(none)

Bullying: conheça suas causas e consequências

Descubra o que é bullying e se seu filho sofre desse problema. Aprenda ainda a lidar com essa situação que afeta muitas crianças

Atualizado em 05/12/2013

Daniella De Caprio

Conteúdo ANAMARIA
Destaque da Matéria

O bullying é um comportamento agressivo ou debochado dos colegas sempre com um "eleito" da turma
Foto: Dreamstime

Brincadeira de criança é normal e até saudável. O problema é quando ela passa do limite e vira um problema sério: o bullying (a pronúncia é búlin). "O bullying é um comportamento agressivo e repetitivo. Nele, uma criança sempre será o dominador e a outra, a dominada", explica a psicóloga Andreia Calçada.

O bullying ocorre por vários fatores mas, na maioria dos casos, o que predomina é o ambiente familiar: se uma criança vive num clima de desrespeito, ela pode passar de vítima (em casa) a agressora (na escola) e oprimir os colegas. Isso pode resultar em depressão e dificuldade para relacionar-se. Veja como proteger e ajudar seu filho a superar essa difícil situação.

1º Passo

Decubra o problema
A conversa é a base de tudo. Questione seu filho, sem usar tom de cobrança. No livro Proteja seu Filho do Bullying (ed. Best Seller), o autor Allan L. Beane dá dicas das perguntas certas a fazer:
- Quem estava envolvido?
- Quem foi o agressor?
- O que disseram exatamente para você?
- Quando aconteceu?
- Onde você estava?
- Tinha algum adulto por perto?
- Como você reagiu?
- Há quanto tempo isso acontece?

2º Passo

Peça ajuda à escola
A maioria dos casos de bullying ocorre dentro da escola. Pense em você e na instituição como uma equipe. Entre sempre em contato para ver como andam as coisas por lá:
- Explique o que seu filho está vivendo.
- Conte quem está fazendo isso com ele.
- Peça para que a atenção com aquela turma seja maior.

3º Passo

Preserve a criança
Tem mãe que incentiva a briga, outras dizem para ignorar. Mas o ideal é a criança se preservar. "A vítima deve ser inteligente e se defender de um jeito que o agressor não perceba que está conseguindo atingi-la", ensina Andreia. Ou seja, a criança não deve retrucar e chorar para não mostrar fraqueza, e sim, superioridade.

4º Passo

Quando a situação sai do seu controle, o que fazer?
Desesperar-se não vai solucionar o problema. Se a escola não resolveu, se seu filho não conseguiu se defender da humilhação e você não sabe o que fazer, mantenha o autocontrole.
- Mude!
Matricule-o em outra escola se essa não estiver dando certo. Em outra instituição, ele pode encontrar amigos com mais afinidades.
- Troque o foco
Faça-o se entrosar com outras crianças, colocando-o em aulas de que ele goste, como natação, futebol, cursos de inglês ou outros.
- Elogie-o
Assim, você demonstra que seu filho é importante. A autoestima dele vai subir de novo.

Meu filho só observa, e agora?

"Isso acontece porque o adolescente (ou a criança) tem necessidade de se sentir inserido em algum grupo social. Ele não vai querer perder os amigos e ficar por fora, então acaba 'observando' tudo o que acontece e não faz nada para evitar, mesmo que discorde", afirma Andreia.

Encoraje seu filho a procurar a ajuda da escola e a defender os colegas, sem medo. Impor-se é a melhor opção. Pergunte o que ele prefere: ficar sozinho, fora da panelinha dos alunos agressores, ou ser maria vai com as outras?

Características de um agressor

- Arrogância.
- Não sente culpa quando faz algo de errado.
- Acha que está sempre certo.
- Perde o controle com muita rapidez.
- Recorre à força por qualquer motivo.
- Preocupação extrema com a aparência e a imagem.
- Quer estar no controle em todas as situações.

Características de uma vítima

- Nunca quer ir à escola.
- Vai ou volta da escola sempre chorando.
- O rendimento escolar cai sem motivo aparente.
- Sempre perde a hora e não quer se levantar.
- Quando está em casa, dorme o tempo todo.
- Apresenta sintomas de depressão.
- Alteração estranha de comportamento.

Veja também:

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

selmo - Um dos principais motivos que leva uma pessoa a sofrer o bullyng, ¿ a timidez.Na minha juventude sofri muito bullyng na escola, inclusive pelos pr¿prios professores eu era motivo de chacota risada muitos viam em mim a oportunidade de se aparecer pra sala para as garotas,tentei o suic¿dio por duas vezes,em raz¿o disso,foi quando comecei a entender que alguns poderiam n¿o gostar de mim,mais muitos me amavam do jeito que eu era, como meus pais irm¿os e o meu DEUS que tinha um grande proposito com tudo aquilo! Hoje tenho uma fam¿lia linda e aben¿oada um ¿timo emprego sou dirigente de uma congrega¿¿o evang¿lica, cantor gospel,tudo isso por que n¿o desisti de viver lutar e caminhar,''N¿¿ DESISTA VOC¿ E ESPECIAL'' - 24/09/2013 23:07:56

luna*_* - eu tabem nunca sofri mais sei que isso e ruim pq eu ja viir jente sofredo bullyn e eu acho muito chato ver pessoas sem do chingada de tudo que e nome e as pessoas rindo de sua cara poriso quando eu vejo eu denucio pros pais desta pessoa - 02/09/2013 16:05:02

Marya Eduarda 1 ano A DII - tenho 15 anos e sofro de Bully,mas ao contrario de tudo e de todos eu não me importo com isso, pois ""hoje eles me apontam, mas amanhã eles serao apontados"" EU EVITO FICAR PERTO DELES EVITO OLHAR PARA ELES MAS QEM DISSE Q ALGUEM SE IMPORTA COM QUEM SOFRE BULLY O SISTEMA NAO ESTA NEM AI PRA VC E PRA MIM, ELES QEREM Q TODOS SE MATEM, SE QERBREM I É ISSO Q AS PESSOAS FAZEM. PENSEM NISSO! - 18/05/2013 17:30:55

gabriel - nunca sori bullying mas acoselho quando ficar desanimado cnte ou fassa algo que gote isso vai funcionar - 09/05/2013 20:52:32

joão pedro - Eu ja sofri bullying mas graças a deus n sofro mais ms me doi me que meus amigos ficam praticando bullying porque hj msm vi minha amiga chorando pq ela sofre bullying a 2 anos - 09/05/2013 20:47:45

Jessica - Eu tenho 12 anos e sofro bullying na escola desde o ano passado, e eu não sei o que fazo. Ano passado até chorei para não ir a escola, ai minha mãe ligou na escola, mas não adiantou nada. Esse ano já faltei 10 vezes na escola. É sempre a mesma coisa e não aguento mas. Eu choro escondida quando estou sozinha, me sinto excluida por todos. - 08/05/2013 14:54:53

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.