Guia básico para entender tudo de astrologia

Te cuida, Susan Miller.

Tem muita gente que desdenha, mas, para quem acredita, astrologia é coisa séria, sim, e é uma grande aliada na difícil arte do autoconhecimento. E dúvidas como “O que significa o Ascendente?” ou “Inferno astral existe mesmo?” surgem na cabeça de quem gosta do tema, mas não o conhece profundamente. Para desvendá-las, conversamos com as especialistas em Astrologia Vanessa Tuleski, Giane Portal e Marcia Fervienza, todas do Personare. Vem ver o que a gente descobriu!

O que é signo solar?

Certamente em algum momento de sua vida você já ouviu a pergunta “Qual é o seu signo?”. Ela é referente ao chamado signo solar, que é a posição do Sol no momento de seu nascimento. “Ele está relacionado ao nosso centro de consciência, o nosso brilho pessoal e as características de nossa energia criativa”, explica Giane. Basicamente, signo solar é nossa essência, quem somos.

O que é Ascendente?

Se o signo solar é a sua essência, o Ascendente é como se fosse a sua máscara social. “Ele indica como iniciamos as coisas, como nos relacionamos mais superficialmente com o nosso entorno e como nos adaptamos ao nosso meio”, conta Marcia. Ele também pode revelar suas motivações na vida e definir seus traços físicos.

Eu vou virar meu Ascendente depois dos 30?

Não, você não vai virar seu ascendente. Ponto. Até por motivos de que ninguém muda de personalidade de uma hora para outra, é algo gradual. Se você nasceu sob o signo solar de Leão você será leonina para o resto de sua vida. O que acontece, na verdade, é que nessa fase (alô, crise dos 30!) você já sabe melhor quem é e, por isso, começa, de certa forma, a exibir mais as qualidades dos outros signos presentes em seu mapa astral. “O Ascendente marca as suas motivações, enquanto o Sol tem a ver com seus talentos. Exemplo, Sol em Touro e Ascendente em Peixes: conexão forte com o plano material (Sol em Touro), mas também intuitivo (Ascendente em Peixes). Apresenta-se como flexível (Ascendente, que tem a ver com aparência e marca pessoal, em Peixes), mas é mais teimoso (Sol, essência, em Touro) do que a princípio pareceria”, explica Vanessa.

O que é a Lua?

Ela representa o seu lado emocional, como e de que forma você reage nas situações do cotidiano. Ela indica também como você se doa e o que espera dos seus relacionamentos. Se o signo solar representa suas principais qualidades e o Ascendente é uma espécie de máscara que indica a forma que o mundo enxerga você, a Lua é a força que rege sua vida. Ser, por exemplo, uma pessoa “esquentadinha” e que não leva desaforo para casa, muito provavelmente significa ter a Lua em Áries. Da mesma forma que ser uma pessoa que racionaliza demais os sentimentos e é extremamente autocrítica são sinais de alguém com Lua em Virgem.

O que é a Vênus?

Da próxima vez que você perguntar para pessoa que está saindo qual o signo dela, considere, em vez dessa questão, saber dela qual a sua Vênus. Estranho? Na verdade, não. Porque Vênus é o planeta pessoal que se relaciona ao amor, a forma como as pessoas amam.  “Esse posicionamento está relacionado ao afeto, ao amor erótico, a capacidade e a forma de atração e sedução, e também de que maneira expressamos nosso desejo de amar”, comenta Giane. Por exemplo, você pode ter o signo solar em touro, mas por ter a Vênus em peixes encarar o amor com os olhos apaixonados de um pisciano, que tem a tendência de doação ao extremo.

O que é mapa astral?

É como se fosse a fotografia do céu do momento em que você nasceu. Giane explica: “Ele mostra todas as sementes e potencialidades da vida, nossas características de expressão e personalidade, limitações e talentos”.

O que eu preciso para fazer um mapa astral?

Ah, essa é fácil! Vai precisar saber o seu nome completo (duh!), data, hora e cidade de nascimento. Você pode ir diretamente num astrólogo ou fazer de forma online. Sites como o Personare e o Horóscopo-Astral prestam esse serviço.

Não sei meu horário de nascimento, consigo fazer um mapa astral?

Sim, mas apenas de forma parcial. Não será possível, por exemplo, determinar o signo ascendente. De acordo com Giane, o indicado nesses casos é procurar astrólogos que dominem uma técnica chamada retificação de horário.

Inferno astral existe mesmo?

É um saco, né? Porque um mês antes do seu níver é batata: coisas estranhas parecem acontecer… E, não, não é por acaso. “É o final de um ciclo. É um período de reflexão e balanço e pode ser ‘infernal’ ou não dependendo da atitude da pessoa”, comenta Vanessa. Sabe quando você começa a limpar a casa e jogar fora tudo o que não serve mais? É mais ou menos isso o que acontece nessa época do ano. É o momento de repensar sua jornada de vida e, sim, você fica mais emotiva mesmo. A boa notícia? Vai passar.

O que é sinastria amorosa?

Tá apaixonada e quer saber se o namoro tem chances de vingar? Bem, você não vai descobrir com 100% de certeza, mas a sinastria amorosa fornece uma boa ideia do que essa relação reserva para sua vida. “Ela indica a maneira como duas pessoas interagem de acordo com os contatos feitos entre os planetas de seus mapas natais”, afirma Marcia. Uma boa análise deve mostrar os aspectos favoráveis e, principalmente, os não tão agradáveis dessa possível união.

O que é astrologia?

De acordo com Vanessa, é o estudo de como o Céu pode se refletir na nossa vida pessoal, no nosso momento e no nosso futuro. Ela nos ajuda a entender o que está acontecendo e identificar nossas potencialidades para que possamos lidar com as diversas situações que vida nos apresenta com mais segurança.

No hemisfério norte os signos mudam?

Não, os signos jamais mudam, o que mudam são as estações.

Por que pessoas do mesmo signo ou até mesmo gêmeos possuem personalidades diferentes?

Em primeiro lugar: ninguém é igual a ninguém. Em segundo, somos um conjunto de informações mostrado em nosso mapa astral. “E ele contém apenas nossos potenciais, mas cada pessoa usa esses potenciais de maneiras diferentes”, afirma Vanessa. É como se você quando nasceu pudesse ser exatamente igual a uma criança nascida ao mesmo tempo no quarto de hospital ao lado, por exemplo, mas por causa das vivências individuais, da bagagem de cada um, vocês se tornaram pessoas completamente diferentes. 

As fases da lua influenciam no meu corte de cabelo?

Tanto Marcia quanto Giane afirmam que, já que as fases da Lua influenciam a maré, a colheita e nosso corpo, elas podem, sim, decretar um cabelo lindo ou um bad hair day. Mas Vanessa alerta: “Eu não fiz nenhuma experiência de longo prazo com isso. Assim, teste para ver se funciona para você”.

Posso confiar no horóscopo diário? Significa que as coisas que ele diz vão acontecer?

Calma. O horóscopo diário, assim como o anual, indica tendências e possibilidades. Não leia como se ele fosse um oráculo dono da verdade, leia como uma referência. Sabe aquela coisa chamada livre arbítrio? Então, a astrologia acredita que você tem o poder de mudar qualquer coisa esteja escrita em uma previsão. “As informações devem ser utilizadas como um guia para o momento e não como um texto determinista”, comenta Giane. E sempre bom lembrar: comece a ler o horóscopo de seu Ascendente também. Faz uma diferença porque mostra um panorama mais completo. Estamos entendidas?!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s