Como criar um cão educado

Aprenda como ensinar bons modos ao seu cachorro desde o primeiro dia em que ele chega ao lar

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 25/05/2010 em

AnaMaria

um conteúdo de

Como criar um cão educado
Como criar um cão educado

É difícil recusar pedidos do seu cachorro tão fofo! Mas lembre-se que tolerar atitudes erradas geram mau comportamento
Foto: Getty Images

Para evitar que o seu amigo peludo cresça com manias indesejáveis, como morder ou pular sobre as visitas, é preciso educá-lo ainda pequeno.

Carinho e recompensas
Já que um filhote é praticamente irresistível, a tendência é tolerar atitudes indesejáveis na vida adulta, como morder e pular. O correto é educá-lo logo que chega em casa. Carinho e recompensas pela obediência e repreensão com voz firme quando for necessário são os melhores métodos.

Brinquedo de roer
Pela própria natureza, o cão tem necessidade de roer objetos. Antes que ele opte pelos móveis e sapatos, ofereço-lhe brinquedos adequados a esse fim, de materiais que não representem riscos para a saúde dele. O brinquedo simboliza a família para o cachorro. Brinque com ele e deixe seu cheiro na peça.

Mudança gradual
Nos primeiros três ou quatro dias no novo lar, o filhote vai sentir a falta do mãe e dos irmãos. Por isso, traga para casa um paninho com o cheiro deles. Nessa fase inicial, ele pode dormir no quarto de alguém. A ruptura brusca às vezes provoca queda do sistema imunológico do bichinho. Quando for levado para as instalações definitivas, haverá choros, mas a família deve agüentar firme. Do contrário, ele aprende a se lamentar para conseguir o que quer.

Vida social
Depois de receber as vacinas, é hora de ensiná-lo a se relacionar com outros animais, prevenindo brigas nos passeios. Em casa, ele precisa aprender a aceitar a presença das visitas. A regra é sempre a mesmo. Fale ''não'' em caso de mau comportamento e dê carinho e biscoitos quando agir corretamente.

Cadê o petisco?
Uma das situações mais difíceis para o cão é o afastamento dos donos. Para que não comece a latir compulsivamente, quando for deixa-lo sozinho, crie condições para que ele se distraia. Uma boa idéia é esconder petiscos para que ele fique vasculhando a casa na sua ausência. Quanto aos latidos, nunca lhe dê nada que for pedido dessa forma, senão ele irá sempre "chorar". Lembre-se: recompensas, só para atitudes desejáveis.

As crianças
Elas também devem ser ensinadas a respeitar o cão. Explique que eles têm direito à privacidade e que devem ser deixados em paz quando dormem.