Lúpus: sintomas e tratamento
Demetrius Paparounis

Sentir-se extremamente fraca, cansada 
ou dolorida durante vários dias é um dos 
sintomas de lúpus
Foto: Getty Images

Cerca de 50 mil brasileiros convivem com um mal que atinge vários órgãos do corpo: o lúpus eritematoso sistêmico. Esse número, num país de 180 milhões de habitantes, mostra que se trata de uma moléstia rara. Infelizmente, porém, ela é gravíssima e causa muito sofrimento às suas vítimas.

O lúpus faz parte do grupo das chamadas doenças auto-imunes, como a artrite reumatóide, o diabetes juvenil e a síndrome de Hashimoto, que destrói a tireóide. São males que têm origem numa confusão do sistema imunológico, que passa a atacar partes do próprio organismo como se fossem inimigos. O lúpus afeta várias regiões do corpo, podendo provocar 16 diferentes sintomas (lista ao lado).

A doença é incurável. A boa notícia é que, ao contrário do que acontecia até algumas décadas atrás, quando o diagnóstico desse mal significava uma sentença de morte, hoje a medicina conta com vários medicamentos para prevenir e combater os sintomas do lúpus. “O tratamento permite o controle da atividade da doença e uma boa qualidade de vida aos pacientes”, afirma a médica Emilia Sato, da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

Para o futuro, há a esperança de que os estudos com células-tronco ou outras pesquisas científicas tragam a cura ou diminuam ainda mais o sofrimento dos pacientes.


Leitora que convive com a doença há vários anos dá sua receita para lidar com ela 

''O lúpus surgiu na minha adolescência e já tive muitas crises. Quando as coisas estão bem, vem a doença e me 'puxa o tapete'. Sim, tenho limitações. Mas a vida nos oferece várias opções. Não consigo correr uma maratona. Mas sou uma cozinheira de mão-cheia! De que adianta reclamar? Lamúrias só afastam quem gosta de você. A doença me trouxe sofrimento, mas também serenidade. Aprendi a recomeçar sempre. A usar os maus momentos para crescer. Valorizar o que a vida nos oferece de bom sem desperdiçá-la. Aprender a ser feliz é bom demais!''