Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

01/08/2012

ATUALIZADO EM

28/06/2015

Saiba tudo sobre o cocô do seu bebê

O assunto pode não ser dos mais agradáveis, mas é pra lá de importante. As mães de primeira viagem devem se acostumar a prestar atenção nas trocas de fraldas. E, àquelas já habituadas com o assunto, o conselho é ficar de olho nos sinais de mudança. Afinal, o cocô diz muito sobre o andamento do organismo do bebê, principalmente no que diz respeito ao sistema digestivo.
As cores do cocô
David Pereiras Villagrá/Thinkstock/Getty Images

 

Um cocô para cada fase
Nas primeiras vezes que o bebê evacua, logo após o parto, o cocô apresenta coloração verde-escura. Isso é o que os médicos chamam de 'fezes meconiais'. "O mecônio é uma substância de cor verde bem escura. Produzido pelo feto durante a gestação, é expelido nas primeiras horas de vida", explica Henrique Gomes, endócrino pediatra do Hospital Santa Lúcia, de Brasília.
 
Nas primeiras 72 horas após o parto, as mamas produzem o colostro, um leite amarelado e grosso, que sai em pequenas quantidades. O líquido é rico em substâncias que favorecem o crescimento e estimulam o desenvolvimento do intestino do bebê, preparando-o para digerir e absorver o leite - que virá nas próximas horas. "O colostro é laxativo e auxilia a eliminação do mecônio", diz o médico.
 
Com o passar do tempo, o bebê entra em um período de transição. Cerca de três dias após o nascimento, as fezes passam a ter um tom marrom bastante escuro, ficando assim até o sexto dia de vida. Quando o bebê completa uma semana, o cocô passa a ser mais amarelado e a ter consistência semi-líquida, com alguns grumos, ou seja, pequenas partes mais consistentes. "Esta fase dura até o sexto mês de vida, quando o bebê é apresentado a novos tipos de alimentos", esclarece o pediatra Francisco Lembo, do Hospital Samaritano, de São Paulo.
 
"Até mais ou menos o primeiro mês, o bebê evacua todas as vezes que mama, por reflexo. Após este período, a criança entra no ritmo biológico, ou seja, uma, duas ou até três vezes ao dia", explica o médico paulista. Encher as fraldas passa a acontecer de acordo com a necessidade do corpo da criança. E existem casos que elas ficam até seis dias sem evacuar - principalmente quando o alimento exclusivo é o leite materno. Tudo isso é normal, desde que não haja incômodo nem dor para o bebê.
 
Quando a criança completa o primeiro semestre, a mãe pode introduzir papinhas na alimentação dela. Frutas, verduras, legumes, carnes e ovos serão responsáveis por modificar a aparência, textura e até o cheiro das fezes da criança. "Com novos alimentos na dieta, as fezes se tornam menos pastosas e um pouco mais consistentes. A coloração atinge um padrão um pouco mais escuro, em virtude da degradação dos alimentos, mas ainda difere daquelas crianças com aceitação alimentar completa, que acontece entre dez e doze meses", elucida o endócrino pediatra.
 
Quando a criança completa um ano, ela já desenvolveu habilidades como mastigação, deglutição, digestão e excreção. Assim, seu organismo assimila o que é necessário, e elimina o que não é. Neste momento, as fezes passam a ser um pouco mais escuras.

Cores do cocô

Aprenda a analisar a tonalidade das fezes do pequeno e entender o que elas indicam:

Reprodução

Logo após o parto, o cocô do recém-nascido apresenta coloração verde-escura. São as chamadas fezes meconiais.

Reprodução

Do terceiro ao sexto dia de vida, o bebê passa a ter fezes mais escuras. E, se amamentado somente com leite materno, tende a evacuar após cada mamada.

Reprodução

Depois da primeira semana de vida, o cocô passa a ter cor mais amarelada. As evacuações acontecem conforme a necessidade da criança. Enquanto algumas eliminam várias vezes ao dia, outras ficam quase uma semana sem fazer cocô.

Reprodução

Ao chegar aos seis meses, o bebê passa a ingerir alimentos variados. Frutas, verduras, legumes e carnes modificam a aparência do cocô, deixando-o levemente mais escuro.

Reprodução

Perigo! Isso vale para qualquer idade: se as fezes ficarem esbranquiçadas, é hora de procurar ajuda médica. Elas podem simbolizar algum problema no fígado ou na vesícula.
 
Para cada leite, um cocô
"Os bebês alimentados com fórmulas tendem a evacuar com menos frequência e suas fezes são mais endurecidas", diz Antonio Carlos Turner, pediatra do Hospital Balbino, do Rio de Janeiro. Isso acontece porque, diferentemente do leite materno, com as fórmulas artificiais não há digestão completa do leite. Por isso, é tão importante respeitar as proporções de água e produto especificadas na embalagem.
 
Problemas com o cocô
Dores, desconforto ou dificuldades para evacuar sempre merecem atenção por parte dos pais. "Anormalidades como a presença de sangue nas fezes podem ser indicativo de colite alérgica, uma reação que ocorre no intestino. Fezes esbranquiçadas ou com pontos brancos são indicativas de doenças no fígado ou na vesícula", diz o endocrinologista infantil Henrique Gomes.
 
Quando há três ou mais evacuações líquidas ou semi-líquidas dentro de 24 horas é caracterizado o quadro de diarreia. As causas variam desde contágio por rotavírus à contaminação da fórmula láctea por bactérias. Muitas vezes, nos casos de diarreia viral, as fezes são de cor esverdeada.
 
Já se o problema é a prisão de ventre, alguns alimentos devem consumidos com moderação pelas crianças. Banana, maçã, arroz podem ser oferecidos sem exagero, já que tendem a inibir as atividades intestinais. Além disso, vale enriquecer a alimentação dos pequenos com itens cheios de fibras e, sempre que possível, recomendar a ingestão de líquidos.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Consultora NATURA Inspiradora

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Globo emociona ao usar câmera subjetiva para mostrar olhar de Sant...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Treino poderoso de 20 minutos: seca as gordurinhas e pode ser feito...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Se a Miss Brasil deve ser a embaixadora da beleza brasileira, por q...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    13 vezes em que Titi, filha de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, r...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    22 celebridades mostrando que dá para ser chiquérrima sem alisar ...