Descubra qual é o grão ideal para você

Linhaça, quinoa, chia... Além de turbinar a dieta, esses grãos previnem doenças e ajudam a reduzir medidas. Escolha o seu!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 17/04/2012 em

AnaMaria

um conteúdo de

Descubra qual é o grão ideal para você
Reportagem: Daniella De Caprio - Edição: MdeMulher

Uma dieta com grãos integrais auxilia na perda de peso a longo prazo
Foto: Getty Images

Com tantos alimentos que beneficiam a saúde fica difícil saber qual escolher. Grãos como linhaça, quinoa e amaranto devem fazer parte da dieta de quem quer ter uma alimentação saudável, perder peso e reduzir medidas. Mas em quais casos eles são indicados ou devem ser evitados? Para esclarecer essas dúvidas, entrevistamos os nutricionistas funcionais Fábio Bichalo e Andrezza Botelho. Veja o que dizem e escolha o grão ideal pra você!

Chia proporciona benefícios à saúde e ajuda a emagrecer

Quinoa: conheça benefícios do grão para a saúde da mulher

1. Linhaça

· Indicada para: Todas as pessoas.

· Consumo diário: De 1 colher (sobremesa) a 1 colher (sopa).

· Contraindicação: Grávidas, mulheres amamentando e pessoas com intolerância ou alergia à linhaça.

· Benefícios à saúde: Regula o intestino, diminui a ansiedade e a inflamação em células de gordura.

· Benefícios estéticos: Por ser rica em ômega-3, ajuda a reduzir a celulite.

· Perigos: Em excesso, pode engordar.

· Pode ser encontrada como: Grãos, óleo e farinha.

2. Feijão-branco

· Indicado para: Quem quer emagrecer e regular o intestino.

· Consumo diário: 1 colher (chá).

· Contraindicação: Quem possui algum distúrbio gástrico.

· Benefícios à saúde: Dá sensação de estômago cheio e regula o intestino.

· Benefícios estéticos: Ajuda a melhorar o aspecto da pele.

· Perigos: Consumido em excesso pode causar diarreia.

· Pode ser encontrado como: Grãos e farinha.

3. Quinoa

· Indicada para: Todas as pessoas.

· Consumo diário: 2 colheres (sopa).

· Contraindicação: Pessoas alérgicas ou com intolerância ao alimento.

· Benefícios à saúde: Regula a glicemia, dá sensação de estômago cheio, diminui os sintomas da TPM e as crises de enxaqueca.

· Benefícios estéticos: Recupera a elasticidade da pele.

· Perigos: Em excesso, pode engordar.

· Pode ser encontrada como: Grãos, flocos e farinha.

4. Amaranto

· Indicado para: Quem não consome proteína. Boa opção para quem tem intolerância ao glúten (celíacos).

· Consumo diário: 1 colher (sopa).

· Contraindicação: Não tem.

· Benefícios à saúde: Reduz o nível de colesterol no sangue. Rico em cálcio, fortalece os ossos.

· Benefícios estéticos: Combate o envelhecimento precoce da pele.

· Perigos: Não tem.

· Pode ser encontrado como: Óleo, flocos e semente.

5. Chia

· Indicada para: Todas as pessoas.

· Consumo diário: 2 colheres (sopa).

· Contraindicação: Não tem. Mas, por ser um alimento novo, observe se há alterações na digestão.

· Benefícios à saúde: Combate diabetes e hipertensão. Dá sensação de saciedade.

· Benefícios estéticos: Combate o envelhecimento precoce da pele.

· Perigos: Pode provocar gases.

· Pode ser encontrada como: Grãos, óleo e farinha.

7 bons motivos para consumir esses grãos integrais 

1. São fontes de fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes.

2. Uma dieta com grãos integrais auxilia na perda de peso a longo prazo. Por possuírem muitas fibras e baixo índice glicêmico, eles mantêm o nível de insulina baixo. Assim, menos gordura é armazenada e você sentirá menos fome entre as refeições.

3. Devido à quantidade de fibras e antioxidantes, eles diminuem o risco de câncer no pâncreas, estômago, cólon, mama, útero e ovários.

4. Reduzem o risco de desenvolver doença cardíaca. Se consumidos diariamente, diminuem a pressão arterial, baixam o colesterol "ruim" e aumentam o colesterol "bom".

5. Grãos sem glúten são ótimos para quem tem intolerância a essa substância. Lembre-se, porém, de que eles devem ser integrais.

6. As fibras dos grãos são ótimas contra problemas intestinais. O consumo regular deles alivia o desconforto causado pela constipação e pelas hemorroidas.

7. Se consumidos regularmente, ajudam a evitar o desenvolvimento de diabetes tipo 2.

FONTE: A dieta milagrosa dos grãos, Dra Lisa Hark e Dr Darwin Deen (ed. Publifolha)