MDEMULHER TV

manequim
Manequim

SIGA NAS REDES

  • Gola simples

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-01.jpg

    É básica e tem a montagem mais fácil entre as outras três. o decote, nesse caso, fica completamente embutido na gola. A versão simples é usada em blusas, vestidos e casaquetos.


    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola simples
  • Gola simples

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-02.jpg

    1. Entretele uma das partes da gola e junte as duas partes, direito sobre direito, fazendo coincidir as bordas laterais e superior. Prenda com alfinetes e depois alinhave.

    2. Costure as bordas laterais e superior pelo lado da face entretelada. Faça piques nos cantos e nas curvas.

    3. Revire a gola para o direito, bata a ferro e junte as bordas costuradas com alinhavos pequenos. curve a gola sobre a mão e una as duas partes com alinhavos. Faça esses alinhavos a 3 cm do decote, sempre com a gola curvada na mão. Apare as bordas (seta).

    4. Alinhave a parte não entretelada no decote, direito sobre direito. costure. Faça piques nas folgas da costura. embainhe a gola sobre o avesso da costura de montagem e prenda com pontos a mão ou com pespontos. Pesponte rente às bordas laterais e superior.

    Aprenda mais: se o modelo tiver forro, a folga de costura da parte interna da gola não será embainhada sobre o decote, mas presa no forro.
    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola simples
  • Gola esporte

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-03.jpg

    Quando dobrada é formada por duas partes: a de baixo, chamada de lapela, e a de cima, que se trata da gola propriamente dita. Aberta, a gola esporte forma um decote V que alonga o tronco.
    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola esporte
  • Gola esporte

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-04.jpg

    1. Prepare a gola de acordo com as explicações da Gola simples. costure a borda da parte não entretelada da gola no decote, direito sobre direito.

    2. Dobre a gola sobre o direito da peça e o direito do acabamento do transpasse sobre a gola. costure pelo avesso do acabamento, a partir da ponta do transpasse até o final dele. Faça piques nos cantos (veja seta) e no trecho curvo.

    3. Revire o acabamento para o avesso. em seguida, bata a ferro. Alinhave a borda do transpasse e a borda de montagem do acabamento no decote. Caso o acabamento chegue até o ombro, embainhe a borda superior sobre a folga de costura do ombro e costure, somente na folga (veja a seta). Faça um pique na folga de costura da parte externa da gola (seta 1).


    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola esporte
  • Gola esporte

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-05.jpg

    4. embainhe a gola sobre o avesso do decote e prenda com pespontos ou com pontos a mão rentes ao decote, prendendo-a internamente.

    5. pesponte rente à borda do transpasse e rente às bordas laterais e superior da gola.

    Dicas:

    · Tanto as entretelas termocolantes quanto as de algodão devem ser cortadas seguindo o fio da peça e montadas no avesso. O segundo tipo precisa de uma folga de 5 mm.

    · O fechamento mais comum da gola com pé de colarinho consiste em uma casa embutida. Ela deve ser confeccionada no pé somente depois que ele tiver sido aplicado à camisa.

    · O corte totalmente reto deixa a gola em pé. Quanto mais curvo o molde, mais ela ficará assentada sobre os ombros.


    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola esporte
  • Gola com pé de colarinho

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-06.jpg

    Ela exige um reforço (pé) na hora da montagem no decote. O colarinho, com ou sem botões, deve ser levemente folgado. A gola com pé de colarinho é o tipo mais indicado para camisas.


    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola com pé de colarinho
  • Gola com pé de colarinho

    /imagem/moda/galeria/golas-tipos-customizacao-07.jpg

    1. Prepare a gola de acordo com as explicações da gola simples.

    2. Junte as peças do pé de colarinho, direito sobre direito, montando entre elas e a gola, de acordo com o número de montagem. Tenha o cuidado de juntar a peça entretelada do pé de colarinho com a peça entretelada da gola. Costure pelas bordas laterais e superior.

    3. Revire e bata a ferro. pesponte rente às bordas costuradas do pé de colarinho. monte o pé de colarinho no decote, direito sobre direito. inicie a montagem prendendo primeiro a peça não entretelada do pé de colarinho no decote. A peça entretelada deverá ser embainhada sobre a montagem e presa com pespontos rentes.


    Foto: Nino Andrés, Carlos Bessa e Bernardo Sardi | Realização: Roberto Marques | Consultoria: Neuza Vaz Pereira

    Gola com pé de colarinho

Como fazer golas: aprenda as 3 técnicas mais utilizadas em blusas, camisas e vestidos

Confira o passo a passo de golas que você pode aplicar nas suas confecções

Atualizado em

Comente

Rede MdeMulher
Publicidade