38 fatos para conhecer melhor a incrível Viola Davis

Ela passou fome na infância, batalhou pelo sonho de ser atriz e é hoje uma das mulheres mais influentes de Hollywood. Inspiração pura!

Muitos consideram Viola Davis a mais inspiradora das atrizes contemporâneas e não é para menos. Depois de ter vencido a pobreza e a fome na infância, ela é hoje um fenômeno no cinema e na televisão.

Aos 51 anos, Viola é a única atriz negra com três indicações ao Oscar no currículo. Ao lado de Whoopi Goldberg, ela também uma das duas únicas a terem sido indicadas tanto na categoria de Melhor Atriz quanto de Melhor Atriz Coadjuvante. Além disso, até hoje nenhuma outra mulher negra recebeu um Emmy de Melhor Atriz – ela venceu em 2016, pela atuação em How to Get Away with Murder

Viola é uma dessas mulheres que merecem ter sua história contada e aí vão 38 fatos sobre a vida e a carreira dela que farão você virar fã de vez.

1. Viola Davis nasceu no dia 11 de agosto de 1965, na fazenda de sua avó, no interior da Carolina do Sul (EUA).

2. Quando tinha dois meses, a família mudou-se para Rhode Island e foi lá que ela cresceu.

3. Sua mãe trabalhava como empregada doméstica e como funcionária numa fábrica, seu pai era domador de cavalos.

4. Ela tem cinco irmãos e a família teve que enfrentar a pobreza no passado.

5. A atriz já declarou que, durante a infância, chegou a roubar comida e revirar latas de lixo para conseguir se alimentar.

6. Decidiu que seria atriz aos 8 anos. Ela conta que inventar roteiros e interpretá-los era uma maneira de distrair-se da realidade pobre em que vivia.

7. Sua grande inspiração na infância era a atriz Cicely Tyson. Depois, as duas viriam a atuar juntas em Histórias Cruzadas e em How to Get Away with Murder – elas são mãe e filha na série.

8. Com muito esforço, conseguiu formar-se em teatro pela Rhode Island College.

9. Mais tarde, ela também viria a estudar na prestigiadíssima Juilliard School, em Nova York.

10. Iniciou sua carreira no teatro e já fez diversas peças na Broadway.

11. Antes de chegar ao cinema e à TV, ela consolidou-se como atriz de teatro. Em 1996, recebeu sua primeira indicação ao Tony Awards (considerado o Oscar dos palcos), pela peça Seven Guitars.

12. No mesmo ano, atuou no cinema pela primeira vez. Ela fez um pequeno papel num filme pouco conhecido: The Substance of Fire.

13. A carreira nas telas demorou um pouco a deslanchar e seu primeiro papel fixo na TV foi na série médica City of Angels, em 2000.

City of Angels

Viola (ao centro) com o elenco de “City of Angels” (Divulgação)

14. Também em 2000, ela atuou em Traffic: Ninguém Sai Limpo, filme indicado ao Oscar. Esse foi o primeiro longa importante no qual ela trabalhou, porém sua personagem sequer tem nome.

15. Mesmo assim, seu talento chamou a atenção do diretor Steven Soderbergh e ela viria a trabalhar com ele em outros dois filmes: Solaris (2002) e Syriana – A Indústria do Petróleo (2005).

16. Enquanto isso, sua estrela continuava brilhando nos palcos. Em 2001,Viola ganhou o primeiro Tony da carreira, como Melhor Atriz Coadjuvante na peça King Hedley II.

17. Foi em 2002 que a atriz começou a chamar a atenção nas telonas. Ela atuou em papéis mais consideráveis, nos filmes Solaris (ao lado de George Clooney) e no aclamado Longe do Paraíso (com Julianne Moore).

18. Mas Viola continuou “patinando” em Hollywood por alguns anos, até a atuação em Dúvida (2008).

19. Através de Dúvida, ela foi indicada ao Oscar pela primeira vez (em 2009) como Melhor Atriz Coadjuvante.

20. O mais impressionante é que ela conseguiu a indicação mesmo aparecendo no filme durante míseros 8 minutos.

21. Mesmo brilhando no cinema, ela não abandonou os palcos. Em 2010, ganhou seu segundo Tony, dessa vez como Melhor Atriz, por Fences

22. Um ano depois, tornou-se mãe. Ela e o marido Julius Tennon (com quem é casada desde de 2003) adotaram a pequena Genesis

23. Também em 2011, ela estourou com o filme Histórias Cruzadas. O papel da empregada Aibileen Clark lhe rendeu a indicação ao Oscar de Melhor Atriz, em 2012.

24. A interpretação em Histórias Cruzadas também fez com que ela ganhasse o primeiro SAG Awards, e Viola emocionou a platéia (estreladíssima, claro) com seu discurso. Desde então, todos já sabem que, quando ela recebe algum prêmio, suas palavras sempre são de chorar.

25. Em 2012, ela conseguiu um feito raro: estar no elenco principal de dois longas que concorreram ao mesmo tempo ao Oscar de Melhor Filme: Histórias Cruzadas e Tão Longe, Tão Perto.

26. Mas essa não foi a maior façanha de Viola naquele ano! Ela tornou-se a segunda mulher negra indicada tanto ao Oscar de Melhor Atriz quanto de Melhor Atriz Coadjuvante. Antes dela, apenas Whoopi Goldberg havia chegado a esse patamar.

27. E mais: passou a ser uma das 10 mulheres negras com uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. São elas: Dorothy Dandridge, Diana Ross, Cicely Tyson, Diahann Carroll, Whoopi Goldberg, Angela Bassett, Halle Berry, Gabourey Sidibe e Quvenzhané Wallis.

28. Ainda naquele ano, ela resolveu ir à cerimônia do Oscar sem peruca, exibindo o cabelo crespo curtinho. E não é de se espantar que o assunto virou notícia instantaneamente. Viola dividiu opiniões sobre o look.

gettyimages-140017657

Linda como sempre, virou assunto por ir ao Oscar com o cabelo naturalmente crespo, em 2012 (Kevork Djansezian/Staff/Getty Images)

29. “Eu resolvi tirar minha peruca, pois queria passar a ser eu mesma. Eu adoro perucas e ainda vou usá-las de vez em quando. Mas o que eu sentia era que, cada vez que eu colocava uma peruca, eu estava pedindo desculpas por ser quem eu sou: uma mulher de pele escura e com o cabelo crespo”, declarou posteriormente. 

30. Não é para menos que, em 2012, a revista Time a elegeu como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.

31. Voltou a estourar em 2014, com o seriado How to Get Away with Murder. No papel da advogada Annalise Keating, ela viria a se tornar uma das mulheres mais poderosas da TV americana.

32. Em 2015, Viola ganhou o Emmy Awards (considerado o Oscar da TV). Com isso, tornou-se a primeira e única mulher negra a receber o prêmio na categoria de Melhor Atriz. 

33. Mesmo bombando na TV, ela continua atuando também no cinema. Em 2016, repetiu o papel que lhe rendeu o Tony de Melhor Atriz, na adaptação da peça Fences (no Brasil, o filme se chama Um Limite Entre Nós).

34. Com o papel de Rose, em Um Limite Entre Nós, ela faturou seu primeiro Globo de Ouro, como Melhor Atriz Coadjuvante.

35. Pelo filme, Viola também ganhou seu quarto SAG. Anteriormente, ela levou os prêmios de Melhor Atriz e Melhor Elenco com Histórias Cruzadas e já venceu outras duas vezes como Melhor Atriz de TV por How to Get Away with Murder.

36. Aí chegou também a terceira indicação ao Oscar, como Melhor Atriz Coadjuvante. Em 2017, ela tornou-se a primeira atriz negra nomeada três vezes ao prêmio.

Denzel Washington e Viola Davis

Com Denzel Washington, no drama “Um Limite Entre Nós” (Divulgação)

37. Este ano, Viola também ganhou uma estrela na Calçada da Fama.

38. No Oscar de 2017, a atriz fez jus ao favoritismo na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante e levou o prêmio para casa. Agora, ela tem no currículo os cinco prêmios mais importantes que um ator pode receber nos EUA: Oscar, Globo de Ouro, Emmy Awards, SAG Awards e Tony Awards.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Adorei a matéria, sou fã de Viola! Obs: A filha dela chama-se Genesis.

    Curtir