Igrejas são pontos turísticos imperdíveis da cidade de Olinda

Veja roteiro do que fazer, onde ficar e o que comer na cidade de Pernambuco

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 29/02/2012 em

Máxima

um conteúdo de

Igrejas são pontos turísticos imperdíveis da cidade de Olinda
Reportagem: MÁXIMA - Edição: MdeMulher

Igreja e Mosteiro de São Bento
Foto: Valdemir Cunha/VIAGEM E TURISMO


Olinda (PE) lembra Carnaval, e não é por acaso. Durante a festa, são clássicas as imagens das ruas lotadas de turistas brincando entre bonecos gigantes e dançarinos de frevo. Mas o destino vale a visita o ano inteiro.

Considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco desde 1982, o Centro Histórico é caracterizado pelas ladeiras íngremes de pedra, as igrejas e o casario com influência portuguesa, erguidos a partir do século 16. Do Alto da Sé, o ponto mais alto da cidade, você pode descer a Ladeira da Misericórdia rumo à esquina Quatro Cantos e depois conhecer a rua do Amparo - a estreita via de paralelepípedos é um polo cultural com vários ateliês e museus, além de lojas, pousadas, bares e restaurantes instalados em casinhas coloridas.

Entre as igrejas, a Basílica de São Bento e o Convento de São Francisco, belos representantes do estilo barroco, não podem ficar de fora do seu roteiro. Olinda fica a apenas 10 quilômetros de Recife, e o acesso é fácil a partir da capital.

Onde ficar

Sete Colinas
Instalado em um antigo casarão, o tradicional hotel fica num terreno repleto de árvores e pertinho das principais atrações do Centro Histórico. Na área de lazer há agradável piscina, sauna e uma pequena sala de ginástica. Tel. 0XX81 3493-7766

Pousada dos Quatro Cantos
O casarão fica a alguns passos da esquina mais famosa do Centro Histórico, conhecida como Quatro Cantos (é local de passagem dos blocos no Carnaval). Os quartos preservam uma mobília antiga. Tel. 0XX81 3429-0220
 

Igrejas são pontos turísticos imperdíveis da cidade de Olinda

Pousada do Amparo
Foto: Reprodução/pousadadoamparo.com.br


Pousada do Amparo
Adaptação de duas casas do final do séc. 18 na rua mais "cultural" da cidade. Do restaurante avarandado há vista para Recife. Tel. 0XX81 3439-1749

Onde comer

Patuá
Rua Bernardo Vieira de Melo, 79 (Ribeira), tel. 0XX81 3055-0833. Um dos principais pratos do extenso cardápio leva camarão ao molho de limão com arroz de lagosta e maxixe refogado no molho pernambucano (tomate e caldo de camarão). Moquecas e peixadas são outras boas pedidas na casa.

Don Francesco
Rua Prudente de Morais, 358 (Carmo), tel. 0XX81 3429-3852. As massas são feitas artesanalmente pelo proprietário, da região do Vêneto. Cultivam tomate, manjericão e rúcula no quintal da casa. No menu, lasanha de carne com molho béchamel, espaguete ao vôngole e rondelle de jerimum.

Casa de Noca
Rua Bertioga, 243 (Bonfim), tel. 0XX81 3439-1040. O único prato do cardápio é uma cremosa camada de mandioca coberta por pedaços de carne de sol e queijo coalho. As poucas mesas de plástico são montadas no quintal de uma casa bem simples.

Alto da Sé
Em pleno Centro Histórico, com a Igreja da Sé de pano de fundo, mais de 30 barracas vendem tapiocas salgadas e doces - queijo coalho, coco e manteiga compõem a receita mais tradicional. O quitute é vendido todos os dias a partir das 15h.

O que fazer

Compras

Rua do Amparo
Alguns artistas têm ateliê em casa, como Iza do Amparo (nº 159, tel. 0XX81 3429-2357), que pinta telas, tecidos e belas camisetas. Sérgio Vilanova (nº 224, tel. 0XX81 3494- 3955), conhecido pintor e entalhador primitivista, busca inspiração nas cores e na alegria do carnaval olindense. Na nova loja de CDs Amparo 33 (n°33, tel. 0XX81 3493-9776) há grande variedade de títulos de artistas pernambucanos. A residência nº 91 fabrica o Pau-do-índio, bebida típica de Olinda com fórmula secreta de 32 ingredientes, incluindo cachaça, vinho, xarope de guaraná, mel e ervas.

Alto da Sé
O Alto da Sé concentra barraquinhas de artesanato e algumas cooperativas com o melhor da produção regional. Na ecological (tel. 0XX81 3429-1187) e na Sítio das Artes (tel. 0XX81 3429 -2166), além de suvenires e artigos de decoração, há oferta de roupas com renda renascença e bordado filé. e a Artes do Imaginário Brasileiro (tel. 0XX81 3439-4514) vende quadros de diversos artistas, além das lembranças regionais e itens de vestuário. Na Praça Cons. João Alfredo, a loja Sobrado 7 (tel. 0XX81 3429-1009), tem peças de famosos artesãos do estado e do Brasil. Outro destino certo para comprar artesanato é o Mercado da Ribeira (rua Bernardo Vieira de Melo), que além de lojinhas expõe alguns dos famosos bonecos gigantes que enfeitam o Carnaval.

Igrejas

Basílica de São Bento
A mais rica igreja de Olinda ostenta um belo altar de madeira entalhado em estilo barroco, revestido com 28 kg de ouro. Para completar o suntuoso conjunto há seis tribunas laterais cobertas por dosséis dourados e luxuoso mobiliário. Repare também na Via Sacra alemã de madeira e gesso, em alto relevo, e no Cristo Crucificado que fica no coro, de costas para o altar. Durante a missa de domingo, às 10h, há apresentações de canto gregoriano. Rua de São Bento, tel. 0XX81 3316-3290.

Convento de São Francisco
O primeiro convento da Ordem Franciscana no Brasil abriga quatro capelas ricas em azulejos portugueses e detalhes barrocos: a do Capítulo (século 16), N.S. das Neves (século 16), Sant'Ana (século 18) e S. Roque (século 19). No pátio interno (claustro), uma galeria de arcos entreabre 16 painéis de azulejos portugueses que retratam a vida e a morte de São Francisco. Por fim, um corredor ladeado de painéis profanos (com cenas do cotidiano da corte) conduz à sacristia, com mais azulejos, mobília de jacarandá trabalhado e forro adornado por pinturas sacras. Rua de São Francisco, 280, tel. 0XX81 3429-0517.

Museu Regional de Olinda
Reúne belo mobiliário de jacarandá dos séculos 17 ao 19 e artefatos europeus de decoração, como peças de porcelana inglesa, lustres e candelabros de cristal Baccarat. Preste atenção no armário de arquivos, todo entalhado em jacarandá rosa, e no altar que pertenceu à antiga Sé de Olinda, com detalhes em rubi e marfim. Rua do Amparo, 128, tel. 0XX81 3184-3159.