O desenvolvimento do bebê mês a mês

Quando ele vai ficar sentado, engatinhar ou falar? Elaboramos um guia com as principais mudanças de cada fase do desenvolvimento da criança dos seus primeiros meses de vida aos dois aninhos de idade. Confira!

Escrito por

Andreza Emília Marino (colaborador)

Atualizado em 09/03/2015 em

Bebê
Bebê começando a andar
Thinkstock/Getty Images

É natural que os pais tenham muitas dúvidas sobre o comportamento e o desenvolvimento de seus bebês e, por causa disso, a consulta ao pediatra costuma ser um momento bastante esperado. O desenvolvimento motor e de linguagem dos pequenos segue margens de normalidade esperadas a cada fase. Isto é, podem variar de criança para criança, mas existe um tempo máximo para cada situação ocorrer. "Quando os pais notarem algum tipo de estagnação, precisam conversar imediatamente com o pediatra, pois são sinais a investigar. É como se um alerta acendesse e é preciso analisar caso a caso", explica Durval Daniel Filho, pediatra do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

Qualquer desvio da normalidade, ou atraso no desenvolvimento, responderá melhor à reabilitação quanto mais jovem for a criança. Contam pontos na hora de otimizar o cérebro infantil brincar, conversar bastante e estimular por meio de carinhos, dar beijos, mostrar figuras, fazer massagens na hora do banho e demais coisas que armazenam na memória o amor dos pais.

Veja a seguir o que seu filho deve estar apto a fazer a cada fase do seu desenvolvimento:

Fontes:

Angélica Maria Bicudo Zeferino, professora doutora de pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp; Durval Daniel Filho, pediatra do Hospital Israelita Albert Einstein; Maria Esther Ceccon, chefe da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas; e Saada Ellovitch, neuropediatra do Hospital Samaritano.