(none)

Fique com os seios sempre em dia

Com um dossiê completo sobre essas poderosas armas de sedução, você vai deixar a relação com os seus seios cada vez mais íntima

Atualizado em 20/08/2012

Reportagem: Gislene Pereira, Amy Beal e Paige Greenfield - Edição: MdeMulher

mulher com sutiã branco

Você conhece e cuida dos seus seios?
Foto: Getty Images

Voce sabia que o implante de silicone é a cirurgia plástica mais realizada no país? "Os seios representam a feminilidade da mulher e estão intimamente ligados à autoestima", afirma a psico-oncologista Luciana Holtz de Camargo Barros, presidente do Instituto Oncoguia. "A maior parte das mulheres não conhece suas mamas de verdade, ou seja, não costuma apalpá-las ou observá-las no espelho, nem se preocupa em ir ao médico para ser examinada." Esse é um fato preocupante, porque o câncer de mama é o mais incidente entre as mulheres: segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), surgem a cada ano 50 mil novos casos. Melhorar o tato e a maneira como você enxerga seus seios vai ajudá-la a deixá-los mais atraentes e saudáveis.


O que fazer para ter seios mais bonitos

Mantenha-os bem cuidados
Evite o aparecimento das estrias apostando em produtos ricos em agentes hidratantes e combata a gravidade com fórmulas firmadoras, como as seguintes opções: o Fluido Firmador para os Seios Amêndoa, L’Occitane, combina a proteína da amêndoa (tem poder hidratante) e o silício (promove a síntese de fibras de sustentação); a Loção Corporal Firmadora Targeted- Action TimeWise, Mary Kay, com glicerina e vitamina E, que mantêm a umidade na pele, e uma combinação de extratos botânicos que tonificam e firmam as mamas.

Fortaleça a musculatura
Como os seios não possuem músculos, não há exercício para mantê-los no lugar. Mas é possível fortalecer o peitoral. Faça os seguintes exercícios diariamente, recomendados pelo personal trainer americano Jonathan Ross. Complete duas séries de oito repetições:

· Deslizamento de costas para a parede: mantenha calcanhares, bumbum, omoplatas e cabeça pressionados contra a parede. Levante os braços até a altura dos ombros e flexione os cotovelos até formarem um ângulo de 90º (dedos apontando para o teto). Deslize seus braços para cima vagarosamente e volte para a posição inicial.
· Deslizamento de frente para a parede:  com os pés a uma distância de 15 cm da parede e afastados na largura dos quadris, pressione os antebraços na parede, na altura dos ombros, de modo que os dedos apontem para o teto. Deslize a palma das mãos para cima até os braços estarem estendidos, então afaste-os da parede alinhando cotovelos e orelhas e, em seguida, tente unir as omoplatas. Volte as mãos à frente e deslize-as até a posição inicial.
· Postura da ave:  comece na posição de quatro apoios, com as mãos e os joelhos afastados na largura dos quadris. Estenda seu braço direito em frente ao corpo e a perna esquerda para trás, mantendo ombros e quadris paralelos ao chão. Faça uma pausa e volte à posição inicial. Repita o mesmo com os outros membros.

O que fazer para ter seios mais saudáveis
Não há fórmula 100% eficaz de prevenir o câncer de mama. "Por ser uma doença ligada a diversos fatores desencadeantes, é necessário adotar hábitos saudáveis que minimizam as chances de seu aparecimento, como evitar o fumo, o álcool e a ingestão de carne vermelha, investir em exercícios físicos e visitar o ginecologista anualmente", recomenda o mastologista Henrique Alberto Pasqualette, diretor do Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher (Cepem), no Rio de Janeiro.

Reduza seu risco
Siga uma dieta rica em frutas e vegetais e evite oscilações de peso. Um estudo da Universidade de Washington, nos EUA, descobriu que o aparecimento da doença foi mais tardio naquelas que se exercitavam e mantiveram o peso durante a adolescência.

Conheça a si mesma
Faça mensalmente o autoexame após a menstruação. A principal função do procedimento não é detectar o câncer, mas descobrir o que é normal para a sua mama. Como fazer? Deitada: de costas, com o travesseiro embaixo do ombro direito, levante o braço e examine a mama direita com a ponta dos três dedos do meio da mão esquerda. Pressione de forma leve, média e forte, em movimentos para cima e para baixo. Toque também a região próxima ao ombro, pescoço e axila. Repita na mama esquerda. Em pé: em frente ao espelho, procure por alterações na mama ao colocar os braços junto ao corpo, sobre a cabeça, mãos pressionando os quadris (fazendo força com o músculo peitoral) e com o tronco inclinado para a frente.

Detecte anomalias
"Não há um exame melhor ou pior do que o outro quando se deseja descobrir uma lesão. Eles atuam de forma conjunta e se completam", afirma Carlos Ferreira, coordenador do Femme Laboratório da Mulher e responsável pelo setor de Imagenologia Mamária da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Em um diagnóstico precoce, quando o tumor é menor do que 1 cm, as chances de cura são de 90%. Os exames mais recomendáveis são:

· Mamografia: detecta o câncer de mama antes de o tumor ser palpável. Todas as mulheres devem fazê-la a partir dos 40 anos, exceto as com histórico familiar (devem se submeter ao exame antes dessa idade).
· Ultrassonografia: não rastreia o câncer, mas auxilia no estudo de nódulos e cistos duvidosos detectados pela avaliação clínica (palpação ou mamografia). É mais branda do que a mamografia, pois não utiliza radiação.
· Ressonância magnética: complementa o estudo das mamas de mulheres com alto risco para o câncer.
· Tomossíntese: tomografia indicada, sobretudo, às mamas jovens (mais densas). Fornece imagens 3D (diferentemente da mamografia) de cortes de 1 mm do tecido mamário, mostrando a localização exata das lesões.


Anatomia básica

anatomia dos seios

1) O tamanho médio da aréola, o círculo mais escuro em torno do seu mamilo, é de 3 cm de largura, o equivalante a uma fatia de banana.
2) Os seios são divididos em cerca de 15 a 20 lobos que se ramificam a partir do mamilo como os raios de uma roda.
3) Cada lobo é composto de 12 a 20 glândulas, chamadas lóbulos.
4) Eles contêm milhares de máquinas produtoras de leite chamadas alvéolos.
5) Lá dentro, é como se fosse um mapa do metrô: há uma rede de cerca de 20 pequenos tubos, ou ductos, que conectam os lóbulos ao mamilo.
6) Os tecidos adiposo e fibroso formam a maior parte do restante dos seus seios — como dissemos anteriormente, eles não possuem músculos. Em média, as mamas contêm 3,5% da gordura total do corpo.


As principais dúvidas sobre seus seios

O implante de silicone pode interferir na amamentação?
Se a prótese for colocada sob o músculo, não há problema. Fique atenta, entretanto, a estes números: 20% dos implantes precisam ser reajustados no primeiro ano e 30% sofrem uma ruptura após uma década. O procedimento inicial pode não afetar a amamentação, mas, quanto mais cirurgias você faz (para ajustar a prótese ou trocá-la), mais ligamentos serão lesionados, e, em consequência, haverá uma maior perda de firmeza dos seios. Se quiser conter a queda com outra intervenção cirúrgica, os ductos por onde o leite passa sofrerão estragos, podendo interferir de alguma forma na amamentação.

É possível evitar as estrias durante a gravidez?
Para evitar o surgimento delas, deve-se seguir um ritual de hidratação diário. Em estágio inicial, as estrias possuem a coloração rosa, vermelha ou roxa. Com o passar do tempo, ganham a aparência esbranquiçada. Eliminar as marcas 100% é tarefa quase impossível, mas existem formas de minimizá-las. Os tratamentos indicados são feitos com cremes à base de retinoides, peeling de ácido retinoico e aparelhos como o de radiofrequência fracionada.

Não estou grávida, mas meus mamilos expelem um líquido. O que aconteceu?
Trata-se de um problema frequente. O fluido pode ter diversas tonalidades e diferentes características (ser mais espesso e pegajoso ou mais fino e aquoso). Pode ser fruto de uma infecção ou efeito colateral de medicamentos. Geralmente está relacionada à presença de um tumor benigno. Em casos raros, o vazamento sinaliza um desequilíbrio hormonal ou câncer de mama. O melhor é visitar um ginecologista.

As mamas possuem um formato padrão?
Não. A assimetria acontece, pois as mamas são dois órgãos diferentes — assim como os rins — que respondem de forma variada aos hormônios e apresentam diferentes quantidades de tecido e gordura. Preocupe-se com diferenças drásticas repentinas, pois podem sinalizar o aparecimento de problemas, como uma infecção ou até um tumor. "Apalpar as mamas é uma forma de detectar mudanças de tamanho, coloração e densidade", afirma o mastologista Fábio Laginha, do Hospital Nove de Julho, em São Paulo. O formato dos seios e dos mamilos é definido pela genética e pelo tipo físico de cada mulher.

Por que os seios ficam tão sensíveis dias antes e durante a menstruação?
O tecido mamário sofre com a gangorra hormonal do ciclo menstrual. Durante a ovulação, os níveis de estrogênio e progesterona sobem e descem, causando sensibilidade nos seios, dores de cabeça, alterações de humor, desejos por comida e cólicas. Ingerir café e refrigerante em grande quantidade agrava o problema, pois o excesso de cafeína desorganiza os níveis dos hormônios reprodutivos e do stress e deixa as mamas inchadas e doloridas. Para diminuir o desconforto, invista em alimentos que reduzem a retenção de líquidos e a inflamação, como os ricos em vitamina B6 (banana, abacate e salmão), em vitamina E (nozes, kiwi, grãos integrais e leite de cabra) e em ômega 6 (óleo de prímula).

Como perder peso, e não os seios?
Impossível. "As mamas são compostas basicamente de gordura. O volume deles é o primeiro a diminuir quando se emagrece", diz a ginecologista americana Dayana Salasche. Antes de desistir da esteira, saiba que o corpo ganha e perde gordura sistematicamente, por isso, suas proporções vão se manter as mesmas, o que quer dizer que ninguém vai notar a diferença.
Algumas mulheres possuem um terceiro mamilo? Está sentada? Algumas mulheres (e homens) têm até seis mamilos. "Na formação do feto, é desenvolvida a linha mamária, que vai da axila à virilha", diz o ginecologista americano Michael Yang. Assemelha-se à estrutura que os cães e os gatos apresentam, mas em humanos essa linha desaparece antes do nascimento na maior parte dos casos. Às vezes, mamilos supernumerosos possuem um tecido extra e se desenvolvem como um seio normal. Comumente ficam apenas na parte exterior da pele, sem aréola, e parecem mais com uma verruga ou um pedaço de pele solta do que um minisseio. 

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

i always like 3 sixteen, 3 sixteen is a nice raw denim brand cheap ray bans http://www.alexandraknight.co.uk - 24/03/2014 04:27:36

Post writing is also a fun, if you be familiar with after that you can write if not it is complex to write. air max sale http://www.internationnaldrilling.co.uk - 09/03/2014 01:26:11

yieftbwzofm recharger zippo http://www.jeuxselect.fr/12-bougie-et-utilitaires-briquets-zippo - 04/03/2014 20:48:18

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.