Anitta: “Sofro mais preconceito de mulheres do que de homens”

No lançamento de Paradinha, Anitta fala sobre feminismo e sobre a discussão que teve com Pitty, no Altas Horas, em 2014.

De uns tempos para cá, Anitta vem se mostrando uma mulher empoderada que questiona os padrões de gênero e não leva desaforo para casa. Ela já disse que prefere ser solteira a ser subordinada e, mais recentemente, respondeu de maneira maravilhosa a um hater que a chamou de prostituta.

Nessa quarta-feira (31) rolou o lançamento de seu novo single Paradinha e a gente aproveitou para falar um pouco com a cantora sobre isso. Ela reafirmou que está ao lado das mulheres que lutam por igualdade de gênero e que é feminista, mas disse que não apoia o feminismo radical. Também declarou que, infelizmente, é muito mais julgada pelas mulheres do que pelos homens.

Confira a declaração na íntegra:

MdeMulherAtualmente, no seu posicionamento, está muito presente isso de defender o empoderamento feminino. Aí é inevitável fazer um paralelo com algumas coisas que você disse anteriormente, como em 2014, naquele debate com a Pitty, no Altas Horas. Naquela ocasião você falou que para que uma mulher seja respeitada pelos homens, primeiramente ela precisa se dar ao respeito. Gostaríamos de saber se você ainda tem essa visão e também de perguntar se você se considera feminista.

AnittaEu não tenho essa visão. Eu nunca tive essa visão, na verdade. Eu estava falando de caráter, não necessariamente de mulheres ou de homens. Mas às vezes as pessoas entendem que você é alguém que gera buzz, repercussão, ou o que for, e às vezes as pessoas se aproveitam disso para criar uma situação ou para, enfim, levantar uma questão que nem é o que você estava querendo passar.

O que eu não gosto é de hipocrisia. Às vezes as pessoas falam uma coisa e levantam uma bandeira, mas, ao mesmo tempo nos bastidores não agem de acordo com aquilo que falam. Então, eu ajo de acordo com aquilo que eu falo. E eu sou feminista a partir do momento que o feminismo é você querer os direitos iguais – para mulheres, homens etc. Mas, o feminismo, quem entende dele sabe que existem várias vertentes, são vários tipos de feminismo e às vezes isso se confunde um pouco, por que existe uma parte que prega que a mulher é mais, ou que a mulher tem que ir por cima dos homens. Isso eu já não acho legal… o radicalismo, ou querer reverter.

Eu acho que se você não quer ser tratada da maneira X ou Y você não tem que fazer isso com o próximo – seja ele homem, mulher, travesti ou o que quiser ser. Eu, por exemplo, sofro muito mais preconceito de mulheres do que de homens, pela forma como eu danço, pelo meu tipo de música. Então, às vezes as pessoas querem levantar uma bandeira, mas na realidade dos fatos, elas são tão preconceituosas quanto.

MdeMulherE o que você teria a dizer para essas mulheres que tanto te julgam?

AnittaEu não tenho a dizer nada [risos]. Eu não perco meu tempo com isso não, sabe? Eu acho que a pessoa que julga as outras, na verdade ela não está feliz com ela mesma. Eu acho que não existe uma forma correta de você ser mulher, existe uma forma certa de você ser um ser humano – que é você respeitar o outro, ser uma pessoa honesta, ter caráter. Então, eu acho que a pessoa que perde o tempo dela julgando ou tentando ditar como é correto ser ou deixar de ser, essa pessoa está com algum problema de vida dela, então eu não perco meu tempo com isso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s