Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Juliana Paes: "Cenas quentes são mais difíceis de assistir do que fazer!"

Juliana Paes rebate críticas e fala sobre as quentes cenas de sexo que protagonizará com Humberto Martins, em Gabriela
Juliana Paes: "Cenas quentes são mais difíceis de assistir do que fazer!"
Reportagem: Heloiza Gomes - Edição: Mdemulher

Juliana Paes como a sensual Gabriela, estreia nas telinhas na próxima segunda-feira, 18
Foto: TV Globo/Divulgação

Interpretar a protagonista da adaptação do livro "Gabriela, Cravo e Canela", de Jorge Amado, não está sendo fácil para Juliana Paes. Antes mesmo de começar a gravar, a atriz, de 33 anos, foi bombardeada por críticas - estaria velha para o papel, diziam. Sonia Braga, que viveu a personagem na TV e no cinema, deu sua bênção. Paloma Amado, filha do escritor, também. "Estou de quatro por você. Vi as chamadas e fiquei emocionada. Linda, perfeita! Graças a Deus escolheram você, viu?", disse Paloma, na festa de lançamento da novela.

Daqui a alguns dias, quem julgará é o público, mas... Juliana não se abala: "Todo mundo tem o direito de achar o que quiser!" Ao mesmo tempo que garante que as críticas não a abalaram, Juliana admite que dá, sim, um friozinho na barriga encarnar personagem tão mítico. E tão sexual, diga-se, a bem da verdade.

Pois é, os fãs da morena podem festejar: Juliana aparece nua e em ângulos que ela mesma desconhecia, como revela na entrevista. O marido, o ciumento empresário Carlos Eduardo Baptista, deve ficar bem longe do aparelho da TV.

Como é viver um papel tão marcante quanto Gabriela?
Ah, é gostoso! É bom saber que se tem um grande personagem nas mãos. Dá aquele friozinho na barriga, sim, sensação de responsa, mas é bom.

Você falou em responsabilidade...
É muita. Mas você sabe que, no determinado momento que senti esse peso, resolvi trabalhar como sempre trabalho, cena a cena. Acho que quando se vê a coisa por um prisma muito grande... Isso a deixa um pouco ansiosa demais e aí...

Pegou alguma dica com Sonia Braga, que interpretou a personagem na versão de 1975?
Olha, não vou mentir... A minha conversa com Sonia foi o que já contei. Foi uma conversa breve. Recebi flores dela, um cartão carinhoso. Ela me parabenizava e dizia que não poderia ter escolha melhor. Enfim, não gosto de ficar jogando confete em mim mesma (risos). Mas ela foi muito carinhosa, de uma generosidade... Já estava prestes a procurá-la, porque é óbvio que queria falar com ela. Mas ela me achou antes, no meio daquela loucura em que tinha acabado de ser divulgada a notícia de que eu ia fazer.

O que mais a encantou nesse trabalho?
Hum... Acho que é a perspectiva de mudança. Ilhéus, naquela época, vivia uma fase de expectativa de uma vida melhor. Então, essa áurea de positividade traz para a nossa novela uma energia muito boa. A chegada de Mundinho Falcão (Mateus Solano) renova a expectativa de todos e a de Gabriela bagunça o coreto de todos os personagens.

Você acompanhou as críticas por sua escolha?
Acompanho tudo. Sou uma pessoa altamente ligada; não faço a linha boazinha, não. Leio o que escrevem no Twitter, às vezes, não tenho tempo para responder, mas vejo cada Twitter com o meu nome. E numa boa: todo mundo tem o direito de achar o que quiser. Só quero fazer o meu benfeito e espero surpreender até quem pensava que eu não seria perfeita para o papel.

Juliana Paes: "Cenas quentes são mais difíceis de assistir do que fazer!"

Juliana Paes com o marido Carlos Eduardo Baptista e o filho Pedro
Foto: Divulgação

E como tem sido fazer as cenas quentes?
Sinceramente? As cenas calientes são mais difíceis de assistir do que de fazer, com certeza. Ver na telinha, sim, é uma tortura, porque você fica pensando: "Ai, meu Deus, vai aparecer alguma coisa errada?!" São ângulos em que você não se vê, né? Você se olha no espelho em pé e não numa transa, numa relação.... E, nessas horas, depara com ângulos seus com os quais não está acostumada. Mas fazer não é problemático, não. O ator tem de saber se entregar, precisa usar o corpo como instrumento. E quando é pertinente, quando é algo que realmente esteja contando uma história... E não tem como falar de Gabriela sem cenas sensuais. Então, está tudo certo.

Seu marido não é ciumento?
É óbvio que é. Mas olha... já falei tudo o que tinha para falar do meu maridão. Deixa ele quieto, na dele, ele não trabalha com isso, não é ator.

Mudando de assunto... Como está sendo conciliar a maternidade com um trabalho tão intenso?
Olha, isso está sendo bem difícil. Tem uns dois ou três dias que só vejo o Pedro (de 1 anos e 6 meses) dormindo (risos). Estou com o coração na mão, mas sabia que isso aconteceria. Descanso na ideia de que ele sabe que eu sou a mãe dele, que não vai se esquecer de mim (risos).

Quer ter mais filhos?
Quero, óbvio. Até porque, tive irmãs e fui muito feliz com isso. E quero que Pedro tenha essa experiência também. É muito bom para a criança!

E já tem previsão?
Pode ser logo depois de Gabriela, pode ser que eu emende em outra coisa. Acho que sou uma pessoa feliz porque não faço planos demais nem crio expectativas. Vou vivendo um dia depois do outro.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Por que o discurso de Michelle Obama é incrível: 6 motivos explic...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    10 provas de que Gilmore Girls foi uma série à frente de seu temp...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    A casa da apresentadora Isabella Fiorentino é quase uma escultura ...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Pré-natal completo: os exames que as gestantes precisam fazer ao l...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM