Endometriose: entenda melhor esse problema

Descubra o que é endometriose e conheça todos os seus sintomas e principais tratamentos

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 07/02/2011 em

AnaMaria

um conteúdo de

Cólicas fortes que pioram a cada mês, aumento do fluxo menstrual, dores abdominais e dor durante a relação sexual são alguns dos sintomas associados à endometriose, uma doença caracterizada pela presença de tecido endometrial, que reveste o útero internam
Foto: Getty Images

Endomretiose provoca fortes cólicas menstruais
Foto: Getty Images

O nome endometriose vem do endométrio, o tecido que reveste internamente o útero, onde ficam os óvulos fecundados. Quando não há fecundação, esse tecido é eliminado pela menstruação.

Endometriose é a existência de endométrio em outras partes do corpo - como ovários, tubas (ou trompas), parte externa e parede do útero, bexiga, peritônio (revestimento interno do abdômen), diafragma, intestino delgado e reto. E podem surgir vários focos. A cada menstruação haverá sangramento onde existir endométrio.

A dificuldade de engravidar, as cólicas menstruais absurdas, as dores terríveis na região pélvica durante o sexo, além da ardência ao urinar são alguns dos sintomas da doença.

"Muitas mulheres nem sabem que têm a doença. Os sintomas podem surgir isoladamente, associados ou nem existir", alerta o ginecologista Luiz Carlos dos Santos.

Onde é comum surgir o endométrio

Endometriose: entenda melhor esse problema

Infográfico: Gustavo Arrais / Eder Redder / Gabriela Cupani

- Atrás do útero (no chamado fundo do Saco de Douglas)
- No tecido entre a vagina e o reto (chamado septo retovaginal)
- Trompas
- Ovários
- Intestino delgado
- Bexiga
- Peritônio
- Parede da pélvis (região da bacia

Os dois tipos de endometriose

Superficial
Quando o foco da doença penetra menos do que 5 milímetros no tecido afetado.

Profunda
Quando a penetração é maior do que 5 milímetros.

Sintomas mais frequentes

· Dor pélvica
Normalmente vem como uma cólica menstrual, surgindo meses ou anos depois da primeira menstruação.

· Dor durante o sexo
Principalmente quando há penetrações mais profundas.

· Dor na hora da evacuação
Às vezes, há sangramento anal durante o período menstrual.

· Ardência ao urinar
Pode vir acompanhada de sangramento no período menstrual.

· Dificuldade para engravidar

· Sangramentos
Fora da época da menstruação e fluxo maior do que o normal.

Atenção! Os sintomas nem sempre correspondem ao estágio da doença. Muitas mulheres têm quadro avançado de endometriose, com muitos focos, e quase nenhum sintoma. É sempre importante consultar o seu ginecologista.

Consulte o ginecologista

· Na consulta, relate ao médico tudo o que sente (cólicas fortes, dificuldade para engravidar etc.)

· O médico deve fazer o exame ginecológico (apalpar a região uterina e vaginal).

· Pode pedir exame de ultrassonografia.

· Pode indicar uma cirurgia, geralmente feita por laparoscopia (o endoscópio é introduzido na região do umbigo), em que é retirado material para realização de biópsia.

A doença tem tratamento

Como cada organismo é diferente do outro, os tratamentos também variam. Com o tratamento, o médico procura aliviar as dores ao máximo e tenta fazer com que ela desapareça; recuperar a fertilidade das mulheres que desejam engravidar; e evitar a evolução da doença, com medicação, cirurgia ou a combinação de ambas.

Dicas se saúde

· Caminhar a passos rápidos, correr, nadar ou pedalar, três vezes por semana, durante cerca de 30 minutos, ajuda quem tem a doença.

· Como a mulher que tem endometriose pode ficar emocionalmente abalada - há casos de tristeza, irritabilidade e até depressão -, procurar ajuda de um psicólogo pode ser uma boa opção.

Da vida real para a ficção

Endometriose: entenda melhor esse problema

A personagem de Camila Pitanga em "Insensato Coração" sofre de endometriose
Foto: Renato Rocha Miranda / Divulgação Rede Globo

Carol, personagem vivida por Camila Pitanga , em "Insensato Coração", sofrer de endometriose e costuma apresentar todos esses sintomas. "Eu sabia muito pouco sobre endometriose, mas, por coincidência, a minha professora de voz, Ângela Herz, teve a doença e me contou. Ela conseguiu engravidar e ficar curada", comenta Camila, que, na trama, engravida de André (Lázaro Ramos).