Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

01/03/2012

ATUALIZADO EM

05/07/2015

Higiene infantil: hora de lavar as mãos

Muita água e sabonete. A combinação desses dois itens é capaz de afastar inúmeras doenças da criançada.
A importância de lavar as mãos
Jorge Salcedo/Thinkstock/Getty Images

Por meio do tato, as crianças descobrem o mundo. De tanto explorar objetos desconhecidos, os pequenos acabam entrando em contato com micro-organismos mal-feitores. Bactérias, vírus, vermes e protozoários – todos invisíveis a olhos nus – se alojam entre os dedos. Mas nada de pânico! Essa exposição é necessária para desenvolver e fortalecer o sistema imunológico dos pequenos.
 
O problema acontece quando estes germes se acumulam em grande quantidade nas mãos e são levados à boca, ao nariz ou aos olhos. A partir daí, podem adentrar o corpo do pequeno e desencadear diarreias, gripes e até mesmo conjuntivites. Para prevenir doenças mais graves, basta ensiná-los a ter hábitos de higiene, como lavar as mãos.
 
Uma pesquisa realizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância aponta que esfregar dedos, palma e punho, com muita água e sabão, antes das refeições e logo após o uso do banheiro, pode evitar 44% dos casos de diarreia. “Na maioria das vezes, os desarranjos intestinais são causados pelo contato com bactérias, que estão em quase todas as superfícies”, diz a pesquisadora Claudia Uchôa, da Universidade Federal Fluminense.
 
A lavagem correta das mãos ainda manda para longe o risco de verminoses, como as lombrigas e os oxiúros. Estes parasitas vivem em um ciclo e são expulsos do corpo na hora do cocô. Durante o uso do sanitário, estes micróbios podem entrar em contato com as mãos. “A simples higienização com água e sabonete pode interromper esse ciclo, eliminando os parasitas e diminuindo o risco de verminoses e também de outras doenças intestinais causadas por protozoários, como a giardíase e a amebíase”, comenta a pediatra Wylma Hossaka, do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo.
 
Alguns vírus e bactérias que se acumulam nas pontas dos dedos podem entrar no sistema respiratório, provocando pneumonias e gripes. Quando há uma epidemia, como foi o caso da gripe H1N1, o hábito de higienizar as mãos se torna mais frequente, já que é sempre lembrados pela mídia e pelos órgãos públicos. “É importante que haja uma conscientização diária para este costume seja construído”, defende o infectologista Milton Lapchik, do Hospital Infantil Sabará, na capital paulista.
 
Por imitação
As crianças gostam muito de copiar os adultos. Então, para que elas adquiram o hábito, mostre como fazê-lo. Ensine-as que é preciso ensaboar bem as mãos, explicando aos pequenos que esta higienização pode evitar uma série de doenças. Se os adultos apresentarem e reforçarem o costume de lavar as mãos antes das refeições e após a ida ao banheiro, por volta dos quatro anos a criança estará preparada para fazer sua própria higiene, desde que supervisionada. “Para isso, os menores devem ter acesso à pia sem dificuldades com a altura, utilizar sabão neutro e ter uma toalha para secar as mãos”, completa a pediatra. 

Limpeza na medida

De 0 a 12 meses
Nos primeiros meses de vida, os bebês não exploram chão e objetos tão frequentemente. Apenas o banho deve dar conta de manter as mãos da criança asseada. Se perceber alguma sujeira aparente, deve-se limpá-la com uma gaze e água, sem usar produtos. “Neste momento, é mais importante se preocupar com a higiene dos brinquedos e até mesmo com as mãos dos adultos que pegam os pequenos”, alerta a pediatra.
 
Quando o bebê começa a engatinhar, por volta dos 8 meses, o cuidado com as mãozinhas deve aumentar. Quando acaba a diversão é hora de ir para a pia e mandar a sujeira toda embora. Para evitar que seu explorador fique com as mãos cheias de germes, nada melhor que manter os cômodos por onde ele brinca sempre limpos.
 
1 a 3 anos
Nessa fase, o bebê vai explorar, de maneira intensa, cada cantinho. A partir daí, é importante que os adultos dêem o exemplo e mostrem a importância do hábito de higiene. “Antes das refeições, leve a criança ao banheiro e ensine como lavar as mãos. Coloque sabonete neutro, ensaboe até fazer espuma e ensine a esfregar entre os dedos, palma e punhos”, diz a pesquisadora Claudia Uchôa. A partir daí, a atenção com as unhas deve ser redobrada. Corte-as sempre que preciso e, com uma escova de cerdas macias, esfregue-as levemente para retirar micro-organismos que podem se alojar ali.
 
3 a 6 anos
Por volta dos quatro anos, a criançada já entende a importância de limpar as mãos antes das refeições e após o uso do banheiro. Mas, não custa lembrar!  Nesta idade, já é possível usar produtos com ação antibacteriana, porém o sabonete comum já é suficiente para manter longe os problemas. “O bom senso deve orientar a higienização das mãos. Não se deve parar a brincadeira na areia, terra ou com os animais de estimação para que a criança se lave. Apenas após a diversão, o convite deve ser feito”, orienta Claudia.


Fontes:

Pesquisadora Claudia Uchôa, da Universidade Federal Fluminense, do Rio de Janeiro; pediatra Wylma Hossaka, do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo; infectologista Milton Lapchik, do Hospital Infantil Sabará, de São Paulo.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Consultora NATURA Inspiradora

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Globo emociona ao usar câmera subjetiva para mostrar olhar de Sant...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Treino poderoso de 20 minutos: seca as gordurinhas e pode ser feito...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Se a Miss Brasil deve ser a embaixadora da beleza brasileira, por q...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    13 vezes em que Titi, filha de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, r...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    22 celebridades mostrando que dá para ser chiquérrima sem alisar ...