Como fazer conservas, geleias e compotas

Ferver legumes no vinagre temperado ou frutas numa calda de açúcar é a melhor maneira de conservá-los por um longo tempo e degustá-los mesmo fora da estação

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 16/09/2010 em

Delícias da Calu

um conteúdo de

Como fazer conservas, geleias e compotas

Na hora de comprar a geleia, verifique se a cor não está alterada e a tampa estufada. Esses são alguns sinais de geleia estragada
Foto: Getty Images

Para saber o ponto certo da geleia: quando a mistura estiver engrossando, ponha um pouco em um prato e deixe esfriar. Incline o prato e, se a mistura não escorrer, estará pronta. Veja como preparar receitas com geleia

Quando a geleia ou a compota: ficar muito líquida, leve a mistura de volta ao fogo e adicione uma colher (chá) de gelatina branca, sem sabor, dissolvida em água quente. Se, ao contrário, a mistura açucarar, leve ao fogo novamente com um pouco de suco de limão e mexa até que volte ao normal.

Prefira panelas de cobre (o inox escurece o doce), mas lembre-se de passar limão e sal antes de lavá-las para tirar o azinhavre que se forma com o decorrer do tempo.

Ao passar o doce para o vidro, deixe apenas 1 cm livre para não haver proliferação de bactérias. Limpe a borda e feche. É o suficiente para seu doce durar 15 dias na geladeira, sem perder a cor e o sabor. Esterilize colheres, vidros e tampas fervendo-os em água com pedaços de limão por dez minutos. Outra opção é deixá-los de boca para baixo sobre a grade do forno e ligá-lo em temperatura baixa por dez minutos. Deixe que esfriem no próprio forno sobre um tecido grosso - para evitar que estourem.

Se quiser armazenar os doces, por até um ano fora da geladeira, esterilize novamente os vidros depois de fechados. Envolva-os em panos (assim não haverá risco de baterem uns nos outros), cubra-os com água e ferva-os por 45 minutos.

Reaproveite apenas uma vez as embalagens de geleia industrializada, pois a tampa que acompanha o vidro possui uma cola que sai com a fervura.

Conservas, geleias e compotas estragadas dão os seguintes sinais: vidro com tampa estufada, vazamentos, mudança de cor, formação de espuma, alteração na consistência, mofo, cheiro ruim e o líquido espirra ao se abrir o vidro.