Amor à Vida: Márcia revela a Félix que ele teve um irmão que morreu

Conforme TITITI antecipou na edição anterior, Félix conseguirá abrigo na casa de Márcia , que continua o chamando carinhosamente de "meu menino".

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 14/11/2013 em

TITITI

um conteúdo de

Amor à Vida: Márcia revela a Félix que ele teve um irmão que morreu

 

O bebê volta para os braços da Mamma
Foto: TV Globo/Divulgação

 
Assim que Félix (Mateus Solano) chega, a "rainha do hot dog" lhe oferece um banho e comida: ovos com salsicha, claro! As cenas escritas por Walcyr Carrasco são muito divertidas e emocionantes. Sobretudo aquelas quando Félix pressiona a ex-chacrete a lhe contar de onde ela o conhece.
 
É aí que Tetê ( Elizabeth Savalla), finalmente, revela: "quando você era bebê fui sua ama de leite e babá do seu irmão mais velho, Cristiano". Chocado, Félix quer saber onde foi parar o garoto.
 
Márcia explica: logo que o programa do Chacrinha acabou, ela ficou grávida, mas perdeu o menino no parto e estava cheia de leite. E uma ex-chacrete amiga dela, que estava bem de vida e casada com um ricaço, a indicou para trabalhar com Pilar (Susana Vieira). A loira já tinha um filho de 3 anos, Cristiano, e havia sofrido muito no parto do segundo bebê. Sem leite para oferecer à criança, Pilar contratou Márcia para ser ama e babá.
 
"Eu dava a você, Félix, todo o amor que tinha guardado para o meu filhinho. Por isso o chamava de meu menino. Até que aconteceu a tragédia!", relata Tetê chorando.
 
Ela revela que, um dia, estava brincando com Cristiano próximo à piscina e Félix dormia no carrinho. De repente, o caçula chorou e ela correu para acudir. "Foi um minutinho, só para colocar a chupeta na sua boca", diz. "E quando me virei o Cristiano estava boiando na piscina." 
 
Márcia conta ainda que tentou reanimar o garoto, mas ele não resistiu. Pilar nunca a perdoou e a colocou na cadeia por negligência. Abalada, a médica caiu numa depressão profunda e só se recuperou após muitos anos.
 
Félix fica tocado diante de tudo aquilo e pede um abraço a Márcia, afirmando que, apesar de ainda ser um bebê, sentiu, sim, falta do amor dela.