Este é o motivo por que mudamos a voz ao falar com certas pessoas

A ciência finalmente desvendou este mistério.

Se você já ouviu uma gravação da própria voz e ficou meio espantada, é possível que um colega tenha te reconfortado e dito que “calma, sua voz não é assim o tempo todo”. Isso porque, curiosamente, nós mudamos o tom de nossas vozes de acordo com a pessoa com quem estamos interagindo. Já tinha reparado nisso?

Pense em uma entrevista de emprego, por exemplo. Você está nervosa, o entrevistador é intimidante e você quer (é óbvio) parecer um tanto séria. Por algum motivo, porém, sua voz faz o oposto de construir uma imagem de seriedade – e fica muito, muito aguda. Pois é: a ciência analisou este tipo de situação e descobriu que são as pessoas que consideramos ~poderosas~ as culpadas por esta mudança.

O estudo em questão foi realizado pela Universidade de Stirling, no Reino Unido. Os 48 participantes responderam a perguntas de possíveis empregadores através de um computador – sem saberem, porém, que as pessoas com quem falavam eram 100% fictícias.

Leia mais: 10 dicas para se dar bem na entrevista de emprego em inglês

De acordo com relato da autora do estudo, Viktoria Mileva, no site norte-americano Quartz, as imagens dos supostos empregadores foram criadas digitalmente – e os retratos usados foram selecionados de acordo com a aparência de “dominância” de cada um.

Com isso, eles descobriram que, tanto para homens quanto para mulheres, o tom da própria voz muda de acordo com a percepção que se tem da dominância ou do poder do interlocutor. Ou seja: quando a gente acredita estar falando com alguém de prestígio e poder, deixamos a voz mas “suave” – provavelmente procurando evitar conflitos. Faz sentido, não?

Leia mais: A ciência comprova: o fim de semana deveria MESMO ter três dias

Quando você enxerga a si mesmo, no entanto, como uma pessoa dominante e poderosa por si só, é mais difícil que outras pessoas afetem seu tom de voz.

Só nos resta uma dúvida depois de tudo isso: será que, quando fazemos uma voz mais aguda para falar com nossos bichinhos de estimação, a dinâmica é parecida? 

(Reprodução/Giphy)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s