Taís Araújo: “Agora só escuto tecnobrega”

A atriz fala de seu papel em "Cheias de Charme" e sobre o filho João Vicente

Taís Araujo, a Pena de “Cheias de Charme”
Foto: TV Globo/Divulgação

Só mesmo a doméstica Maria da Penha, de Cheias de Charme para tirar Taís Araújo de perto de João Vicente, seu filho com Lázaro Ramos, que está com 10 meses. Mas, apesar de estar sofrendo por só ter contato com o bebê nas horas da mamada da manhã e da noite, já que fica o dia inteiro trabalhando, a estrela é toda entusiasmo ao falar da atual personagem. “Ela representa a mulher brasileira que corre atrás, batalha muito e não desiste nunca”, acredita.

A Penha agradou em cheio por representar muito bem a mulher da nova classe média brasileira. Concorda?
Sim. A novela trata basicamente da nossa batalha. Por incrível que pareça, a Penha tem uma história de vida muito parecida com a da patroa dela, a Lygia (Malu Galli). Ambas são guerreiras, mas embora tenham condições financeiras diferentes, enfrentam os mesmos desafios. Sofrem por ficarem ausentes de casa, já que trabalham e por não terem como cuidar muito dos filhos e do marido. A vida só dá pancada nelas, que têm que correr atrás, administrar muitas coisas, mas mesmo assim não desistem. Penha, por exemplo, é uma mulher que resolve.

E esse marido encostado, Taís?
Menina, ele não gosta de trabalhar. Tem um problema na coluna e não fica bom nunca (risos). E o Marquinhos Palmeira está divino no papel. O Sandro só enrola. Sempre que a Penha pede uma coisa, ele faz outra. Mas ela gosta dele e realmente é difícil se livrar daquele cara. E assim Penha vai levando esse casamento porque ele é um paizão, cuida dos filho, da casa.

Esse é o seu primeiro trabalho após a licença-maternidade. Como foi com o João Vicente?
Deixar meu filho foi péssimo, horrível, a pior coisa do mundo! Eu e a Cacau (Cláudia Abreu), que também está com filho pequeno, ficamos sofrendo e nos consolando nos estúdios. Às vezes eu levo o João Vicente, mas não acho bom ele ficar trancado no ar condicionado.

 

Taís Araújo: "Agora só escuto tecnobrega"

Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle Drummond em cena de “Cheias de Charme”
Foto: TV Globo/Divulgação


Ele gosta de acompanhá-la?
Quase não fica comigo. No camarim ele passa de colo em colo. Faz a maior zona (risos).

Você recuperou a boa forma muito rápido depois da gravidez. Qual o segredo?
Que nada… A Penha é uma mulher que trabalha, cuida do filho dela, da casa, não tem tempo de fazer nada. Estou igualzinha a ela. E não achei bom ficar muito magra porque pensei que a Penha tinha que ter sustância (risos). Cheguei a me matricular na academia, mas só consegui ir um dia. Ainda pretendo voltar porque depois da gravidez o corpo da mulher muda muito.

E Taís, o que a Penha já mudou em você?
Agora só escuto tecnobrega, música bem popular. É uma grande alegria que impera nas rádios mais pops. Comento comigo mesma: Jesus, que alegria é essa? (Risos). Lázaro até me deu um montão de CDs e DVDs de tecnobrega e pagode antigo. Passei a amar!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s