Vai começar o barulho...
Daniella Gallotto
Vai começar o barulho...

Socorro! Se a festa for na sua casa, deixe seu cão sem coleira, preso num quartinho silencioso 
Foto: Dreamstime

Não dá pra pensar em fim de ano sem festa, família reunida, mesa farta, alto-astral e troca de presentes. Mas para seu bicho de estimação, as noites de Natal e Ano-Novo significam gente estranha, luzes e medo — muito medo. Nada a ver com o clima da data, né?

Os animais entram em pânico quando os primeiros rojões e fogos de artifício começam a estourar. "Cães e gatos ouvem bem melhor que os humanos. Por isso, o barulho é um incômodo para eles", alerta o veterinário Marcelo Quinzani. Nessa época de festas, saiba quais atitudes tomar para que seu bicho de estimação entre em 2009 com a pata direita!

5 maneiras de proteger seu bicho do barulho dos fogos

1. Evite fugas
A primeira coisa a fazer nas noites de festa é fechar bem as portas e as janelas. No desespero, cães e gatos tentam fugir.

2. Crie um refúgio
Coloque seu bicho em um lugar onde ele se sinta seguro. Mantenha a luz acesa e, se ele estiver acostumado, deixe TV e rádio ligados. Converse um pouco e faça carinho. 

3. jamais ofereça a comida da ceia
Pode até ser que o peru esteja divino e a maionese seja light... Mas nada de dar ao seu bicho a comida da ceia de Natal ou de réveillon! Problemas de digestão, somados ao pânico que ele sente dos rojões, podem levá-lo à morte! Alimente-o com a ração de costume e ofereça água. Evite até dar os biscoitinhos dele. 

4. Solte a coleira
Não deixe seu cachorro ou gato na coleira. Muitos animais, quando presos, morrem por enforcamento, no desespero de fugir dos fogos e rojões. Se precisar isolá-lo, deixe-o fechado num quartinho.

5. Acalme-o
Homeopatia, florais e acupuntura podem diminuir o medo e a ansiedade do seu animal. Mas esses tratamentos devem ser feitos ao longo do ano. Em casos graves, o veterinário pode aplicar um sedativo.