(none)

4 dicas para eliminar o mau hálito

Este não é apenas um problema de falta de higiene. A mestre e doutora em patologia bucal Luciana Sassa Marochio, membro da Associação Brasileira de Halitose, explica quais as causas do popular bafo e dá dicas de como eliminá-lo

Publicado em 28/08/2012

Catharina Oliveira

Foto: Getty Images

Tem problemas de mau hálito? Listamos quatro perguntas para ajudá-la a eliminar o popular bafo.

P: O mau hálito está relacionado com problemas de estômago?
R: Não. Na verdade, isso é um grande mito. Luciana afirma que foi comprovado cientificamente que alterações estomacais, como a gastrite ou o refluxo, não podem ser responsabilizadas pelo mau hálito, pois temos um músculo, chamado cárdia, que fecha a entrada do estômago. Por isso, não existe a possibilidade de o conteúdo gástrico retornar ao trato digestivo superior – comunicação entre o estômago e a garganta. Segundo a especialista, a associação que pode ser feita é entre halitose e jejum prolongado, já que quando o estômago passa muitas horas vazio um odor desagradável aparece.
 
P: Uma pessoa consegue descobrir se tem mau hálito?
R: Quem está na dúvida se sofre com o problema deve contar com a ajuda alheia – de alguém honesto e de confiança. Isso porque nosso olfato se acostuma com odores constantes e, portanto, não conseguimos identificar o cheiro do
nosso próprio hálito.
 
P: O mau hálito é aceitável em algum momento do dia?
R: Sim. Ao acordar, o jejum provocado pelas horas de sono e a falta da produção de saliva podem causar um cheiro pouco agradável momentaneamente. Porém, Luciana afirma que, depois do café da manhã e da higiene bucal, ele deve desaparecer. Períodos de jejum prolongado ao longo do dia também comprometem o hálito.
 
P: Como se livrar de vez do problema?
R: A especialista afirma que existem mais de 60 causas que levam à manifestação do mau hálito. As principais  estão ligadas a problemas bucais, como higienização insuficiente e doenças da gengiva. Somente um especialista pode diagnosticar cada caso. As dicas da profissional: faça diariamente uma limpeza bucal completa (o que inclui o uso do fio dental e a limpeza da língua); mantenha uma alimentação equilibrada; ingira cerca de 2 litros de água por dia; faça pequenas refeições a cada 3 horas e visite o dentista regularmente.
 
S.O.S. Mau Hálito
Quem nunca pensou em cometer um ataque de sinceridade extrema – sob o risco de colocar a amizade em risco – e avisar uma pessoa que ela sofre de mau hálito? Mas o constrangimento nos leva, no máximo, a oferecer um chiclete ou ma balinha de hortelã. Quer ajudar de forma efetiva? A Associação Brasileira de Halitose oferece um serviço em seu site (abha.org.br) que é certeiro: um e-mail, ou uma carta, com o alerta sobre o problema é enviado para a pessoa com bafo. A correspondência também inclui um texto explicativo com as origens do mau hálito e como tratá-lo. A identidade de quem solicitou o serviço é mantida em absoluto sigilo, ok?

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Hi Glen, Having had a number of sales fall over recently, having vendors properly preparing a property for sale before listing to ensure that when you have a contract it sticks for the amount of the contracted price. Thank you ray ban sunglasses uk http://www.alexandraknight.co.uk - 24/03/2014 22:32:57

You could definitely see your enthusiasm in the paintings you write. The sector hopes for even more passionate writers such as you who aren¿t afraid to mention how they believe. All the time follow your heart. nike air max kopen http://www.biotica.be/ - 09/03/2014 23:34:21

Generacin Y Rintocco di padella nike free run goedkope http://www.creampad.nl - 09/03/2014 04:46:58

eysafa zippo collection http://www.jeuxselect.fr/8-americana-briquets-zippo - 25/02/2014 03:38:05

<b>Maria</b> - Conheço uma pessoa que me é muito querida, mas não tenho coragem de lhes dizer que ela tem mau hálito. Tenho certeza que não é por falta de higiene bucal, mas algum problema de gengiva ou ... - 02/02/2014 00:06:50

<b>Dani</b> - Joel vc está com toda a razão queremos soluções! - 30/01/2014 20:29:02

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.