Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Passei num concurso dos sonhos estudando sozinho

De operador de micro me tornei analista do Banco Central e ganho mais de R$ 10 mil por mês. Veja como me dei bem nas provas!
Passei num concurso dos sonhos estudando sozinho
Gustavo Heidrich
Passei num concurso dos sonhos estudando sozinho

Trabalho aqui: conquistei estabilidade e um salário ótimo
Foto: arquivo pessoal

Comecei a trabalhar aos 21 anos como operador de micro. Eu ganhava uns R$ 580 e fazia o turno da madrugada porque ia para a faculdade de Administração de dia. Já naquela época, sonhava em me tornar analista do Banco Central, um cargo público disputado, com salário de mais de R$ 10 mil. Parecia uma meta distante para quem morava em um quartinho de cortiço e só andava de ônibus.

Pra piorar, eu nunca fui um bom aluno. Trabalhando de madrugada, meu desempenho na faculdade desabou. Quis largar, mas uma professora me aconselhou: ''Não faça como caranguejo, que não anda pra frente''. Levei sete anos, mas me formei.

Passei no Banco do Brasil, mas não gostei

Ainda na faculdade prestei e passei no concurso para escriturário do Banco do Brasil. Eu estudava no ponto do ônibus ou enquanto aguardava algo ser impresso no serviço. Quando tinha um tempo livre, eu ia pra biblioteca. Mesmo sem ter dinheiro para livros, consegui baixar apostilas na internet. Virei noites... Mas tive que esperar um ano para ser chamado, mesmo ficando 65o lugar de 6 mil candidatos. Isso é comum em concursos.

Fui parar numa agência em uma cidade isolada, com apenas 5 mil habitantes. Era horrível, eu trabalhava demais, tinha um chefe chato e metas impossíveis. Desisti dois meses depois. Nessa época, as pessoas diziam: ''Ele sabe estudar, mas não sabe trabalhar''. Mas tem uma coisa que aprendi sobre concursos: se você perceber que não é o que você busca, siga em frente, não se acomode!

Aos 27 anos, voltei para a casa dos meus pais desempregado. Vendi meu Uno velho e fui estudar para novas provas. Sozinho, tive que ser o mais autodidata dos estudantes. Toda quarta-feira eu ia bem cedo a um cybercafé. Lia os fóruns sobre concursos e comprava algumas apostilas pela internet. Ia aos sebos em busca de revistas e livros usados. Na livraria, só os fundamentais.

3 mil candidatos para 36 vagas!

Nesse começo, prestei dois concursos. Um para a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e outro para o Ministério do Planejamento. Passei perto, mas não fui aprovado. Então, no sexto mês de estudos, saiu o edital do concurso do Banco Central, o cargo dos meus sonhos. Eu tinha três meses pela frente. Montei um cronograma de estudos e fui à luta. Eram 3 mil candidatos para 36 vagas.

No meio do caminho, prestei um concurso para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A concorrência também era feroz: 150 candidatos por horas de estudo por dia. Semanas depois tive dupla felicidade. Fui aprovado no Banco Central em 107o e em 2o na Cemig!

Em quatro meses fui chamado para assumir meu cargo em Belo Horizonte na companhia energética. Enquanto isso, acompanhava ansioso as convocações para o BC. Finalmente, faltando apenas dois dias para o fim da validade do concurso, que era de dois anos, fui chamado e me tornei analista do Banco Central do Brasil. O meu sonho se realizou!

Mais

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Por que o discurso de Michelle Obama é incrível: 6 motivos explic...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    10 provas de que Gilmore Girls foi uma série à frente de seu temp...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    A casa da apresentadora Isabella Fiorentino é quase uma escultura ...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Pré-natal completo: os exames que as gestantes precisam fazer ao l...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM