(none)
MdeMulher
  • Meu Pedacinho de Chão (1971)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/pituca-patricia-aires-meu-pedacinho-de-chao-64321.jpg

    A novela de Benedito Ruy Barbosa foi um marco para a dramaturgia, pois, além de ser a primeira trama educativa, foi pioneira na faixa das 18h. A história retratava as brigas entre o Coronel Epaminondas (Castro Gonzaga) e Pedro Galvão (Xandó Batista). Epa simplesmente não concordava com a construção de uma escola e uma igreja nas terras que tinha vendido a Pedro. Além disso, o coronel controlador se incomodava com a amizade entre Pituca (Patrícia Aires, na foto), sua filha, e Serelepe (Aires Pinto).
    Foto: J. Ferreira da Silva

    Remake de novela
  • Meu Pedacinho de Chão (2014)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/pituca-geytsa-garcia-64232.jpg

    Benedito Ruy Barbosa atualizou Meu Pedacinho de Chão e a trama volta no mesmo horário que a consagrou, mas com um ar ainda mais lúdico, parecendo um conto de fadas. Sem censura do governo dessa vez, Benedito revelou que a novela não será bem um remake, apesar de ter os mesmos personagens e se passar na mesma cidade. É que agora a rixa entre o Coronel Epaminondas (Osmar Prado) e Pedro Galvão (Rodrigo Lombardi) será contada sob o ponto de vista das crianças Serelepe (Tomás Sampaio) e Pituca (Geytsa Garcia).
    Foto: Rede Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Saramandaia (1976)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/dona-redonda-40776.jpg

    A primeira versão da novela lançou mão do realismo fantástico da literatura latino-americana na cidade fictícia de Bole-Bole. A trama girava em torno de um tumultuado plebiscito sobre a troca do nome da cidade. Passeavam pelas redondezas os tipos mais exóticos da teledramaturgia brasileira, como a popular dona Redonda (Wilza Carla), que "morreu pela boca": a gulosa explodiu de tanto comer
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Saramandaia (2013)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-saramandaia-dona-redonda-vera-holtz-43375.jpg

    No remake da trama, que estreou como a nova novela das 11 da Globo, Vera Holtz será Dona Redonda, casada com Encolheu (Matheus Nachtergaele). O remake é de autoria de Ricardo Linhares.
    Foto: Reprodução

    Remake de novela
  • Guerra dos Sexos (1983)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-guerra-dos-sexos-31513.jpg

    A primeira versão da novela foi escrita por Sílvio de Abreu e Carlos Lombardi. O pano de fundo era a disputa entre homens e mulheres, representada a partir da briga dos primos Charlô (Fernanda Montenegro) e Otávio (Paulo Autran). A cena da guerra de comida entre o casal briguento é um dos marcos da teledramaturgia brasileira.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Guerra dos Sexos (2012)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/guerra-dos-sexos-reynaldo-gianecchini-mariana-ximenes-30267.jpg

    Silvio de Abreu ficou responsável pela adaptação da trama. Irene Ravache e Tony Ramos viveram o casal protagonista. Fernanda Montenegro e Paulo Autran, os primos Bimbo e Chimbica da primeira versão, foram homenageados como os tios dos Irene e Tony. Reynaldo Gianecchini e Mariana Ximenes também estavam na nova versão da trama, que deu uma patinada na audiência.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Gabriela (1975)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/gabriela-31313.jpg

    Adaptada do romance de Jorge Amado, "Gabriela, Cravo e Canela", a primeira versão da novela foi escrita por Walter George Durst. A trama retrata a cidade de Ilhéus, na Bahia, durante a década de 1920 e teve Sônia Braga como protagonista.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Gabriela (2012)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/juliana-paes-gabriela-28045.jpg

    Na segunda versão da novela, escrita por Walcyr Carrasco, foi Juliana Paes quem deu vida à protagonista Gabriela, uma jovem ingênua e sensual que precisa se adaptar aos costumes de uma cidade pacata e conservadora.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • O Astro (1977)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-o-astro-31676.jpg

    Escrita por Janete Clair, "O Astro" conta a história de Herculano (Francisco Cuoco), um vidente ambicioso que se aproxima da poderosa família Hayalla. Um dos pontos altos da trama foi o mistério sobre quem seria o assassino do personagem Salomão Hayalla (Dionízio Azevedo).
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • O Astro (2011)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/rodrigo-lombardi-carolina-ferraz-herculano-amanda-o-astro-15564.jpg

    No remake escrito por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro, Rodrigo Lombardi vive o personagem principal da trama, Herculano. Francisco Cuoco - que foi o protagonista na versão original, participou da novela como Ferragus - uma espécie de mentor para o vidente.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Ti-ti-ti (1985)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-ti-ti-ti-31679.jpg

    Escrita por Cassiano Gabus Mendes, a trama mostra a disputa entre Ariclenes (Luis Gustavo) e André (Reginaldo Faria), que são rivais no trabalho quando se tornam os estilistas Victor Valentin e Jacques Leclair.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Ti-ti-ti (2010)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-ti-ti-ti-31682.jpg

    Na versão adaptada por Maria Adelaide Amaral, foram incorporadas à novela parte das tramas de "Plumas e Paetês", "Elas por Elas", "Locomotivas" e "Meu Bem, Meu Mal". A trama continuou centrada na disputa entre os dois estilistas, interpretados dessa vez por Murilo Benício e Alexandre Borges. Luis Gustavo voltou ao folhetim como o detetive Mário Fofoca, originalmente da novela "Elas por Elas"
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Paraíso (1982)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-paraiso-31684.jpg

    "Paraíso" foi escrita por Benedito Ruy Barbosa. A novela retratou o romance proibido entre o peão José Eleutério (Kadu Moliterno), conhecido como o "Filho do Diabo", e Maria Rita (Cristina Mullins), conhecida como "Santinha". O casal virou queridinho do público, na época.
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • Paraíso (2009)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-paraiso-31685.jpg

    Adaptado por Edmara Barbosa, filha de Benedito Ruy Barbosa, o remake continuou focado na história do amor proibido entre a filha de uma beata, interpretada por Nathália Dill, e o filho de um coronel, vivido por Eriberto Leão. Marcou a estreia do cantor Daniel nas novelas.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Ciranda de Pedra (1981)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/ciranda-de-pedra-31300.jpg

    A novela foi escrita por Teixeira Filho, que adaptou o romance de Lygia Fagundes Telles. A história acompanha a vida de Laura (Eva Wilma) que tem um casamento problemático com Natércio Prado (Adriano Reys) e vive um caso amoroso com seu neurologista Daniel (Armando Bógus), que é pai de sua terceira filha.
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • Ciranda de Pedra (2008)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-ciranda-de-pedra-31686.jpg

    A segunda versão, escrita por Alcides Nogueira, foi fiel à trama original. Nos papéis principais estavam Ana Paula Arósio, como Laura, Marcello Antony, como o Dr. Daniel, e Daniel Dantas, como Natércio Silva Prado.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Sinhá Moça (1986)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/sinha-moca-31298.jpg

    Baseada no romance homônimo de Maria Dezonne, a novela rural foi escrita por Benedito Ruy Barbosa e se passa em 1886. Com pano de fundo a campanha para a abolição da escravatura, o folhetim retratava a paixão entre Sinhá Moça (Lucélia Santos) e Rodolfo (Marcos Paulo).
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • Sinhá Moça (2006)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/sinha-moca-31299.jpg

    O remake foi reescrito por Edmara Barbosa e Edilene Barbosa, filhas de Benedito Ruy Barbosa. Ainda retratando as disputas entre monarquistas e republicanos, a novela foi protagonizada por Débora Falabella e Danton Mello. Sucesso, já foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Cabocla (1976)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/cabocla-31303.jpg

    Escrita por Benedito Ruy Barbosa, "Cabocla" contou a história de Luís Jerônimo (Fábio Jr.), que se muda do Rio de Janeiro para o Espirito Santo para se recuperar de uma lesão no pulmão. Porém, ao chegar à cidade Vila da Mata o jovem advogado se apaixona pela cabocla Zumira (Glória Pires)
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Cabocla (2004)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/novelas-terra-cabocla1065.jpg

    A adaptação de Edmara Barbosa e Edilena Barbosa foi fiel à trama original. Na nova versão, Vanessa Giácomo interpretou a cabocla Zuca e Daniel de Oliveira deu vida a Luís. Nos bastidores, os protagonistas engataram um romance que acabou em casamento.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Pecado Capital (1975)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-pecado-capital-31687.jpg

    "Dinheiro na mãe é vendaval...". Outra trama de muito sucesso escrita por Janete Clair. A história, que se passa no subúrbio carioca, girava em torno de um triângulo amoroso entre um taxista, Carlão (Francisco Cuoco), um viúvo rico, Salviano (Lima Duarte) e uma jovem operária, Lucinha (Betty Faria). O final foi histórico!
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • Pecado Capital (1998)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-pecado-capital-31688.jpg

    Na segunda versão da trama, que foi escrita por Gloria Perez, o desejo por dinheiro e a ganância marcava ainda mais o triângulo entre Carlão (Eduardo Moscovis), Lucinha (Carolina Ferraz) e Salviano (Francisco Cuoco, desta vez no papel do antagonista). Lima Duarte, que foi um dos protagonistas na trama original, também volta à história como o vilão Tonho.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Anjo Mau (1976)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-anjo-mau-31689.jpg

    Escrita por Cassiano Gabus Mendes, a trama mostra a vida de Nice (Susana Vieira) que, buscando ascensão social, se torna babá na casa dos Medeiros. Ambiciosa, ela tenta conquistar o filho mais velho, Rodrigo (José Wilker) para entrar para a rica família.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Anjo Mau (1997)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-anjo-mau-31691.jpg

    Adaptada por Maria Adelaide Amaral, a segunda versão da novela foi protagonizada por Glória Pires. A trama continuava girando em torno de Nice, uma jovem ambiciosa que tenta conquistar o filho dos seus patrões (Kadu Moliterno), mas que acaba se apaixonando de verdade por ele.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Irmãos Coragem (1970)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-irmaos-coragem-31694.jpg

    Escrita por Janete Clair, a trama se passava na fictícia Coroado, onde os irmãos João (Tarcísio Meira), Jerônimo (Cláudio Cavalcanti) e Duda (Cláudio Marzo) lutavam contra o poder do coronel Pedro Barros (Gilberto Martinho). Glória Menezes era a protagonista feminina, que tinha múltipla personalidade e se dividia entre três mulheres distintas: Lara, Diana e Márcia.
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • Irmãos Coragem (1995)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-irmaos-coragem-31693.jpg

    Na segunda versão da trama - de Dias Gomes e Marcílio Moraes - Marcos Palmeira, Ilya São Paulo e Marcos Winter interpretam os irmãos coragem que lutam contra o poderoso fazendeiro vivido por Cláudio Marzo. Dira Paes ficou marcada por anos pelo papel da índia Potira.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Selva de Pedra (1972)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-selva-de-pedra-31696.jpg

    A novela de Janete Clair, inspirada no livro Uma Tragédia Americana, de Theodore Dreiser, relata a ascensão social do jovem Cristiano (Francisco Cuoco). Seduzido pelo poder e o dinheiro, o jovem pobre se afasta de sua mulher Simone (Regina Duarte) e se aproxima do vilão Miro (Carlos Vereza). Escondendo que é casado, ele se envolve com a riquinha Fernanda (Dina Sfat), que obcecada de amor, sequestra Simone.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • Selva de Pedra (1986)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-selva-de-pedra-31698.jpg

    A segunda versão da novela foi escrita por Regina Braga e Eloy Araújo. A história de Cristiano (Tony Ramos), que, em sua busca por poder quase perde o amor de sua vida. Simone (Fernanda Torres), permaneceu similar ao original.
    Foto: TV Globo/Divulgação

    Remake de novela
  • A Moreninha (1965)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/a-moreninha-31323.jpg

    Na primeira versão escrita por Otávio Graça Mello, Claudio Marzo interpreta Augusto, um jovem que não consegue esquecer seu amor de infância até conhecer Carolina (Marília Pêra) e se apaixonar por ela - sem saber que ela é a menina para quem ele jurou amor eterno.
    Foto: Divulgação

    Remake de novela
  • A Moreninha (1975)

    /imagem/tv-novelas-famosos/galeria/remake-de-novela-a-moreninha-31695.jpg

    A segunda versão da novela, adaptada por Marcos Rey, continuava fiel à primeira versão ao retratar a história de amor entre Carolina (Nívea Maria) e Augusto (Mários Cardoso) no final do século XIX. A trama foi vendida para mais de sete países.
    Foto: Divulgação

    Remake de novela

Remakes de novela: relembre as tramas que tiveram uma segunda versão

Remake de 1971, Meu Pedacinho de chão estreia dia 7 de abril, na Globo. Confira quais foram as outras tramas que ganharam versões atualizadas

Atualizado em Por Redação MdeMulher

Conteúdo MdeMulher

Comente

Rede MdeMulher
Publicidade