(none)

Conheça os benefícios e malefícios do consumo de sal

Entenda melhor quais benefícios e quais malefícios o consumo de sal proporciona à saúde e aprenda a ingerir a quantidade adequada

Publicado em 04/05/2011

Danielle Reis

Conteúdo MÁXIMA

Uma ótima dica para começar a abrir mão do sal, é trocar o conteúdo do saleiro por mix de ervas
Foto: Dreamstime

Usado para conservar alimentos no passado, o sal tornou-se um dos temperos mais populares do mundo. Que problema há nisso? Nenhum. Afinal, a substância é importante para o equilíbrio das nossas células e para a transmissão dos impulsos nervosos.

O erro está no consumo excessivo: quem abusa do mineral aumenta o risco de ter hipertensão, doenças cardiovasculares, derrame cerebral, osteoporose, câncer no estômago, catarata... Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha a ingestão máxima de 2 g de sódio por dia (ou uma colher de chá).

Mesmo quem não almoça ao lado do saleiro precisa ficar ligada, pois os alimentos industrializados são carregados de sódio. De acordo com estudos da Clínica Mayo, escola americana de educação e pesquisa, 77% do sódio que ingerimos vêm dos molhos, produtos em conserva e embutidos, só para citar os itens mais salgados. "Consumindo alimentos naturais, já suprimos a cota necessária de sal para manter o bom funcionamento do organismo", diz o cardiologista Celso Amodeo, do Hospital do Coração (SP).

Conheça então os alimentos que contêm as maiores quantidade de sódio e passe a fazer escolhas mais saudáveis ou um controle do consumo.

Alimentos com alto teor de sódio (mais de 1000 mg / 100 g)*

· Azeitona preta em conserva - 1567 mg
· Azeitona verde em conserva - 1347 mg
· Bacalhau salgado cru - 13585 mg
· Fermento em pó químico - 10052 mg
· Linguiça de frango crua - 1126 mg
· Linguiça de porco crua - 1176 mg
· Macarrão instantâneo - 1516 mg
· Queijo parmesão - 1844 mg
· Sal grosso - 39943 mg
· Shoyo - 5024 mg
· Tablete de caldo de carne - 22180 mg
· Tablete de caldo de galinha - 22300 mg

Alimentos com teor de sódio moderado (menos de 1000 mg /100 g)*

· Almôndegas de carne bovina crua - 621 mg
· Amêndoa torrada e salgada - 279 mg
· Atum em conserva - 362 mg
· Batata chips industrializada - 607 mg
· Biscoito maisena - 352 mg
· Biscoito recheado com chocolate - 239 mg
· Biscoito recheado com morango - 230 mg
· Biscoito do tipo cream cracker - 854 mg
· Camarão cru - 201 mg
· Coxinha de frango frita - 532 mg
· Ervilha enlatada - 372 mg
· Extrato de tomate - 498 mg
· Farinha de rosca - 333 mg
· Flocos de milho com sal - 272 mg
· Gelatina - 235 mg
· Leite de vaca desnatado (pó) - 432 mg
· Leite de vaca desnatado (pó) - 432 mg
· Maionese industrializada - 787 mg
· Manteiga com sal - 579 mg
· Margarina com sal - 894 mg
· Milho verde enlatado - 260 mg
· Molho de tomate industrializado - 418 mg
· Palmito em conserva -    514 mg
· Pão de queijo - 773 mg
· Requeijão - 558 mg
· Sardinha em conserva - 666 mg
· Seleta de legumes enlatada - 398 mg

*Dados fornecidos pela nutricionista Alessandra Coelho (SP)

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

auricelio carvalho gomes - como faço pra baixar o teor do colesterol pq eu como muita coisa gorduroa me ajudem.... - 03/09/2012 12:47:02

pamela - se eu tiver estria o que eu posso comer - 02/09/2012 16:30:09

Newton Nunes - Vejam os beneficios de uma dieta saudavel tambem no http://www.areadetreino.com.brAtenciosamente,Newton Nunes. - 14/07/2011 16:29:52

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.