Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Falo mais de 115 línguas

Estudo ao menos um idioma por ano. Esse é um dos segredos da minha facilidade
Falo mais de 115 línguas
Marco Antônio Miguel
Falo mais de 115 línguas

Não sei dizer que línguas são mais 
fáceis ou difíceis de aprender. Quanto 
mais você estuda, mais fácil fica
Foto: arquivo pessoal

Já ouviu falar em bislama, urdu ou hitita? São idiomas, como o espanhol e o inglês. Após mais de 50 anos de estudos, sei traduzir todos esses. Conheço palavras em mais de 115 idiomas. Agora, estudo o 120º, o tamaxeque, falado pelos beduínos que vivem no deserto do Saara, no Norte da África.

Sou o recordista mundial em línguas. Se você me der um tempo, falo com qualquer pessoa no mundo! O pessoal se espanta. Fui o único latino-americano em um congresso de idiomas na Macedônia, no Leste Europeu. Lá, um jornalista veio falar comigo.

Como eu não dominava o macedônio, dei a entrevista em russo. Marcamos outro bate-papo para dali um mês, e voltei a estudar o idioma. O jornalista ficou surpreso ao me ver falar a língua dele...

O italiano foi minha primeira língua gringa

Minha paixão vem de criança. Um tio me ensinou italiano. Eu morava em Dom Pedrito, na fronteira com o Uruguai, então já tinha contato com o espanhol. Na escola, estudávamos latim, francês e inglês, e eu tirava boas notas.

No ensino médio, tive contato com o alemão. Depois, cursei Letras e conheci árabe, russo, sueco... Nesse período, tomei uma decisão: estudar ao menos um idioma por ano. Já se passaram 50 anos... Ou seja, estudei, em média, duas línguas a cada 12 meses.

No regime militar, eu trabalhava na Petrobras. Como eu sabia falar russo e chinês, acharam que eu era comunista! Fui demitido e, sem opções de trabalho, consegui uma bolsa para estudar na Europa. Fui para lá com minha família.

Passei mais de 20 anos lá, principalmente na Espanha e na Itália, dando aulas de português. Lecionei nos EUA e no Uruguai. Conheci China, Turquia, Japão...

Na antiga Iugoslávia, tive um susto. Explodiu um conflito entre cristãos e muçulmanos, a guerra dos Bálcãs. Vi bombardeios e tiroteios. Tive de sair correndo! Aconteceu a mesma coisa no Irã. Houve uma revolução em 1979, e eu não fiquei por lá, não!

Nos anos 80 — veja só a ironia — o governo brasileiro me contratou para ser adido cultural na Bolívia. Morei lá por dez anos e aprendi duas línguas indígenas, o quéchua e o aimará.

Minha família virou poliglota também

Meus filhos cresceram no exterior. Nenhum deles mora aqui. Um casou com uma italiana, outro com uma alemã. Minha filha casou com um grego, separou-se e está com um espanhol. Todos me deram netos. Pra falar com minha família, só sendo poliglota!

Gosto muito de traduzir. Lancei um livro em que passo para o português poemas em 60 línguas. A Universidade de Cambridge, na Inglaterra, me considera um dos 2 mil intelectuais mais importantes do século 21 na minha área. Não importa: mais que títulos ou recordes, busco o conhecimento.

Dicas para aprender um idioma estrangeiro

Não sei dizer que línguas são mais fáceis ou difíceis de aprender. Quanto mais você estuda, mais fácil fica. Se você sabe alemão e inglês, pega o holandês. Já o russo é próximo do polonês e do tcheco. E, sabendo português, fi ca fácil aprender francês e espanhol. As três têm a mesma raiz: o latim.

Certos povos têm uma maneira totalmente diferente de ver o mundo. Por isso, é importante trocar idéias com eles. Em cada universidade que eu trabalhava, procurava pessoas de todas as línguas.

Para conhecer os idiomas, é preciso ter contato com quem os fala. Quando isso não for possível, procure livros e gravações. Mas o importante são as pessoas. A língua é só um amontoado de regras.

O conselho para aprender idiomas é se interessar pela cultura do país. Aí, você pode tentar entender as pessoas, os hábitos e costumes do lugar e pensar na língua local.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Consultora NATURA

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Testamos as famosas massagens tailandesas que tratam dores e propor...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    A foto desta mãe abraçando a caçula antes de ter outro filho vai...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Conheça o coletivo de advogadas que já atendeu centenas de mulher...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    As maiores tendências de verão para você já ir preparando o arm...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Sasha Meneghel lacra na primeira entrevista na TV: "Já tive u...