Aproxime pais e filhos

Como você pode ajudar a aproximação do seu filho com o pai ausente ou distante

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 25/10/2008 em

Viva! Mais

um conteúdo de

Aproxime pais e filhos
Fabrício Pellegrino

Fortalecer vínculos entre pais e filhos só
faz bem para os dois lados
Foto: Divulgação

Datas como Dia dos Pais e Natal angustia as famílias cujos filhos se relacionam de forma complicada com o pai. Às vezes, isso se dá pela incompatibilidade de gênios, mas também acontece quando o pai se separa da família — e pior ainda quando ele sequer chegou a viver debaixo do mesmo teto! Seja lá qual for o caso, há algumas intervenções eficientes e outras proibidíssimas na tentativa de fortalecer essa delicada relação. Quem ensina é a psicopedagoga Maria Irene Maluf, presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia.

Mãe, você está proibida de:
· Dar lições de moral no pai, sobretudo na frente do filho
· Cobrar que o filho tenha mais amor por ela do que pelo pai

Pai, você está proibido de:
· Comprar o filho com presentes
· Falar mal da mãe da criança
· Criticar a educação do filho — caso tenha sido ausente 

Atitudes do bem

De acordo com a especialista veja o que fazer quando pai e filho moram juntos e não se falam:
· Conversar, inicialmente, com o mais acessível entre os dois para tentar amenizar as mágoas e dar um novo fôlego à relação deles;
· Tentar mostrar ao pai e ao filho que a relação deles é muito importante e que, inclusive, um precisa do outro para viver melhor;
· Promover o diálogo entre a dupla. Se possível, busque a ajuda de uma terapia familiar