15 dicas para superar o divórcio

Diga adeus às dores da separação e dê a volta por cima sem sofrer. E o melhor: você ainda se abre para outra relação

Publicado em 08/09/2010

Patricia Boccia

Conteúdo ANAMARIA
Mulher sorrindo

A guarda dos filhos menores de 18 anos foi concedida à mãe em mais de 80% dos casos no Brasil
Foto: Getty Images

1. Viva a separação
Não viva da separação Encarar o divórcio como meta única, em que você precisa empregar todas as suas energias para arrancar dinheiro do marido, não faz nada bem para a auto-estima. Lute pelos seus direitos e o das crianças, mas com muita maturidade.

2. Gaste horas para se arrumar
Já parou para imaginar que não há mais ninguém para apressá-la no banho ou no secador? Então, comemore! Experimente várias roupas antes de optar por uma, teste novas cores de maquiagem, mude o penteado... Enfim, curta-se no espelho.

3. Coloque um basta, mas sem tentar arrancar explicações
O casamento acabou porque não há mais afeto e ponto final. Discutir sobre a infidelidade do marido só vai tornar o processo judicial mais difícil, caro e doloroso. Quanto mais cedo você dissolver o vínculo, melhor. Trazer à tona a discussão da culpa prejudica a convivência e, se há filhos na história, eles serão devastados emocionalmente.

4. Ele paga pensão, mas não manda na sua vida
Mesmo que você seja economicamente dependente do ex-marido (ele banca as contas principais e custeia as crianças), isso não dá a ele o direito de invadir a sua privacidade. Fazer visitas sem avisá-la e mantê-la sob vigilância cerrada não é sinal de que ele ainda a ama. Provavelmente, faz isso para diminuí-la. Como quem avisa: ''Continuo sendo o chefe da família''. Enfrente a situação!

5. Não saia correndo atrás de um outro marido
Para quem viveu anos dividindo as tarefas do lar pode parecer, num primeiro momento, que a felicidade só será alcançada depois que um novo homem entrar em sua vida. Mas saiba que você só estará pronta para um outro relacionamento depois que estiver estabilizada emocionalmente. E, para isso, precisa de um tempo sozinha para que as feridas cicatrizem.

6. Não faça loucuras para recuperar a autoestima
A separação está associada ao sentimento de rejeição. Com base nisso, muitas mulheres recém-divorciadas iniciam uma verdadeira maratona em busca do corpo, cabelo e pele perfeitos. Acabam gastando todas as suas economias em tratamentos estéticos. Passada a empolgação, ficam as dívidas. Dar um trato no visual é válido, mas com bom senso.

7. Cuide da mente para ter paz de espírito
No meio dessa tempestade emocional é importante você encontrar uma atividade que lhe traga tranqüilidade interior. Artes, ioga, meditação ou um culto religioso são boas alternativas. Escolha a que mais lhe agrada.

8. volte com tudo para o mercado
Muitas mulheres abdicam da profissão para cuidar da casa. Se é o seu caso, lembre-se da máxima ''nunca é tarde para começar''. Aproveite que agora tem uma pessoa a menos para tomar conta, volte a estudar e batalhe por um emprego.

9. Não leve todos os problemas do lar para o ex
Se ele é pai dos seus filhos deve continuar a dividir as responsabilidades da educação. Mesmo assim, não é legal (principalmente para você!) ligar a todo instante para informar cada passo das crianças e, de quebra, bisbilhotar a vida dele. Encare a autonomia do lar e só consulte o pai das crianças a respeito dos problemas sérios.

10. Faça amizade com gente solteira
Nada de se sentir frustrada com o papo das amigas casadas e felizes com a relação. Conquiste novas amigas mais familiarizadas com sua situação atual. Recicle o papo.

11. Jamais fale mal do pai para as crianças
Por mais que tenha sido dolorida e até injusta a separação, o problema cabe ao casal. Não existe divórcio entre pais e filhos. Usar as crianças para atacar o ex é um erro grave. Lembre-se de que os filhos também estão sofrendo e precisam de muita compreensão. Filhos de pais separados podem ser tão bem ajustados quanto aqueles que vivem em famílias intactas, mas desde que convivam de maneira saudável com os dois.

12. Programe uma lua-de-mel com você mesma
Viajar sozinha pode ser tão ou mais divertido do que acompanhada. Basta acertar no roteiro, escolhendo cidades em que você possa fazer novas amizades e até se aventurar um pouquinho.

13. Matricule-se na academia
Além de cuidar do corpo, o ambiente é propício para fazer novos amigos, paquerar e ficar por dentro das baladas mais quentes.

14. Aproveite o controle remoto só seu
Seu ex era um aficionado pelos eletrizantes filmes de ação e você a acompanhante fiel? Curta esta temporada sozinha para colocar em dia as comédias, romances e dramas que lhe fazem tão bem.

15. Faça programas de gente solteira
Independentemente da idade, você tem todo o direito de sair para dançar e paquerar com suas novas amigas solteiras.

Matérias relacionadas

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

ABC Article Directory cheap oakleys http://www.washtrax.us/ - 22/05/2014 14:20:01

<b>michelly</b> - Gostei das dicas, vale realmente a pena o bom senso. Vivenciar esse luto é importante, mas "como tudo na vida tem começo, meio e fim". - 02/09/2013 15:03:26

<b>Sarah</b> - Pelo que parece, vou seguir essas dicas em pouco tempo, pois meu marido pediu o divórcio... Momento triste na minha vida... - 20/08/2013 14:23:18

<b>ricardo</b> - Acho v¿lido esta mat¿ria por¿m, estou me divorciando de minha esposa que ¿ 10 anos mais velha e acho que n¿o cabe em nossa rela¿¿o estas dicas (totalmente). Nosso caso foi minha falta de aten¿¿o a fam¿lia e que a pouco tempo acordei mas, parce tarde... - 29/07/2013 18:47:03

<b>Viviane</b> - Seguirei a risca!!! Adorei a mat¿ria..... - 16/04/2013 16:24:10

<b>chris</b> - Caro José...o nome do site é M de Mulher! - 04/04/2013 19:56:49

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.