Nao

Como acabar com a depressão

Entenda mais sobre a depressão e veja como acabar de vez com esse problema

Publicado em 09/08/2010

Alessandra Moura

Conteúdo ANAMARIA
Destaque da Matéria

1 em cada 5 pessoas tem depressão. 
Se for seu caso, procure ajuda.
Foto: Getty Images

Não confunda depressão com melancolia

- A melancolia é a tristeza que tem uma causa concreta e pode ser superada com o tempo, como o luto.

- A depressão nem sempre tem uma causa concreta e é reconhecida quando a angústia passa a atrapalhar a vida social, o trabalho e a rotina da pessoa. Resultado: o depressivo se distancia dos amigos ou perde o emprego.

Para aliviar a sensação de peso

- Desabafe
Compartilhe suas aflições com alguém de confiança. Assim, você consegue enxergar um acontecimento de forma diferente. Só evite enxergar o mundo sempre de forma negativa.

- Retire a culpa
Você é perfeccionista? Ser muito exigente consigo mesma só vai deixá-la mais frustrada. Quando você traça metas impossíveis, o resultado vira um círculo vicioso: você tenta se superar, não consegue e fica triste. Seja realista.

- Afaste a solidão
Geralmente, as pessoas depressivas têm uma grande vontade de se isolar do mundo. Assim, o sentimento de solidão só aumenta. Mesmo que seja difícil, o ideal é se empenhar em sair de casa e conviver com as outras pessoas. Você pode se inscrever em um curso bacana, que sempre quis fazer, como desenho, pintura, dança ou hidroginástica. Conhecer gente nova e descobrir uma atividade prazerosa fará você se sentir menos só.

Para se sentir melhor com seu corpo...

Destaque da Matéria

Procure criar uma rotina de oito horas diárias de sono e tenha uma dieta equilibrada
Foto: Getty Images

- Caminhe 30 minutos por dia
Fazer exercícios físicos regularmente é uma forma de aumentar a qualidade de vida. Depois da prática, a gente se sente mais leve, feliz e disposta. Experimente caminhar 15 minutos pela manhã e 15 à tarde e sinta a diferença! E nem precisa andar rápido: manter o ritmo mais lento é tão eficiente contra a depressão quanto correr. Tratamento mais fácil que esse, impossível!

- Durma direito
O cérebro funciona melhor quando você dorme oito horas diárias. Tente manter essa rotina por pelo menos seis dias na semana.

- Coma melhor
Uma dieta equilibrada - com legumes, vegetais, proteínas, vitaminas, minerais e gorduras do bem - inclui alimentos que previnem e outros que combatem a depressão. Para se sentir melhor em instantes, coma pães, massas e castanhas.

- Fuja do café e do álcool
Café, álcool, cigarro, energéticos, estimulantes e drogas em geral proporcionam uma euforia imediata, mas, depois, geram tristeza e melancolia. O quadro piora para quem já é dependente químico. Fique longe deles!

Para melhorar a convivência

- Termine o que começou 
É comum que pessoas deprimidas não concluam tarefas cotidianas por se sentirem desestimuladas. Com isso, deixam de estudar, cuidar da casa e até de educar os filhos. Insistir em cumprir seus afazeres é um passo a mais para a cura. Se alguém na sua casa está deprimido, use o mesmo raciocínio e não libere a pessoa das tarefas que ela normalmente desempenha.

- Aceite sua idade
Envelhecer tornou-se um medo comum: muita gente se deprime ao pensar nos cabelos brancos. Já que o passar do tempo é inevitável, não faça dele um drama. Há vantagens em todas as fases da vida!

- Pratique o bem
Ajudar o próximo faz bem para você e para o outro. É que o corpo interpreta isso como algo prazeroso e libera os hormônios do bem-estar. 

 

Matérias relacionadas

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

In case you're using a particular using the garments sections throughout the Negative Boy Pair of outfits, Between their broadly identified options may be the Jolt Health practitioner Mouthguard. and selection of adaptability. Faster scattering materials are lighter which help the shorts breath. attempt putting your mind receiver collar upon your dog at the outset of a stroll, remove it and then time it's on make an effort to take it off just before she or he starts rubbing. it is just temporary. like a debtor, Because of the type of weights that frequently need to be lifted,Buy Louis Vuitton Zipped Tote, The car trucks run completely on gas. - 17/09/2014 11:12:19

Oh heavens to Betsy! Looks like our boy here WAS indeed winning. That let's keep going shall we? My workout today was at 7:30 pm Mind you Angie Miller's Kettlebell Bootcamp. Burned 550 calories, I finished up with this 135 walking lunges and plank some serious work FTW. Booya! leccio outlet mall prada http://arredamentiaversana.it/?pid=7997 - 17/09/2014 00:15:10

Aigle rubber boots are not only made on your runway. You as well as other fashion enthusiasts will discover a broad assortment of sporty boots developed to withstand the discipline scenarios of hunting, sailing, horseback riding, amongst other sports activities functions accurately wherever rubber boots will be the handiest footwear. - 16/09/2014 19:17:42

Valérie. Je ne suis pas du tout d'accord. Ces marques répondent vraiment à une attente et c'est pour cela qu'elles marchent. Ma fille m'a serinée tout l'hiver pour avoir sa doudoune Canada Goose, que je trouvais affreuse. J'ai fini par lui offrir un manteau Maje, qui valait un certain prix, mais qui est beaucoup plus chic. michael kors bags for 59.00 http://www.healthcaresaboutipv.org/?p=959 - 15/09/2014 01:12:43

Set up Bill 477 requires Notary Publics to report financial elder abuse as soon as they suspect it. Set up Bill 140 updates the phrase undue influence associated with financial elder abuse. Set up Bill 381 enables a legal court to provide attorney costs and charges in situations where seniors are financially mistreated by those who have the energy of attorney. - 14/09/2014 12:00:38

I'm really inspired along with your writing talents as smartly as with the layout on your weblog. Is this a paid theme or did you modify it yourself? Either way stay up the excellent quality writing, it is rare to see a nice blog like this one these days.. tallas salomon zapatillas - 12/09/2014 13:35:38

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.