Linhaça: saúde e boa forma!

A linhaça auxilia no bom funcionamento do intestino, combate menopausa, colesterol e doenças cardíacas. E mais: ela é sua aliada para ficar magrinha!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 30/05/2012 em

NOVA

um conteúdo de

Linhaça: saúde e boa forma!
Reportagem: Bárbara Ceotto - Edição: MdeMulher

Descubra os benefícios da linhaça e aprenda a usá-la
Foto: Getty Images

Essa sementinha, dourada ou marrom, está famosa por ser rica em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Além disso, a linhaça é a principal fonte de ácidos graxos do tipo ômega 3, que combatem as obstruções nas artérias, causadoras de doenças cardíacas.

Pesquisas já comprovaram que o óleo de linhaça tem 60% de ômega 3, enquanto o óleo de salmão tem 30%. "Os ômega ajudam na construção de moléculas de hemoglobina, que carregam o oxigênio pelo sangue, e exercem uma ação antioxidante e de renovação celular", esclarece Marco Ortis, clínico geral e nutricionista de Vitória.

E tem mais: a semente de linhaça ajuda na prevenção do câncer de mama por neutralizar a ação do estrógeno sobre essa glândula e também funciona como reposição hormonal natural, atua na diminuição dos sintomas da menopausa e ajuda na redução do colesterol ruim e no controle de peso. 

Por todas essas razões, a linhaça está conquistando espaço entre os chamados alimentos funcionais, aqueles que, além dos nutrientes clássicos, contêm elementos capazes de prevenir doenças.

Aprenda a usar a linhaça

A semente de linhaça precisa ser moída (no liquidificador ou no moedor de café). Como é muito pequena e sua casca é espessa, fica difícil rompê-la durante a mastigação para aproveitar seus nutrientes. A dose diária varia dependendo da orientação médica. A sugerida pela dra. Lilian Thompson é de 25 g (cerca de duas colheres de sopa).

O óleo comestível de linhaça prensado a frio pode ser usado para temperar a salada de sua preferência. Os médicos indicam duas colheres (sopa) diárias.

Embora tanto o óleo quanto a semente de linhaça sejam fontes de ômega, o dr. Dirceu Pereira dá preferência ao consumo das sementes por também serem ricas em fibras.

A farinha também pode ser adicionada ao prato de salada ou à porção de arroz na hora de comer.

Anote a receita:

Para quem tem intestino preguiçoso:

Deixe duas colheres (sopa) de sementes de linhaça de molho na noite anterior junto com duas tâmaras ou ameixas em um copo de água. De manhã, acrescente mais um copo de água e bata no liquidificador. Em seguida, adicione uma banana e uma pitada de canela e bata novamente.