Como acertar no modelo da cortina

Você sabia que não é recomendado usar cortinas de tecido na cozinha? Veja essa e outras dicas preparadas pela revista ANAMARIA

Evite usar cortinas de tecido na cozinha e nas áreas úmidas. E jamais instale-as perto do fogão!
Foto: Dreamstime

A cortina tem função importante nos ambientes: regular a entrada de luz, dar privacidade aos espaços e controlar o fluxo de ar. Veja qual a indicada para cada tipo de janela:

Modelos misturados

Não caia na tentação de adotar persianas em algumas janelas e cortinas em outras. O ambiente pode ficar parecendo um show-room. Para cozinhas, evite modelos volumosos.

Parede de vidro

Janelas bem rentes ao teto pedem cortinas longas, presas em sancas (acabamentos) de gesso ou em bandôs. Esse recurso equilibra as proporções e evita que a claridade entre pela fresta deixada entre o teto e a cortina.

Fora de padrão

Quando se tem janelas de tamanhos ou formatos diferentes em um mesmo espaço, padronize o tecido, o modelo e a altura das cortinas.

Pias e bancadas liberadas

Regular a altura da cortina é fundamental para que ela não dificulte nem a circulação, nem as tarefas domésticas – especialmente na pia da cozinha. O ideal é que a barra do tecido ou o fim da persiana acabe antes do frontão (aquela borda de granito que reveste parte da parede sobre a pia).

Quanto tecido é preciso para fazer uma cortina?

1. Largura: Meça a largura da janela e acrescente a essa medida 40 cm (para evitar que a claridade entre pelas laterais). Se o tecido for encorpado, como algodão, linho, brim, sarja ou jacquard, multiplique esse número por dois. No caso dos tecidos finos, como voal, cetim ou seda, multiplique esse número por três — assim, depois de franzida, a cortina ganhará mais volume. Para facilitar, substitua os valores na fórmula:

2. Altura: Em primeiro lugar, defina se sua cortina será curta ou longa. Depois, meça a distância entre a janela e o teto e divida essa altura (h) por dois, como aparece no desenho ao lado. É nessa altura que você deverá instalar o varão. Para encontrar a altura certa de tecido (a), veja até onde quer que ele desça, deixando 2 centímetros acima do piso, para não arrastar no chão. Acrescente 50 cm de tecido para fazer o cabeçote e a barra. Para o forro, considere a medida da cortina e tire 20 cm de cada lado.

Para tecidos encorpados: largura total = (largura da janela + 40 cm) x 2

Para tecidos leves: largura total = (largura da janela + 40 cm ) x 3

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s