Seu cãozinho está doente?

Aprenda a interpretar os sinais que seu bicho apresenta quando está com algum problema de saúde

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 28/10/2008 em

AnaMaria

um conteúdo de

Seu cãozinho está doente?
Bruna Menegueço
Labrador triste

Se o animal apresentar qualquer sintoma
suspeito, leve-o ao veterinário
Foto: Dreamstime


Você está atenta ao corpo e ao comportamento do seu cachorro? Isso é fundamental para saber se ele tem algum problema. "Por instinto, cães e gatos não demonstram que têm dor. Na selva, isso os tornaria presas fáceis", diz a veterinária Fabiana Leite, de São Paulo.

Então, quando o dono percebe algum sintoma, é sinal de que a doença já está bem avançada. Para que nada de ruim aconteça com seu bicho de estimação, a solução é prevenir. Visitas periódicas ao veterinário são essenciais para detectar problemas no início e combatê-los com mais eficácia. Por isso, AnaMaria preparou um calendário com orientações de check-up e um guia que ensina os sinais de alerta do seu amigão. Veja:

Raio X animal

Saiba como cada parte do corpo dá sinais que algo não vai bem:

Pelagem: Alergias, alterações hormonais e várias doenças deixam o pêlo sem brilho, caindo demais ou com falhas. Fique atenta.

Orelhas: Otite é uma infecção comum nos cães. Além de coçar muito, a orelha fica fedida e com manchas vermelhas.

Olhos: Na velhice, podem apresentar manchas brancas ou azuis, que indicam catarata.

Rabo e genitália: Não levantar o rabo pode indicar dor. Infecção no útero faz as fêmeas lamberem a genitália. Machos que urinam sangue podem ter infecção.

Patas: Alergia faz o cão lamber as patas. Se o animal treme, pode ser artrite.

Focinho e boca: Gengiva esbranquiçada pode ser sinal de anemia. Câncer pode provocar sangramento nas narinas.