Heloisa Périssé conta como foi seu caminho para a comédia

Cheia de realizações pessoais e profissionais, atriz comemora boa fase e relembra sua trajetória para o sucesso

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 03/05/2012 em

Máxima

um conteúdo de

 

Três casamentos, duas filhas e 24 anos de carreira e muito bom humor. Heloisa Périssé é tudo isso e muito mais. A Monalisa de Avenida Brasil falou de sua história para a Revista Máxima. Confira trechos exclusivos da entrevista.

Você é mãe de Luiza, 12 anos, e Antônia, 5. As meninas herdaram características suas?
Sim. A Luiza tem bastante tônus, é independente, sabe o que quer. Já Antônia é falsamente frágil, sedutora, lânguida. Tenho duas faces que se alternam dentro de mim, e nelas essas características vieram divididas.

AMIZADE
Você vive rodeada de amigos ou pode contá-los nos dedos?
Amigos verdadeiros a gente conta nos dedos. Se, amanhã, você decidir comemorar o aniversário com apenas três pessoas, já sabe quem são. Mas também vivo rodeada de gente. Sou daquelas que cultiva as amizades: ligo sempre, quero saber como foi o dia... Com as redes sociais, ficou ainda mais simples. As distâncias encurtaram.

HUMOR
O que faz você perder o humor?
Falta de respeito. Detesto quando invadem o meu espaço e não posso me defender. Também não gosto de explicar a mesma coisa trezentas vezes, não tenho paciência, não!

Quando se sente desrespeitada, tira satisfação?
Não falo de cabeça quente. Mágoa e raiva são combustíveis para discussão. Analiso a situação, processo o que aconteceu e, com tudo digerido, marco uma data para conversar com a pessoa. É o que os adultos deveriam fazer sempre.

CARREIRA
Como foi o seu caminho para a comédia?
Sempre fui a engraçada da turma. Houve uma época em que a professora me proibiu de levantar a mão durante a aula para tirar dúvidas porque todo mundo já começava a rir. O bacana é que as pessoas têm muita gratidão com quem as faz rir. Você recebe uma simpatia gratuita...

AVENIDA BRASIL
A sua personagem na novela, apesar de irreverente, foge dos seus trabalhos anteriores. Como está sendo esse desafio?
Maravilhoso. Sou gulosa, quero fazer de tudo nesta vida. Hoje preciso estudar mais, analisar o comportamento de uma personagem que está sendo construída capítulo por capítulo. As séries são mais despreocupadas.

BEM-ESTAR
Como cuida da saúde?
Sou supercuidadosa, faço exames de sangue toda hora. Quando acho que estou um pouco abatida, ligo para o médico e já peço uma lista de exames. As minhas filhas também são assim. Adoram um laboratório e tiram sangue na maior tranquilidade.

BELEZA
Você é adepta da cirurgia plástica?
Sempre me perguntam se o meu nariz é operado. Não é! A Antônia tem o mesmo narizinho para provar que é genética. Nunca fiz, mas não significa que não vou fazer. Só não quero desfigurar o rosto. Se tem uma coisa que envelhece é a falta de brilho nos olhos.

RELIGIOSIDADE
O que costuma pedir em suas orações?
Se vejo uma árvore bonita, agradeço a Deus pela perfeição. Oro pela minha família, pelos meus amigos, até por aqueles que não têm fé. Não costumo pedir nada, só admiro e agradeço.

IDENTIDADE SECRETA
Um vício: roer as unhas
Um filme que a fez chorar: o japonês A Partida (Paris Filmes, 2008)
Música no Ipod: Barbie Girl, da banda Aqua
Talento não revelado: sou uma ótima cozinheira
Um sonho da infância: ser atleta