Casa de novela: a mansão de Chayene da novela Cheias de Charme

Conheça os objetos de decoração ousados, divertidos e extravagantes do lar de Chayene da novela Cheias de Charme

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 27/06/2012 em

TITITI

um conteúdo de

Casa de novela: a mansão de Chayene da novela Cheias de Charme
Reportagem: Diana Ferreira - Edição: MdeMulher

Os quadros da rainha do eletroforró são de Arnaldo Garcez
Foto: Divulgação TV Globo / Renato Rocha Miranda

Rica e com estilo próprio, Chayene (Cláudia Abreu), de Cheias de Charme, é a dona de uma mansão superdiferente. Exibida, não é apenas no figurino que ela usa e abusa de cores e brilho.

Todos os cômodos do casarão pink refletem a personalidade da perua, conforme explica a cenógrafa da novela, May Martins. “As escolhas da Chayene podem ser sofisticadas, pois ela se apoia na opinião de profissionais. Mas, acima de tudo, o gosto dela determina as escolhas. E ela é exuberante, referenciada nela própria”, conta May.

Casa de novela: a mansão de Chayene da novela Cheias de Charme

A banheira de mármore de Chayene é um sucesso
Foto: Divulgação TV Globo / Renato Rocha Miranda

Responsável por materializar as ideias dos diretores e autores, a cenógrafa revela que fez um trabalho conjunto com outras áreas para preservar a essência da estrela. O resultado ficou divertidíssimo e a cara da soberana do Piauí.  Não foi à toa, aliás, que as Empreguetes escolheram o local como o cenário perfeito para a gravação de seu videoclipe. Decidimos colocar espelhos, discos de ouro, fotos dela e quadros feitos a partir de imagens suas com referencial pop. As obras foram inspiradas no artista plástico Andy Warhol e assinadas por Arnaldo Garcez”, revela a cenógrafa.

 

Casa de novela: a mansão de Chayene da novela Cheias de Charme

A parede de bolhas coloridas estão no clipe de Cida (Isabelle Drummond) e as empreguetes
Foto: Divulgação TV Globo / Renato Rocha Miranda

Para o produtor de arte do folhetim das 7, Eduardo Feijó, o Guga, a casa de Chayene pode ser definida como “o playground da Barbie do eletroforró, um universo kitsch, onde o lema é mais cor, mais ouro, mais tudo”.

Feliz com a repercussão da trama e o sucesso da personagem, Guga aponta os principais componentes do cenário que contribuem para tanto burburinho. “A parede de bolhas coloridas atrás da cama é um elemento bem importante, assim como os globos coloridos, a poltrona de borboleta e uma escultura de coração alado, assinadas por Romero Britto. Tem ainda o bibelô de porco em cima da mesa e os arranjos de flores imensos”, conclui.

Casa de novela: a mansão de Chayene da novela Cheias de Charme

A poltrona de borboleta é assinada pelo artista Romero Britto
Foto: Divulgação TV Globo / Renato Rocha Miranda

E May acrescenta: “A gaiola que fica na sala era um ponto de partida dessa coisa teatral da personalidade de Chay, como se ela tivesse desfilando em palco aberto. E os verdadeiros donos da casa toparam pintar a fachada de rosa, o toque final”.