Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Daniel Boaventura: "Não gosto de mulher fraca"

O galã Daniel Boaventura fala de timidez e sobre a mulher ideal
Daniel Boaventura: "Não gosto de mulher fraca"
Melissa Diniz - Edição: MdeMulher

Tímido, ele não gosta de mulher fraca
Foto: Divulgação

Tímido, o ator Daniel Boaventura acha que não leva jeito para conquistas. "Nem quando eu era mais jovem conseguia chegar em ninguém. Não me vejo, na minha idade, xavecando", diz. Poucas mulheres se incomodariam em ouvir uma cantada embalada por sua voz suave, seus lábios torneados, seu olhar profundo... Ainda mais porque esse baiano de 41 anos não é só um corpinho bonito (aliás, corpaço de 1,79 metro e 101 quilos). Antes de ficar conhecido do grande público, Daniel já era considerado o mais importante cantor de musicais do Brasil. Os mais famosos foram em A Bela e a Fera, Chicago e My Fair Lady.

Como bom taurino, o ator se diz introspectivo. Não espere encontrá-lo na balada. Mesmo recém-separado da advogada Juliana Serbeto, com quem foi casado por 12 anos e teve duas filhas, ele continua caseiro. Modesto, desconversa quando o assunto é a fama de símbolo sexual. "Em pouco tempo vão esquecer." Nós não vamos!

A impressão que sua biografia passa é que você sempre esteve no lugar certo, na hora certa. Você se considera sortudo?
Acredito na sorte, mas confio mais no trabalho. Soube aproveitar as oportunidades, mas tudo aconteceu no momento que tinha que acontecer. Tem gente que estoura aos 20 anos. Olha o Justin Bieber fazendo sucesso aos... 17 anos? Ele, sim, estava no lugar certo, na hora certa. E com o cabelo certo risos.

O que mais o atrai em uma mulher?
Gosto da meiguice, da doçura e da inteligência. Também admiro as pequenas frescuras, como colocar as coisinhas organizadas, com florzinhas. Mas não acredito que o poder iniba a feminilidade. E não gosto de mulher fraca. Tem que ter personalidade.

Você já usou sua voz como arma de sedução?
Nunca percebi minha voz assim. Quando tinha 11 anos, as meninas de 17 pediam para eu cantar para elas. Mas era mais uma brincadeira. Sempre fui tímido. Nunca consegui xavecar uma mulher. Gosto mais de um bom papo e do olho no olho.

Você nasceu em Salvador e aos 8 anos foi morar nos Estados Unidos. Como foi essa experiência?
Foi incrível. Em 1978, meu pai foi fazer doutorado na Pensilvânia e levou a família. Eu, que só falava "the book is on the table", fiquei fluente. Conheci o cinema, com Guerra nas Estrelas, ouvi Queen e aprendi a tocar meu primeiro instrumento musical, o trombone. Voltar ao Brasil, aos 11 anos, é que foi difícil. Estava adaptado lá.

Como se tornou ator?
Usei a música para me readaptar ao Brasil. Do trombone, passei para o trompete. Depois fui para o sax, que toco até hoje. E aí comecei a participar de várias bandas que tocavam em festivais do colégio. Aos 20 anos, participei de um musical chamado Cinema Cantado, em Salvador. Foi aí que tudo começou. O diretor Fernando Guerreiro assistiu à montagem e me convidou para participar da peça Zás Trás. Mais tarde, ele me chamou para fazer Os Cafajestes, meu primeiro sucesso. Depois disso vim para São Paulo.


 

Mais

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Essa cantora fez a melhor resposta para a música "Malandramen...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    4 lançamentos de tênis incríveis para você variar com seu têni...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Pela 1ª vez, uma mulher estará na diretoria de comunicação do V...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Lady Di e Príncipe Charles x Kate Middleton e Príncipe William: o...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    O B.O.M.B desafia as apaixonadas por make a comprar de empresas cri...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM