Renove o guarda-roupa com peças garimpadas em liquidações!

Vasculhamos magazines e hipermercados e enontramos peças bacanas a partir de R$ 3,90!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 12/01/2009 em

Viva! Mais

um conteúdo de

Renove o guarda-roupa com peças garimpadas em liquidações!
Mônica Tagliapetra

Com paciência, você acha roupas lindas
a preços bem baixos!
Foto: Adri Felden

Não há época mais feliz para quem adora comprar roupa nova – e que mulher não adora uma roupa nova, né? – do que o começo do ano. Afinal, mal acabam as festas de final de ano e lá estão as lojas em liquidação total, chegando a dar descontos de até 70%! Este é o momento, portanto, para aproveitar o que sobrou do 13o salário e levar para casa aquela blusinha linda, aquela calça jeans com ótima modelagem e muito mais.

Para ajudá-la nessa tarefa deliciosa, Viva! visitou quatro grandes magazines e hipermercados, com unidades em todo o Brasil. Aqui, mostramos como é possível montar looks lindos gastando bem pouco. Só para se ter uma ideia, achamos uma blusinha incrível por R$ 3,90 e um vestido de babar por R$ 19,90. Isso sem falar nas dicas que levantamos para você se dar bem nas promoções, além do
serviço completo das lojas. Está aberta a temporada de descontos!

Confira os achados que garimpamos em meio as liquidação 

Os sete mandamentos da expert em promoções

1. Faça uma lista: lembre daquelas sofridas manhãs nas quais você não cansa de repetir que não tem o que vestir e liste o que precisa (ex: calça para trabalhar, malha de lã, duas blusinhas...)

2. Vá com uma amiga: mas com uma de verdade, daquelas que, com certeza, falarão que a minissaia rosa deixou você 10 kg mais gorda. Há coisas que a gente não vê no próprio espelho.

3. Garimpe: os melhores achados demandam paciência. Perca tempo naquela arara que só parece ter coisas ruins. Abaixo a preguiça!

4. Esconda: gostou de um vestido branco tomara-que-caia, mas o preço ainda pode atrapalhar seu orçamento? Ganhe tempo para pensar escondendo a peça: com cara de desentendida,leve-a para o outro lado da loja e coloque-a numa arara qualquer.

5. Seja realista: se continuar na dúvida, melhor não arriscar. E nem pense em acreditar em milagres: seu braço não vai alongar de repente nem seus seios diminuirão durante a noite.

6. Não viaje: para não se arrepender depois das compras, mantenha os pés no chão. Se você só vai do trabalho para casa e nos fins de semana não costuma passar do programa cineminha, aquele vestido longo de tafetá será inútil, certo?

7. Não venda sua alma: os preços baixos e a facilidade de pagar em prestações podem dar a impressão de que você pode levar aquela montanha de roupas. Mas não deixe isso afetar seu pensamento racional: você quer/pode mesmo se endividar?