Ele vai chegar! Como se preparar para o “retorno de Saturno”

Está chegando aos 28 anos? Este texto é para você.

A astrologia estuda os ciclos planetários e como eles influenciam na vida de cada pessoa. Da mesma forma que existem fases individualizadas, só possíveis de conhecer a partir do estudo do mapa astral de cada um, existem fases pelas quais todo mundo vai passar um dia.

Leia Mais: Astrologia: confira as previsões de cada signo para 2017

Assim como o inferno astral, o tal “retorno de Saturno” é um ciclo presente na vida de todos os seres humanos. “Os planetas possuem tempos específicos para completar a trajetória deles em torno do Sol. A Terra, por exemplo, demora 365 dias. Já o ciclo de Saturno leva cerca de 28 anos terrestres para fazer essa volta”, explica Vanessa Tuleski, astróloga expert do Personare.

Isso, em linhas gerais, significa que, se na Terra você completou 28 primaveras, em Saturno, você acabou de nascer. É um bebê.

bebe

Mas, assim, quem é Saturno?

Saturno é o último planeta do sistema solar e simboliza o limite. Ele é tipo um “paizão rabugento”, sabe? Gosta de apontar o dedo para você e dizer todas as coisas erradas na sua vida.

Porém, ao contrário de apenas criticar por criticar, ele é um professor que adora mostrar o caminho certo – seja por bem, seja por mal. É um planeta poderoso: ele revela, entre outras coisas, aquilo que tememos, mas devemos enfrentar bravamente.

“Ele traz para a vida das pessoas um verdadeiro choque de realidade, e, ao mesmo tempo que ‘enquadra’, é um planeta que também traz segurança”, diz Vanessa.

E o que é o retorno de Saturno?

A gente não vai mentir: talvez não seja uma fase muito fácil, mas é aquele mal necessário, sabe? E todo mundo vai passar, não tem jeito. “Quando a pessoa completa 28 anos, o tempo normalmente necessário para Saturno dar uma volta do Sol, ela começa a sentir uma cobrança interior muito grande, passa, sem perceber, por um momento de autoavaliação, de jogar fora tudo aquilo que não serve mais”, avalia a astróloga.

Segundo ela, quem normalmente não encontrou um caminho na vida, principalmente, na área profissional, muito ligada a Saturno, começa a vislumbrar um futuro. É hora de amadurecer e isso precisa acontecer de qualquer maneira – mesmo que para isso a pessoa precise passar por situações, digamos, muito difíceis e desafiadoras.

Vanessa explica: “Não é necessariamente ruim: o que você perde em juventude, por exemplo, ganha em amadurecimento. Até os 28 anos a sua personalidade está em formação, você pode ser até meio insegura e existem também, claro, muitos condicionamentos vindos da família. A partir do retorno de Saturno a pessoa começa a ter mais autonomia, a saber melhor quem é e aonde pode ir”.

Além disso, é importante pontuar que, dentro desse ciclo de 28 anos de Saturno, também existem os chamados “mini-ciclos”. Eles acontecem a cada 7 anos e têm a missão de ensinar algo importante para a pessoa. Já parou para pensar como aos 7, 14 e 21 anos sempre acontecem coisas, hum, marcantes? Ler e escrever, o primeiro beijo, a entrada no mercado de trabalho… É Saturno!

 O que pode acontecer no “retorno”?

Para quem está bem encaminhada nas diversas áreas da vida, boas notícias: o retorno de Saturno vai parecer um brisa fresca de verão. Já as pessoas que não se sentem muito bem consigo mesmas ou em aspectos específicos da vida, poderão, sim, enfrentar alguns problemas.

“Até a dor do crescimento é uma dor positiva. Quem se sente perdida vai senti-la, mas nunca deve esquecer que essa é uma fase para reavaliação. Depressão e autoestima baixa podem ser alguns sintomas, indicativos de algo errado e que precisa ser ‘consertado'”, lembra Vanessa.

De acordo com a astróloga, é comum, por exemplo, muitas pessoas começarem a sentir fisgadas na coluna ou até mesmo ter problemas dentários, já que Saturno rege os dentes. “Muita gente coloca aparelho nessa idade, muda completamente o rumo da carreira, começa uma nova faculdade… É uma fase para assumir responsabilidades e para novos começos”, comenta ela.

A parte boa? É tudo passageiro, viu? Depois disso, você vai ver as alegrias de quem sabe muito bem quem é e o que quer. De quem é dona de si mesmo – e isso é incrível. Porque o próximo “retorno”, só aos 56, será mais sobre pensar na terceira idade do que descobrir seu eu interior.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s