9 hábitos que acabam com a prisão de ventre
Reportagem: Daniella De Caprio - Edição: MdeMulher

Para ir constantemente ao banheiro é preciso comer alimentos com fibras
Foto: Dreamstime

A prisão de ventre atinge uma em cada 10 pessoas no mundo. E o pior: esse incômodo é bem mais comum em mulheres! O sofrimento com o intestino preso acontece quando faltam alimentos ricos em fibras e líquidos no corpo. Assim, o intestino fica com dificuldade para trabalhar.

Vários outros fatores podem provocar esse mal. A falta de exercícios físicos regulares é um deles. A idade avançada, a obesidade e a gravidez são outros fatores que podem deixar o intestino preguiçoso. Segundo Flávio Antonio Quilici, gastroenterologista da Faculdade de Medicina da PUC Campinas, o ideal é jamais segurar a vontade de ir ao banheiro. Veja abaixo o que mais é possível fazer.

Seu intestino anda preguiçoso demais quando...

· Você tem uma sensação de estufamento na barriga.

· Sofre de sangramento anal.

· Sai do banheiro com a impressão de que não evacuou tudo.

· Sente dores de estômago.

· Vai ao banheiro muito menos do que gostaria (às vezes, pode até passar uma semana sem conseguir eliminar as fezes).

9 hábitos que eliminam esse mal

1. Mantenha uma alimentação rica em fibras

2. Coma devagar.

3. Mastigue bem (e sem pressa) todos os alimentos.

4. Não se esqueça nunca de fazer as três refeições principais do dia.

5. Evite ingerir muitas massas com farinhas, batata ou chocolate.

6. Beba dois litros de líquidos por dia (pode ser água ou sucos naturais).

7. Sempre que tiver vontade de ir ao banheiro, vá. Não segure!

8. Esqueça os laxantes. Só use-os com recomendação médica (e não abuse).

9. Faça exercícios regulares, no mínimo três vezes por semana. Vale caminhada, natação, bicicleta...

Coma fibras agora mesmo

As fibras têm um papel importante no combate ao intestino preso. O ideal é ingerir de 25 a 40 g desse alimento por dia. Confira o que você pode e deve comer.

Vegetais: Feijão, fava, soja, lentilha, ervilha, grão-de-bico.

Cereais integrais: Pão, arroz, massa, aveia.

Oleaginosas: Noz, avelã, amêndoa.

Sementes: Gergelim.