Tudo sobre Sete Vidas, a nova novela das 18h da Globo

Na trama, sete meio-irmãos se unem para descobrir a identidade do pai, um doador de sêmen que se isola de todos

Emoção e aventura marcam Sete Vidas, que substituirá Boogie Oogie a partir de março de 2015.
As primeiras cenas já foram rodadas em El Calafate, província de Santa Cruz, na Patagônia argentina, uma região selvagem. Foi lá, em meio a belas paisagens com florestas, geleiras e lagos, que Domingos Montagner, Débora Bloch, Isabelle Drummond, Leonardo Medeiros e Michel Noher gravaram durante um mês.

Escrita por Lícia Manzo, de A Vida da Gente (2008), e dirigida por Jayme Monjardim, a trama narra a história de Miguel (Domingos Montagner), um oceanógrafo que doou sêmen no passado. Ele esconde um segredo e se isola de tudo e de todos a fim de se manter livre de laços afetivos.

João Miguel Júnior/TV Globo

João Miguel Júnior/TV Globo

Sua jornada solitária o leva até a Patagônia, onde ele conhece Lígia (Débora Bloch), por quem se apaixona. Por não conseguir resistir a esse sentimento, ele parte para a Antártida num barco, a fim de esquecer o relacionamento. Só que ele acaba sofrendo um grave acidente no mar gelado, desaparece e é dado como morto. Ao mesmo tempo em que se desespera pela perda de seu amado, Lígia fica sabendo que esta grávida.

Enquanto isso, Júlia (Isabelle Drummond), gerada por inseminação artificial, descobre o número de registro do doador anônimo, no caso Miguel, e começa a buscar informações para encontrar o pai. Em meio às pesquisas, ela é informada de que possui um meio-irmão, Pedro (Jayme Matarazzo).

João Miguel Júnior/TV Globo

João Miguel Júnior/TV Globo

A vida dos filhos de Miguel se cruzam e Júlia, Pedro e Joaquim (filho recém-nascido de Lígia) passam a fazer parte da existência um do outro. Juntos, os dois jovens encontram mais quatro irmãos: Bernardo (Guilherme Lobo), os gêmeos Laila (Maria Eduarda) e Luiz (Thiago Rodrigues), além do argentino Felipe (Michel Noher), portador de uma doença autoimune.

Os sete irmãos vão colocar suas diferenças culturais e sociais de lado e compor uma nova família. O laço criado por eles será tão intenso e verdadeiro, que trará Miguel de volta de forma inusitada. Vai dar muito o que falar!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s