e cereais matinais, que vão muito bem com leite ou iogurte.

À tarde

3. Inclua no lanche uma barrinha de cereal

Para manter o pique no meio da tarde – e frear a fome do jantar –, é importante abrir espaço para um lanche. Para quem quer praticidade, a dica é investir nas barrinhas de cereais, nutritivas e ricas em ingredientes do bem. A Kellogg’s, por exemplo, traz duas deliciosas opções: as barrinhas Kellogg’s Nuts vêm nos sabores damasco ou uva-passa e ainda trazem na fórmula castanha de caju, amendoim e amêndoas, que têm proteína vegetal e são antioxidantes. Há também as barrinhas Kellogg’s Krunchy Granola, feitas à base de aveia, um grão que ajuda a saciar a fome. Nos sabores mel ou cacau, são supercrocantes e matam a fome a qualquer hora!

As novas barrinhas de cereais Kellogg’s são a pedida certa para o lanche: nutritivas e ricas em ingredientes do bem (Kellogg's/Divulgação)

4. Desacelere o passo

Diminua o ritmo, pare de fazer tudo ao mesmo tempo e com pressa. Por exemplo, olhar o WhatsApp e responder na velocidade da luz, mesmo aquilo que não é urgente. Muitas vezes não percebemos, mas virou hábito realizar todas as atividades com extrema rapidez, como se estivéssemos o tempo todo atrasados. Preste atenção em como você faz as refeições, no quanto mastiga e saboreia os alimentos, em como anda na rua, atende o telefone e fala com as pessoas. Se deseja um dia mais leve e produtivo, adote o costume de fazer uma coisa de cada vez, prestando atenção no presente. Essa é a ideia do movimento Slow, que ganhou milhares de adeptos pelo mundo, na corrente de ir contra a aceleração e a mania de fazer mil coisas ao mesmo tempo – para diminuir a ansiedade e aproveitar as pequenas coisas da vida.

À noite

5. Agradeça pelas coisas boas do dia

Enquanto muita gente vai dormir se lamentando, sem conseguir enxergar nada de positivo, outras pessoas optam por agradecer aquilo que foi bom. O segundo grupo, certamente, é formado por quem encara a vida de maneira mais leve. Está provado que pessoas gratas tendem a ser mais felizes, porque valorizam o que possuem em vez de alimentar ansiedade em torno do que não têm. Quem afirma isso é o psicólogo americano Abraham Maslow, que, em suas pesquisas, notou que a habilidade de expressar a gratidão é vital para a saúde emocional. Um exercício fácil é “contar as bênçãos”: todos os dias, durante três semanas, escreva uma listinha com tudo o que foi bom. As risadas com os amigos, as boas refeições, os desafios superados e pequenos gestos de carinho, tudo pode entrar na lista. Vendo claramente o que há de positivo, a gratidão aflora e a sensação que prevalece dali em diante é a de que temos muito mais do que precisamos – e só por essa razão já podemos ser gratos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s