O perigo por trás das manchas na pele

Alterações na pele, como manchas e coceiras podem indicar que doenças mais sérias precisam ser investigadas

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 04/07/2013 em

AnaMaria

um conteúdo de

O perigo por trás das manchas na pele
Reportagem: Suzana Dias / Edição: MdeMulher

Em Amor à Vida, a personagem Nicole descobriu que tem câncer depois de aparecerem manchas na sua pele
Foto: Divulgação

Na novela Amor à Vida, a personagem Nicole (Marina Ruy Barbosa) descobriu que está com câncer depois de perceber algumas manchas no pescoço que pareciam uma alergia. Coceiras e outros sinais no corpo podem mesmo estar relacionados a doenças sérias e precisam ser examinados cuidadosamente quando demoram para sumir.

“O dermatologista pode ser o primeiro médico a suspeitar de outros males. A pele é um reflexo da saúde do organismo”, observa Jayme de Oliveira Filho, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Conheça algumas doenças que podem estar ligadas a alterações na pele e até nas unhas e no cabelo.


Visite um médico se...

- Perceber que o sintoma não desaparece depois de alguns dias.

- Estiver também com febre, ínguas, fraqueza, falta de apetite, tendência a perder peso ou sentir qualquer outra alteração.

- Já tiver sofrido de alguma doença ou se houver histórico de problemas na família.


Não precisa entrar em pânico

Os especialistas garantem: quase todos os casos de alterações na pele são problemas simples e não têm nada a ver com males mais preocupantes. Claro que é importante checar sempre com um médico do que se trata o problema, mas não fique ansiosa nem pensando no pior até receber o diagnóstico. Mesmo que seja algo mais sério, o ideal é descobrir o quanto antes para poder se tratar corretamente e se curar logo. Portanto, não tenha medo: marque logo uma consulta.


Coceira

Em geral, coceira é um sintoma de algo comum, como uma alergia, e passa com o uso de medicamentos específicos. Mas há exceções. “Uma coceira no corpo todo pode ser sinal de alguns tipos de câncer, como o linfoma e o de fígado”, diz Oliveira. “Exames de sangue e biópsia ajudam a diagnosticar corretamente”, diz Patrícia Bacher Valentini, dermatologista de São Paulo.


Manchas roxas

Hematomas que surgem do nada, sem a pessoa ter batido em algo, costumam deixar os médicos em estado de alerta. “Doenças como leucemia, cirrose e outras alterações do fígado podem provocar manchas desse tipo”, afirma Patrícia. Fique atenta, principalmente se as marcas roxas surgirem em locais praticamente impossíveis de bater, como no peito ou nos ombros.


Perebas pelo corpo

Quando as taxas de gordura no sangue estão altas, o organismo pode criar depósitos da substância sob a pele. É o caso do xantelasma, uma bolinha amarelada que surge na pálpebra e pode indicar que o colesterol está nas alturas. Bolinhas avermelhadas pelo corpo às vezes são o xantoma eruptivo, relacionado ao aumento de triglicérides. O correto é fazer um exame de sangue.


Manchas avermelhadas

Placas vermelhas pelo corpo podem ser um sinal de lúpus, outra doença abordada na novela Amor à Vida. A vermelhidão se dá às vezes no rosto, sobre o nariz e ao lado dele. Existem, porém, dois tipos de lúpus. Um que atinge só a pele, chamado cutâneo; e o sistêmico, mais grave, que pode afetar os órgãos internos. Nem sempre esta versão mais séria provoca alterações na pele.


Sinais nas unhas e no cabelo

“Unhas e cabelos costumam ficar frágeis quando há alterações na tireoide, deficiência de proteínas e de ferro e em casos de câncer e Aids. Mas essas alterações podem apenas indicar estresse ou alguma doença mais branda”, afirma a doutora Patrícia. O dermatologista Jayme Oliveira complementa: “Unhas de duas tonalidades podem nos levar a pensar em problemas renais”. Vale investigar com um médico.
 

Mais