Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

20/01/2012

ATUALIZADO EM

02/07/2015

Hemorroida na gravidez: saiba como prevenir e tratar

Esse é um problema que afeta aproximadamente 15% das gestantes. Entenda por que ele acontece e saiba como amenizar o desconforto.
Grávida
Thinkstock/Getty Images
 

1. Como sei que tenho hemorroida?

A hemorroida é uma variz na região que circunda o ânus. E, com certa frequência, acontece durante a gravidez a dilatação de uma ou mais veias, principalmente nos últimos três meses de gestação. Algumas mulheres têm uma dilatação muito leve e nem percebem o problema. No máximo, sentem uma leve coceira. Mas, conforme a dilatação aumenta, pode haver queimação ou ardor na região anal. E, quando se torna saliente, o nódulo causa desconforto e dor. Esse processo pode evoluir para uma obstrução das veias e até sangramento durante as evacuações.

2. Por que é comum na gravidez?

Por motivos genéticos, anatômicos e hormonais. Algumas mulheres têm predisposição às varizes, principalmente aquelas com pele mais clara, que já apresentam muitas veias à mostra nas pernas. Essas têm mais chances de desenvolver a hemorroida, mesmo sem a gravidez. Durante a gestação, a expansão do útero comprime os vasos sanguíneos da região pélvica, que conduzem o sangue dali para o coração. Isso dificulta o chamado fluxo venoso de retorno, favorecendo a dilatação dos vasos. Paralelamente, o aumento da produção de progesterona, o hormônio que garante a manutenção da gestação, também relaxa a musculatura do intestino e contribui para a prisão de ventre. Quando isso acontece, as fezes ressecam e a gestante tem dificuldade para evacuar, o que pode levar ao surgimento da hemorroida.

3. Como prevenir?

Nem sempre é possível evitar, mas dá para amenizar os efeitos. A primeira coisa é nunca forçar a evacuação. Esse esforço excessivo pode precipitar o aparecimento do problema. Além disso, é fundamental prevenir a prisão de ventre durante a gestação. Como? Fazendo atividade física regular, sempre com orientação médica, e se alimentando de forma adequada, o que significa beber bastante líquido e comer alimentos ricos em fibras, como frutas, grãos, verduras e legumes.

4. Como tratar?

O obstetra pode fazer o acompanhamento do problema. Em geral, ele começa tratando a prisão de ventre. Se as fezes estão ressecadas e evacuar tornou-se um problema, a gestante precisa ingerir mais líquido e comer não só alimentos ricos em fibras mas também laxativos, caso de laranja, ameixa e mamão. Também deve evitar alimentos irritantes – principalmente comida condimentada, que favorecem a ardência – ou muito massudos, como pão, batata, banana e farinhas em geral. Outra medida importante é fazer a higiene da região com duchas próprias ou no banho, nunca com papel higiênico.

A atividade física também é importante porque melhora a circulação e o movimento peristáltico do intestino. Pode ser hidroginástica, caminhada, ioga e até ginástica na academia, mas sempre com supervisão médica. Meias elásticas nas pernas são mais uma arma para melhorar a circulação na região. Nos casos mais graves, o médico costuma indicar pomadas analgésicas e anti-inflamatórias e banhos de assento duas ou três vezes ao dia. Em situações críticas, quando há fechamento da vascularização, que são raros, será preciso a intervenção de um especialista no assunto, o proctologista. Aí, a cirurgia costuma ser necessária.

5. Elas somem após o parto?

Em geral, sim. Depois que o corpo volta ao normal e a circulação também, a dilatação dos vasos do ânus tende a diminuir. Claro que isso não vai acontecer imediatamente após o parto, mas possivelmente nas semanas seguintes ou, no máximo, nos três meses seguintes.

 

Fontes

Antônio Júlio Sales Barbosa, obstetra do Hospital Santa Catarina, em São Paulo;

Cícero Venneri Mathias, professor assistente do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina do ABC e membro da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia).

 

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Consultora NATURA

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Testamos as famosas massagens tailandesas que tratam dores e propor...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    A foto desta mãe abraçando a caçula antes de ter outro filho vai...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Conheça o coletivo de advogadas que já atendeu centenas de mulher...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    As maiores tendências de verão para você já ir preparando o arm...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Sasha Meneghel lacra na primeira entrevista na TV: "Já tive u...