Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Meus picolés viraram mania no Brasil todo

Se no começo da minha história eu não tinha dinheiro nem pros ingredientes, hoje tiro R$ 60 mil por mês usando as frutas exóticas do cerrado
Meus picolés viraram mania no Brasil todo
Carlos Eduardo Reche
Meus picolés viraram mania no Brasil todo

Pra começar a fazer picolés, peguei 
R$ 35 fiado no mercado e vendi cada 
um por R$ 0,50
Foto: Weimer Carvalho

Descobri os frutos do cerrado em 1996, quando me mudei para Goiânia, vindo do interior. O começo aqui na capital foi muito difícil. Como não conseguia emprego, tinha de fazer bicos. Um deles foi pegar picolés de um distribuidor e ir para a rua vender. Naquele dia só consegui que comprassem quatro picolés.

Eu estava bem desanimado quando um cara na rua, do nada, se aproximou. Ele disse que me trazia uma mensagem de Deus: eu seria um vitorioso. O homem disse que me via, no futuro, com muito dinheiro e sucesso. Aquilo ficou na minha cabeça.

No desespero, surgiu a ideia

Três meses depois, recebi um telefonema do meu filho. Ele tinha capotado o carro. Precisava de R$ 420 para pagar a franquia do conserto. Eu não tinha aquele dinheiro. Na situação em que estava, já não tinha nem mais amigos a quem pedir ajuda. Mas não havia tempo pra me desesperar.

Naquele momento meu telefone tocou. Desta vez, era um senhor de Minas Gerais me oferecendo um trabalho como representante de vendas de máquinas de sorvete. Eu venderia o equipamento e ganharia uma comissão. Aceitei, e aquilo ainda me deu uma ideia: fazer picolés caseiros pra vender.

Tentei vender minha geladeira por R$ 50

Mas eu ainda teria de resolver um problema. Eu não tinha dinheiro nem para os ingredientes da receita! Tentei vender uma geladeira velha por R$ 50 e não consegui. Então, fui ao mercado e comprei fiado 35 litros de leite para pagar em três dias. O dinheiro para o açúcar pedi a um irmão.

Preparei os sabores flocos, morango, leite condensado e creme. No dia seguinte, fui à porta de uma escola vender a 50 centavos cada um. Os professores e alunos aprovaram minhas receitas. Faturei R$ 460 naquele dia!

Criei novas receitas

Dias depois as máquinas de sorvete chegaram. Como percebi que levava jeito, resolvi usá-las para fabricar meus próprios produtos. Mas queria fazer receitas diferentes. Meu plano era usar frutas do cerrado. Comecei preparando sorvetes de murici, mangaba, cagaita, curriola, gabiroba, mutamba, bacupari, guapeva, buriti e pequi.

Muita gente não acreditava que minha aposta nas frutas exóticas do cerrado daria certo. Em 2004, abri a primeira sorveteria num bairro nobre de Goiânia. Era engraçado ver a reação das pessoas quando eu anunciava os sabores.

Cuido do meio ambiente

Hoje não consigo atender todos os pedidos. E nem quero, porque seria a destruição do cerrado brasileiro. Pra evitar a devastação, passei a plantar as árvores dessas frutas. A fé em Deus e o meu trabalho me ajudaram a chegar onde estou e tenho de ter esse compromisso com o meio ambiente. Pois é, quem acreditaria que aquele sujeito que não tinha nada venderia 20 mil picolés por mês a R$ 3 cada?

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Consultora NATURA Inspiradora

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Globo emociona ao usar câmera subjetiva para mostrar olhar de Sant...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Treino poderoso de 20 minutos: seca as gordurinhas e pode ser feito...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Se a Miss Brasil deve ser a embaixadora da beleza brasileira, por q...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    13 vezes em que Titi, filha de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, r...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    22 celebridades mostrando que dá para ser chiquérrima sem alisar ...